Ajude a financiar a plataforma Linyon para conectar empresários e refugiados.

Empreendedorismo – Curitiba, PR

Quem é o refugiado?

Segundo a Convenção do Refugiado, de 1951, estabeleceu que um refugiado é alguém que temendo ser perseguido por causa de sua raça, religião, nacionalidade, grupo social ou opiniões políticas, encontra-se fora de seu país de origem, e que não pode ou não quer valer-se da proteção deste país. 

Segundo dados da ONU, 1 em cada 122 pessoas são obrigadas a se deslocar de seus países devido à conflitos armados, violência generalizada, fome, miséria e desastres naturais, registrando o maior índice desde a Segunda Guerra Mundial. Apenas em 2014, 13,9 milhões de pessoas se tornaram novos refugiados.

 

 

No Brasil, segundo dados do Comitê Nacional de Refugiagos (CONARE), até outubro de 2014, eram mais de 7.290 refugiados, de 81 nacionalidades diferentes no país. Este número se torna muito maior contabilizando os casos de haitianos, que por possuírem visto humanitário, não são contabilizados nos dados do CONARE e do Alto Comissariado da ONU para Refugiados (ACNUR). Segundo o Abrigo de Imigrantes localizado em Rio Branco, no Acre, somente por lá, já passaram mais de 40 mil imigrantes, nos últimos cinco anos. 

O perfil destas pessoas é representado por apenas 10% de mulheres, sendo a massiva maioria, de homens entre 18 e 30 anos, idade economicamente ativa.

Visto este perfil, encontramos muitos com formação superior e domínio de dois ou mais idiomas, estando plenamente aptos a ingressarem no mercado de trabalho.

Infelizmente, este não é o cenário encontrado. Por não contarem com um acompanhamento direcionado, estas pessoas estão suscetíveis à exploração e fraudes de empregadores que acreditam que um refugiado e um imigrante não mereçam os mesmos direitos trabalhistas. 

Como fazer?

O que nós buscamos, através de uma assistência multidisciplinar e parcerias estratégicas, é encontrar meios de colocação de mercado para estas pessoas, de modo que não estejam à mercê do destino e da sorte, correspondendo ao grau formação de cada um e fomentando a economia local. 

As empresas que possuam vagas disponíveis e queiram agregar a cultura da tolerância e inclusão social em seu negócio, contarão com acompanhamento direto aos novos funcionários pelo período de um ano.

Em paralelo, eventos e um diálogo direto com movimentos sociais, sociedade civil, iniciativa privada e governo deverão ser intensificados a fim de minimizar casos de preconceito, intolerância religiosa e xenofobia. Acreditamos que programas que envolvam a comunidade local, reduz estes índices. 

 

Busquemos o que nos une e ajude-nos a construir a plataforma que pode transformar a vida de muitas pessoas!  

 

 

 

Crowdfunding para: Ajude a financiar a plataforma Linyon para conectar empresários e refugiados.
Curitiba
Paraná
Acreditamos que a independência e a auto confiança são fundamentais para fortalecer a dignidade de todo ser humano. Busquemos o que nos une.
Vídeo (Youtube)
Quem receberá os recursos da campanha?: 
Um indivíduo ou grupo de pessoas.
Tipo de financiamento: 
Flexível
Meta: 
R$5 000.00(mínimo de R$ 500,00)
Endereço de Residência (Legal): 

Valeu! Sua contribuição é muito importante!

Faz barulho junto com a gente? Se puder enviar essa campanha para seus amigos e familiares, por e-mail, Facebook, Twitter, e nos ajudar a divulgar essa campanha, seremos eternamente gratos! Sozinhos somos um, juntos somos uma multidão!

Endereço empresarial registrado: 
Recompensas: 
OBRIGADA POR E-MAIL
OBRIGADA NAS REDES SOCIAIS
OBRIGADA ESPECIAL + CAMISETA
Prazo da campanha: 
sábado, 10 Outubro, 2015
Exibir no "Explore"