Abas primárias

Ambulatório Popular para Tratamento da Dor

Saúde - Adamantina, SP
kicks
Arrecadados da meta de R$50.000,00
Campanha flexível

Esta campanha irá receber todas contribuições em 29/03/2018.

O projeto de criar um ambulatório popular para o tratamento da dor é muito importante por várias razões.

A dor é um problema de saúde pública e com a crise financeira que engatilhou o desemprego, a perda do convênio médico foi uma das consequências. O preço das consultas médicas e dos medicamentos é algo que prejudica os pacientes.

No entanto, esqueceram de contar à população que para o tratamento de dor há meio mais eficaz que medicamento e tratamento médico. Esse meio é a ACUPUNTURA.

A acupuntura é um método altamente recomendado pela OMS, Organização Mundial de Saúde. Já existem muitos estudos científicos com acupuntura no tratamento da dor. De acordo com mais de 4000 pacientes, a acupuntura para tratamento de dor é melhor e mais eficaz do que medicamento no controle da dor e redução das crises. Ainda assim, a medicina continua tratando a maioria dos casos a base de medicamentos e isso favorece as indústrias farmacêuticas ao invés dos pacientes.

 Após aplicações de agulhas numa grande maioria dos casos o uso de medicamentos pode ser dispensado, já em outro a melhor indicação é a combinação de acupuntura e medicamento. A análise mostrou que 62% dos pacientes que se trataram com acupuntura relataram melhora, contra 45% dos que utilizaram medicamentos. Em média, os pacientes relataram melhora após cinco ou seis sessões de acupuntura.

O preço do tratamento de acupuntura não precisa ser caro, pois as agulhas são muitíssimo baratas. Dessa maneira não se justifica os valores exercidos na maioria das clínicas de acupuntura.

Dessa maneira, a idéia é oferecer um tratamento a um preço baixíssimo (não mais do que R$ 20,00) por consulta e aplicação que durarão de 30 a 60 minutos, conforme o caso. Por isso conto com a ajuda de todos vocês para iniciar um projeto social para o tratamento da dor.


A hora é agora! Contribua com
Ambulatório Popular para Tratamento da Dor

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook

Conheça quem está à frente desta campanha

Adriana Pereira Guedes
  Adriana Pereira Guedes
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.