Abas primárias

Blues - The Backseat Music - As Origens

Livros - Santos, SP
kicks
Arrecadados da meta de R$13.000,00
Campanha flexível

Esta campanha irá receber todas contribuições em 16/03/2018.

Recompensas

Uma história do blues no Brasil - Chegou a hora de lançar o segundo volume da história do blues no Brasil. Dessa vez com uma grande introdução que ficou de fora do primeiro volume por falta de espaço. Com relatos de produtores de grandes festivais de jazz e blues do Brasil: o lendário Festival de Blues de Ribeirão Preto, Rio das Ostras Jazz e Blues, Bourbon Fest, Samsung Best of Blues e mais de 30 entrevistas de artistas brasileiros e estrangeiros. A abordagem é a mesma, conversas e viagens pelo Brasil. Espero que os amigos que contribuiram com o volume 1 continuem ajudando. E pra quem está chegando agora, obrigado pela força. VIVA A MÚSICA.

Trombone Shorty

A vida na estrada - Levar a vida na estrada é bom. Levar a vida na estrada com seus ídolos do blues é melhor. Poucos têm o privilégio de trabalhar com o que gosta. Trabalho com artistas de blues e jazz. Cresci ouvindo os caras. Fui operário, motorista, jornalista e hoje sou produtor cultural. Meu trecho percorri sozinho, independente. Gosto de pensar que estou honrando os artistas negros que lutaram e lutam contra os donos do sistema: nas letras de blues, são chamados de “bossman”. O blues nasceu nos cafundós do Mississippi (EUA) no começo do século passado e chegou aos dias atuais graças à tradição. E graças aos seus fanáticos discípulos. Sou um desses caras. Não tô nem aí para o que toca na TV. Vou continuar fazendo o que faço há anos, curtindo e produzindo os blues. Essa é a minha paixão, essa é também a minha sina.

Artur Meneses

Contadores de histórias - Os blueseiros se dizem contadores de histórias (storytellers). Por isso, as entrevistas com artistas daqui e de lá, onde contam a história de suas vidas no blues. Entre eles, Alamo Leal, Artur Meneses, Fred Sun Walk, Vasco Faé, Robson Fernandes, Celso Salim, Carlos Café, Adriano Grineberg e outros. Entre os gringos, John Primer, Pierre Lacoque, Joe Louis Walker, Lurrie Bell, Phil Wiggins e o capo da Alligator Records, Bruce Iglauer. Todos reunidos em um único volume. Não é a continuação, mas a extenção de um grande trabalho de pesquisa ao redor do país. Uma obra sem precedentes. A intenção é te colocar lá dentro da história; por isso, o tom coloquial da entrevistas. 

Vasco Faé

Produção independente - Tenho uma vantagem sobre os outros jornalistas. Estou muito próximo aos meus entrevistados, mas sem ser íntimo deles. Minha atividade de produtor de shows me colocou nessa posição. Daí a surgir a ideia de construir um blog foi um passo. O Mannish Blog entrou no ar, em 2009, com conteúdo próprio. Certa vez me perguntaram porque não registrava isso em livro. Gostei da ideia e comecei a pesquisar editoras. Achei uma independente aqui mesmo em Santos. Foi difícil, o blues não fecha a conta no final do mês. Todo mundo diz que gosta, mas ninguém quer colocar dinheiro. Fuck’em all. Eu mesmo publico. Por isso, estou pedindo dinheiro aqui. Se você ama o blues, essa é uma boa oportunidade de mostrar isso.

Lurrie Bell


A hora é agora! Contribua com
Blues - The Backseat Music - As Origens


Conheça quem está à frente desta campanha

José Luiz Tahan
  José Luiz Tahan
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.