Abas primárias

Botecos do Edu

Vídeo - Rio de Janeiro, RJ
kicks
Arrecadados da meta de R$70.000,00
Encerrado!
Campanha flexível

Esta campanha recebeu todos os fundos arrecadados até 10/09/2015.

Recompensas

  • R$25,00

    Faixa 01
    O nome nos créditos
    17 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 01/03/2016

  • R$50,00

    Faixa 02
    O nome nos créditos + um recado de agradecimento em vídeo do Edu
    41 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 01/03/2016

  • R$120,00

    Faixa 03
    O nome nos créditos + kit com quatro toalhas de rosto com bordões da série
    8 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 01/03/2016

  • R$150,00

    Faixa 04
    O nome nos créditos + kit com quatro copos americanos com bordões da série
    31 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 01/03/2016

  • R$150,00

    Faixa 04.1
    O nome nos créditos + kit com quatro descansos de copo personalizados
    4 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 01/03/2016

  • R$250,00

    Faixa 05
    O nome nos créditos + duas camisetas com bordões da série
    10 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 01/03/2016

  • R$250,00

    Faixa 06
    O nome nos créditos + duas almofadas com bordões da série
    4 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 01/03/2016

  • R$600,00

    Faixa 07
    O nome nos créditos + Livro de fotografias autografado da série com crônicas do Edu
    6 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 01/03/2016

  • R$5.000,00

    Faixa 08
    O nome nos créditos como patrocinador e convidado + um copo americano + uma toalha de rosto + uma camiseta + uma almofada + Participar de uma gravação no Rio de Janeiro como convidado diante das câmeras. (Transporte para o Rio de Janeiro por conta do apoiador)
    Restam 2 kicks.
    Entrega estimada em 01/03/2016

  • R$10.000,00

    Faixa 09
    O nome nos créditos como patrocinador e convidado + um copo americano + uma toalha de rosto + uma camiseta + uma almofada + Ser curador de um episódio no Rio de Janeiro convidando Edu para visitar os seus bares. (Transporte para o Rio de Janeiro por conta do apoiador)
    Restam 2 kicks.
    Entrega estimada em 01/03/2016

Nos dizeres de mestre Aldir Blanc: “Edu Goldenberg e buteco são sinônimos, por isso nada mais justo e verdadeiro que essa série de filmes, "Botecos do Edu", produzida pela Motim.

Em uma das ultimas composições que fiz com o saudoso Ratinho, escrevi: "o Sol, tão metido a Astro-Rei / nunca teve vez nos butequins onde eu brilhei...".

Em essência, é isso aí. De Miguilho a Basile, passando por meu próprio pai e seus pupilos, Maneca e Paulo Amarelo (só o Maneca está vivo. Buteco, não parece, cobra caro), deram aulas sobre essa magia feita de limão da casa e serragem. O preço vale a pena e o Edu sabe disso. Vivi em pés sujos vários dos melhores momentos de minha vida. Buteco é templo, é cultura, meio igreja, meio biblioteca, meio bordel. Vamos pro buteco tanto pra recolhimento quanto para extravasar. Não conheço nenhum outro lugar onde tantas emoções contraditórias convivem, onde tantas pessoas, que seriam inimigos fidagais, se abracem.

Nesse ano de 2015, testemunhei um fato extraordinário: quando o Vasco foi campeão (apesar do respeito NÃO TER VOLTADO), um flamenguista roxo ligou para meu pai, chorando, comemorando o título do arquirrival. E essa alegria foi o ultimo instante de lucidez do meu pai, falecido meses depois. É claro que o rubro- negro ligou do buteco do Momo. Entre inúmeras outras coisas, buteco também faz milagre...

Que Nossa Senhora dos Butecos Pobres proteja os bebuns, meus semelhantes, meus irmãos!”

 

A série “Botecos do Edu” pretende realizar um extenso mapeamento audiovisual dos autênticos e cada vez mais escassos botequins brasileiros, registrando o dia a dia de seus proprietários, as histórias de vida de seus frequentadores assíduos, as especialidades culinárias de suas estufas e a profunda organicidade que envolve esses estabelecimentos às cidades, bairros e esquinas onde estão inseridos.

Concebida para contemplar todos os estados do país, “Botecos do Edu” encontra-se em fase de produção de sua primeira temporada, tendo o Rio de Janeiro como cidade inaugural do percurso. Em sua versão carioca - que substanciará o arco narrativo de outras cidades e capitais brasileiras - a série está segmentada em 26 episódios de aproximadamente 8 minutos cada.

Apostando na força crescente do mercado web e na emergência irreversível de um espectador cada vez mais conectado, Botecos do Edu destina-se, originalmente, à internet e possui, em seu escopo de atuação, múltiplos desdobramentos de mídia. Dentre eles: desenvolvimento de site exclusivo, blog com fotografias e crônicas inéditas, podcasts, mapas de localização, aplicativos destinados à visualização mobile e interação assídua com as principais redes sociais.

 

Eduardo Goldenberg, frequentador assíduo das calçadas boêmias e cronista de olhar minucioso, é o responsável por conduzir o espectador, de balcão em balcão, pelos copos, estufas e azulejos dos mais tradicionais estabelecimentos. Ao longo dos episódios, Edu recebe em seu trôpego périplo urbano uma fauna de distintos amigos com quem compartilha, sem cerimônia, causos, bravatas e outras quixotices.

Vitimados pelo poder aquisitivo das grandes franquias, pelas propostas irrecusáveis da especulação imobiliária ou pelo ímpeto gourmet que devora a prosódia frugal dos pratos feitos, pouco a pouco, em um processo silencioso e voraz, alguns dos mais antigos balcões boêmios da cidade deixam de existir. Os botequins, além de espaços eminentemente gregários, de convívio democrático e partilhado entre estratos sociais distintos, são ícones inalienáveis da cultura popular da cidade, patrimônio imaterial dos municípios, representantes do imaginário afetivo e da memória intangível das cidades que ocupam.

A série “Botecos do Edu” foi concebida com o intuito de reestabelecer aos bares, mercearias, bodegas, pé-sujos, a importância crucial que detém para a construção do locus urbano contemporâneo. Botecos provém não apenas entretenimento etílico, mas interlaçam uma mescla de discursos sociais díspares que fomentam o intercâmbio cultural de públicos de múltiplos e diferenciados estratos econômicos. Nesse sentido, pretendemos construir, em cada cidade contemplada pelo projeto, um percurso boêmio, de cunho cultural, que – em última instância - irá propiciar ao espectador uma perspectiva inédita de apreciação da cidade, conferindo-lhe uma nova janela de contemplação para o caos e o bucolismo da urbe. Além disso, almeja estimular uma forma de turismo alternativo, alheia aos roteiros pré-formatados, congregando, em um mapa exclusivo, estabelecimentos que conservem as características genuínas dos botequins mais tradicionais.

Com uma estratégia fundamentada em ações online e offline, queremos estimular o espectador do “Botecos do Edu” a tornar-se partícipe dos périplos delineados pela série, permitindo-lhe usufruir, pisando nos próprios calcanhares, dessa cartografia inaudita das cidades brasileiras.

 

 


A hora é agora! Contribua com
Botecos do Edu

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Blog do Edu | Botecos do Edu no youtube

Conheça quem está à frente desta campanha

Eduardo Goldenberg
  Eduardo Goldenberg
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.