Abas primárias

Casa da Mulher Empreendedora

Causas - Salvador, BA
kicks
Arrecadados da meta de R$160.000,00
Campanha flexível

Esta campanha irá receber todas contribuições em 29/11/2019.

Recompensas

Apresentação

A casa da Mulher Empreendedora: Espaço de pertencimento, mentoria, inspiração e capacitação para mulheres empreendedoras.

Os espaços de coworking tem ganhado cada vez maior força, no Brasil e no mundo, pois contam com toda a estrutura que um escritório tradicional teria, porém tudo é compartilhado por todos os profissionais que viram clientes do local. Ou seja, optar pelo coworking significa ter uma mesa de trabalho em um ambiente compartilhado com outras pessoas. É ideal para quem quer aproveitar para fazer networking e/ou trabalhar em rede com outros profissionais, sem gastar muito. 

Mas esses espaços são predominantemente masculinos, sem levar em consideração os desejos e necessidades da mulher.

Nossa proposta

Você já se sentiu aprisionada pela solidão de empreender?  Você já se assustou com o custo dos espaços compartilhados e da falta de conexão real e de empatia nesses espaços? 

Você já se deparou com os preços proibitivos dos cursos de capacitação nos temas de inovação, tecnologia e soft skills necessárias para empreender? 

Você já imaginou um lugar onde pudéssemos ter um pouquinho de tudo e que ainda seja a nossa cara? 

Um lugar para organizar e/ou participar de cursos e workshops. Para encontrar gente empreendedora como a gente, a qualquer hora do dia. Um lugar para tomar um café discutindo uma ideia de negócios, para descobrir uma sócia, uma fornecedora ou parceira. Um espaço que te permita trabalhar em conjunto, ou em encontrar aquele foco que você não consegue dentro de casa. 

Imagine você poder ter um escritório bem decorado e sem precisar esquentar a sua cabeça para arcar com despesas como aluguel, móveis, recepção, manutenção, limpeza e contas de luz, água, condomínio e IPTU.

Pensando em facilitar a vida das profissionais que trabalham de casa, das micro empreendedoras e até das estudantes que sonham se tornarem empreendedoras, criamos o projeto da Casa da mulher empreendedora.  

A ideia é criar um espaço colaborativo, co-criado e compartilhado que disponibilizará espaços de coworking que permitam à mulher moderna fugir dos riscos de procrastinação do homeoffice e para profissionalizar ainda o próprio negócio, podendo receber mentorias, participar de cursos e workshops, e receber clientes em ambientes muito bem produzidos e preparados.

A proposta do espaço vai muito além de receber os clientes. A Casa da mulher empreendedora, irá disponibilizar espaços diferenciados para eventos, cursos presenciais e workshops – muitos sendo promovidos pela própria equipe do local; mediar contatos para troca de serviços entre as empreendedoras que participam do ambiente coworking, disponibilizar Mentorias e Acesso a Investimentos, entre outros serviços.

A Casa da mulher empreendedora disponibilizará mesas individuais em sala compartilhada e mesas largas para trabalho em grupo, com espaços especiais para laptops (sempre com tomadas); Wi-Fi; salas de reunião; espaço para convivência; copa; espaço para eventos e treinamentos; além do escritório virtual com endereço fiscal.

Uma vez que o objetivo da Casa da mulher empreendedora é apoiar e investir no desenvolvimento e rápido crescimento das empreendedoras até que elas entrem na fase em que conseguem pagar suas próprias contas, enquanto a empreendedora não estiver faturando, receberá todos os serviços da Casa da mulher empreendedora de forma totalmente gratuita!

Com vistas a promover a auto sustentabilidade da Casa da mulher empreendedora para aquelas empreendedoras com condições de pagar, poderão ser alugadas salas de trabalho privativas, armários com chaves individuais para pertences, salas de reunião e espaço para eventos.

Com este mesmo objetivo serão oferecidos cursos e outros serviços pagos, abertos ao público em geral. Também serão comercializados cafés, sucos, milkshakes, doces e salgados.

O local ainda disponibilizará serviços pagos sob demanda de impressão, digitalização, telefonia IP, web design e marketing digital. 

A Casa da Mulher empreendedora funcionará de segunda a sexta-feira, das 08:00 às 18:00, contando com uma extensa grade de atividades gratuitas fixas e atividades realizadas sob demanda.

A grade de atividades fixas contará com palestras toda quarta-feira de manhã e atendimentos de assessoria individualizada à tarde. Também será realizado pelo menos um curso ou workshop por mês, com transmissão ao vivo pela internet.

Impacto esperado

O empreendedorismo feminino é um assunto que ganha cada vez mais atenção, graças ao seu potencial de promover transformações na sociedade e na economia de um país. De acordo com o Governo Federal, 3 em cada 4 lares são chefiados por uma mulher — e, dessas, 41% tem o seu próprio negócio. Mas mesmo assim, a mulher se depara com muitos obstáculos para conseguir empreender e ser reconhecida na sua singularidade.

A Casa da mulher empreendedora propõe uma verdadeira mudança de perspectiva ao criar um espaço para dar visibilidade aos negócios desenvolvidos por mulheres, onde poderão demonstrar todo o seu potencial e competência para desenvolver negócios inovadores, criativos e revolucionários.

Ao impulsionar uma forma diferente de pensar os negócios, dando protagonismo e mais espaço a camadas sociais sub-representadas da sociedade, este projeto promoverá a geração de emprego, renda e criará oportunidades de crescimento para outras mulheres.

Desta forma Casa da mulher empreendedora se tornará um importante catalisador de mudanças contribuindo para o rompimento de várias barreiras sociais e de enfrentamento à violência contra a mulher.

Empreendedorismo como ferramenta de prevenção da violência doméstica contra a mulher

As estatísticas de violência contra a mulher, no Brasil, são assustadoras:

Uma mulher é vítima de estupro a cada 9 minutos

Três mulheres são vítimas de feminicídio a cada dia

Uma mulher registra agressão sob a Lei Maria da Penha a cada 2 minutos

Nos últimos 12 meses, 1,6 milhão de mulheres foram espancadas ou sofreram tentativa de estrangulamento no Brasil, enquanto 22 milhões (37,1%) de brasileiras passaram por algum tipo de assédio. Dentro de casa, a situação não foi necessariamente melhor. Entre os casos de violência, 42% ocorreram no ambiente doméstico. Após sofrer uma violência, mais da metade das mulheres (52%) não denunciou o agressor ou procurou ajuda, principalmente porque depende economicamente do agressor.

Estudos mostram que as estratégias para aumentar o empoderamento econômico e social das mulheres – como as microfinanças, a capacitação e o empreendedorismo, – são eficazes na redução da violência, pois ajudam as mulheres a descobrirem seus talentos, a se libertarem economicamente e a lutarem contra a violência doméstica. 

No Brasil e no mundo tem ganhado cada vez maior força espaços de coworking, pois contam com toda a estrutura que um escritório tradicional teria, porém tudo é compartilhado por todos os profissionais que viram clientes do local.

E ainda poder contar com todos esses serviços, de forma gratuita pode ser o ponto de virada na vida de muitas mulheres. É bacana lembrar, por exemplo, que essa foi a saída de J.K. Rowling, a autora da saga Harry Potter, para escrever a obra enquanto estava desempregada e buscando ambientes diferenciados para chamar de 'escritório'.

Ajudando a mudar a vida de uma mulher, você ajuda a mudar uma família, uma comunidade, um país!

Necessidade de recursos

Aluguel por 12 meses – R$ 120,00,00 recursos captados através do Kickante

Mobiliário – R$ 25.000,00 recursos captados através do Kickante

Equipamentos – R$ 15.000,00 recursos captados através do Kickante

Reforma – R$ 35.000,00 será custeada pelo Movimento Poder Rosa

Custos fixos – R$ 120.000,00 serão custeados com a prestação de serviços

Insumos - R$ 25.000,00 serão doados pela empresa parceira D&D MASTERS

Após 12 meses a Casa da Mulher Empreendedora já deverá ser autossustentável a partir dos serviços prestados e do apoio de patrocinadores.

Faça a diferença na vida de muitas mulheres. Faça a sua doação e ajude a implantar a Casa da Mulher Empreendedora.

Como participar:

Participar é muito, muito fácil. São apenas dois passos:

1) Escolha o valor da sua contribuição e sua recompensa.

2) Escolha a forma de pagamento, boleto ou cartão de crédito (parcelado em até 6 x para valores acima de R$ 50,00).

O site é seguro e é um dos maiores sites de crowdfunding do mundo, arrecadando fundos para causas nobres no Brasil afora e tirando do papel muitos projetos sensacionais. 

 


A hora é agora! Contribua com
Casa da Mulher Empreendedora

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Movimento Poder Rosa

Conheça quem está à frente desta campanha

Jahumara Gloria Tellez Gonzalez
  Jahumara Gloria Tellez Gonzalez
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.