Abas primárias

Pré-venda exclusiva: albúm O TEMPO

Música - São Paulo, SP
kicks
Arrecadados da meta de R$200.000,00
Encerrado!
Campanha flexível

Esta campanha recebeu todos os fundos arrecadados até 10/10/2019.

Recompensas

  • R$10,00

    Música de trabalho (Eu Vou)
    Música de trabalho (Eu Vou)
    2 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 13/01/2020

  • R$20,00

    Albúm digital com 5 músicas
    Albúm digital com 5 músicas do novo álbum
    3 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 13/01/2020

  • R$30,00

    Albúm digital com 5 músicas + 5 vídeos
    Albúm digital com 5 músicas + 5 vídeos do novo álbum
    Uma pessoa kickou.
    Entrega estimada em 13/01/2020

  • R$40,00

    Albúm digital com 12 músicas + 12 vídeos
    Albúm digital com 12 músicas + 12 vídeos do novo álbum
    Uma pessoa kickou.
    Entrega estimada em 13/01/2020

  • R$100,00

    Albúm digital com 12 músicas + 12 vídeos + acompanhamento gravação baterias
    Albúm digital com 12 músicas + 12 vídeos do novo álbum + acompanhamento gravação baterias
    Uma pessoa kickou.
    Entrega estimada em 13/01/2020

  • R$150,00

    Albúm digital com 12 músicas + 12 vídeos + acompanhamento gravação vozes
    Albúm digital com 12 músicas + 12 vídeos do novo álbum + acompanhamento gravação vozes (1 dia)
    Entrega estimada em 13/01/2020

  • R$200,00

    Albúm digital com 12 músicas + 12 vídeos + acompanhamento gravação baterias e vozes
    Albúm digital com 12 músicas + 12 vídeos do novo álbum + acompanhamento gravação baterias + acompanhamento gravação vozes (1 dia)
    Uma pessoa kickou.
    Entrega estimada em 13/01/2020

  • R$1.000,00

    Albúm digital com 12 músicas + 12 vídeos + evento particular
    Albúm digital com 12 músicas + 12 vídeos do novo álbum + 1h de evento particular voz e violão (Não inclui custos de logística e equipamento de som)
    Entrega estimada em 13/01/2020

 

Tudo começou em 2010. Vivia a minha vida de forma muito produtiva, fazendo mil coisas ao mesmo tempo, mas mesmo assim, sentia um vazio enorme. Realmente algo me faltava. 

Nesse ano, ao entrar em uma igreja e, durante a missa, ouvi uma música que mudou pra sempre a minha vida. Cada verso que era dito mexia comigo, me fazia pensar no que estava fazendo com a minha vida. Sai de lá diferente. Tinha realmente me encontrado com Deus e Ele falou comigo intimamente.

A partir daquele dia, eu nunca mais fui o mesmo. Passei a enxergar as coisas de forma diferente. As relações com as pessoas próximas de mim e também as que ia conhecendo de lá pra cá. Munha vida mudou e hoje me sinto uma pessoa melhor por isso. Com um estilo de vida completamente diferente do que eu vivia.

Tenho convicção que recebi esse dom, de cantar e tocar, de Deus, e quero usar meu tempo e meu coração neste projeto.

Por isso, preciso de você para torná-lo possível.

Através desta campanha irei gravar meu novo álbum com 12 músicas e 12 clipes inéditos. Você colabora, e em contrapartida, recebe várias recompensas especiais.

Sua participação é fundamental e, com esse resultado é que conseguiremos ter uma sociedade melhor, mais consciente e que as pessoas consigam, enfim, amar verdadeiramente uns aos outros.

 

Vejo a cada dia, nosso mundo perdendo a essência, o amor. As pessoas já não se importam mais umas com as outras. Ameaças de guerras, intolerância religiosa, entre pessoas, e até entre pessoas da mesma família. Cada dia que via isso, até hoje, não conseguia entender porque esse comportamento estava aumentando cada vez mais, e até hoje só aumenta pelo que percebo.

Só que descobri que é sobre AMOR. Sobre amar o próximo como a si próprio, e assim transformar toda uma geração. Mas para as pessoas se conscientizarem disso, é preciso que elas leiam sobre isso, que elas ouçam sobre isso, e mais, que elas vivam esse tipo de comportamento cada dia mais. Mas a gente sabe que o mundo hoje não é propício a isso.

Cada vez mais estamos em competição nos nossos trabalhos, nas nossas rodas de amigos e até nas nossas famílias.

Quando vejo tudo isso e penso em um futuro próximo, vendo meu filho crescer nesse ambiente, a única coisa que me vem à cabeça é: Como seria bom se cada pessoa nesse mundo pudesse viver aquele dia como eu vivi. Quando ouvi aquela canção e realmente tudo começou a mudar na minha vida. Por que as pessoas podem sim mudar e se tornarem melhor.

Então, porque não eu ser um dos agentes dessa mudança, e ajudar a transformar o mundo em um lugar melhor pra nós e pra todas as pessoas que aqui vivem?

Só que para transformar de fato a vida das pessoas, é preciso que cada ação e cada movimento chegue até essas pessoas. E isso só é possível através de ferramentas de divulgação dessas ações para que mais pessoas possam ter esta experiência e também transformarem suas vidas através do encontro pessoal com Deus, que foi o encontro que tive naquele dia.

E uma dessas ferramentas é a música e por isso estou aqui. Porque criei um projeto que é capaz de tocar o coração das pessoas ao ouvirem cada canção e assitirem a cada vídeo que publicarei ao longo do tempo.

Conto com você, sua participação neste sonho faz a diferença!

 

 

Há 26 anos atrás a música me encontrou. Foi a primeira vez que tive contato com um instrumento musical. Era um piano. Sim, o mesmo piano que ainda está na sala da casa da minha avó, onde minha tia me ensinou as primeiras notas e por onde começaria toda a minha paixão.

Daí em diante não parei mais, e fui atrás de aprender tudo que podia. Praticamente disse sim a tudo que era musical que aparecia.

4 anos depois do início, surgiu um fenômeno que mudaria totalmente a minha vida e a de muitos jovens daquela época. Surgia e sucumbia, ao mesmo tempo, a banda mais jovem e descontraída de todos os tempos no Brasil, e aquilo me comoveu de tal forma que parei na primeira banca de jornal (sim, na época internet era para poucos) e comprei uma revistinha cifrada com todas as músicas dos Mamonas.

Não sabia tocar violão ainda, mas tinha a sorte de nascer em família de amantes de música e meu pai ter um violão em casa. Um violão dele, que ele tinha aprendido violão clássico quando era jovem. Ele tinha o violão há 35 anos. Adivinha o que aconteceu? Transformei aquele violão no meu melhor amigo. Levava pra cima e pra baixo em viagens com a escola, festas com amigos e reuniões de família. Fui um auto-didata no instrumento.

O tempo passou e aos 16 anos já estava eu de bar em bar tocando músicas de todos os estilos. Era muito maluco para as pessoas verem um menino de 16 anos tocar Djavan e Toquinho, e mais maluco ainda, em uma fração de acorde, emendar em 'Have you ever seen the rain', ou até em um pagode do Só Pra Contrariar.

Mas o tempo sempre foi um condutor de sentimentos, anseios e buscas na minha vida, e chegou um tempo onde larguei tudo. Larguei porque entendia que a música estava ocupando um lugar diferente dentro de mim, e não era mais para sustento, como havia se tornado entre 2010 e 2012, onde a minha relação com ela se tornou angustiante e tóxica. Seria agora de dentro para fora, usando tudo aquilo que tinha absorvido e transformando em músicas com mensagens de esperança, fé, gratidão e positividade.

Aos 30 anos de idade a virada aconteceu. Me vi completamente fora da realidade daquilo que cantava. Não fazia mais sentido compor o que compunha e nem interpretar o mais do mesmo. Precisava de um canto novo, de um canto que saísse do fundo do meu coração e que tocasse o coração das outras pessoas.

Mas foi antes, em 2010, que a coisa realmente começou a mudar. Estava assistindo a uma missa, na paróquia que frequento em Santo Amaro, SP-Capital, e uma música falou comigo. Na realidade entendi depois que foi Deus falando comigo, com Seu jeito único e paternal, Se revelando e me chamando a conhecê-lo. A música? 'Quem é esse Deus' - Missionários Shalom, ministrada em um momento de comunhão pelo Ministério que lá tocava aos domingos, e que se tornariam, os membros daquele grupo, grandes amigos de fé.

Como que num flash, tudo começou a convergir para músicas com esse tom, de fé e amor, e minhas músicas, antes compostas para retratar, principalmente, a relação entre pessoas, se tornou uma forma para as pessoas se relacionarem com Deus Pai, Filho e Espírito Santo, para se encontrarem com Ele, e para contemplar as belezas do nosso criador, com a presença sempre fiel de Nossa Senhora.

De lá para cá, um EP foi gravado, intitulado AUMENTA MINHA FÉ, que foi o começo dessa busca e é até hoje, e que chega agora com o novo trabalho, que por graça de Deus, se chamará O TEMPO.

O TEMPO porque desde o início, tudo que me moldou até aqui foi o tempo. O tempo de Deus em cada passo, não o meu. O tempo de conhecer o que tinha lá fora. O tempo de experimentar o que não me preenchia até chegar à verdade plena e absoluta. O tempo de lançar esse trabalho com a maior excelência possível e chegar a mais corações, mostrando o caminho que Deus escolheu para mim, e que escolherá um próprio para cada um. Basta nos abrirmos e esperarmos O TEMPO de Deus.

Tem uma frase que gosto muito e que outro dia postei nas minhas redes sociais que é: "Calma, que Deus tá caprichando." E é bem isso. Aprendi que o TEMPO, que para Deus não é como para nós, é a ferramenta que Deus usa para nos preparar, para nos fortalecer, para nos encontrar e para nos certificar de que aquilo que vamos fazer é da Sua vontade.

Stenio Moura

 


A hora é agora! Contribua com
Pré-venda exclusiva: albúm O TEMPO

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Site Oficial | YouTube Oficial

Conheça quem está à frente desta campanha

Stenio Moura
  Stenio Moura
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.