Abas primárias

Concerto Brazila Kolekto: o Brasil em Esperanto

Música - Curitiba, PR
kicks
Arrecadados da meta de R$9.000,00
Campanha flexível

Esta campanha irá receber todas contribuições em 06/07/2018.

Recompensas

O Concerto "Brazila Kolekto" está sendo planejado para vir a público durante o 53º Congresso Brasileiro de Esperanto, a acontecer entre os dias 31 de maio e 3 de junho de 2018, no Memorial de Curitiba. O dia do concerto será no sábado, dia 2, às 19h30, gratuito e aberto para um público de mais de 1000 pessoas. E precisamos de todos para que este concerto histórico ocorra da melhor maneira!

O que será este concerto?

Será um incrível show de música brasileira, com duração estimada de 50 minutos e liderado pelo maestro Flávio Fonseca (voz e violão), residente em Brasília, com acompanhamento de banda formada por músicos profissionais de Curitiba (guitarra, violão solo, baixo elétrico, bateria e sopro - saxes alto e soprano e flauta). O repertório será todo cantado em esperanto. Grande parte consistirá em sucessos da MPB, de autores como Tom Jobim, Milton Nascimento, Chico Buarque, Caetano Veloso, Djavan e outros. As versões em esperanto são fruto do trabalho de grandes esperantistas, brasileiros e estrangeiros, todos renomes na arte mundial em esperanto. Dentre eles, podemos citar: o sueco Bertilo Wennergren, líder de uma das mais importantes bandas internacionais esperantistas, Persone, e membro da Academia de Esperanto; o brasileiro Paulo Nascentes, poeta esperantista e professor de esperanto na Escola de Línguas da Universidade de Brasília; o argentino Alejandro Cossavella, ícone da música internacional em esperanto, tradutor da obra musical de Carlos Gardel em esperanto e parceiro de Flávio Fonseca no álbum "Tom Jobim en Esperanto"; o brasileiro Leopoldo Knoedt, autor da tradução em esperanto de Os Lusíadas e da tradução em português da obra "La infana raso", escrita originalmente em esperanto pelo poeta escocês William Auld, indicado ao prêmio nobel de literatura por sua obra em esperanto; e o próprio Flávio Fonseca, este um músico premiado no Concurso Mundial de Belas-artes em Esperanto, promovido pela Associação Mundial de Esperanto, instituição em relações consultivas com a ONU e a Unesco para ações de diversidade cultural e linguística e comunicalção internacional igualitária. Justamente por isso, a outra parte do show consistirá em composições autorais originais em esperanto, gravadas em álbuns de Flávio Fonseca e de outros autores, como da banda europeia Esperanto Desperado. As falas entre as músicas serão em português, com apresentação de detalhes da arte em esperanto para o público ainda não falante, sendo o concerto também uma oportunidade única para a divulgação do esperanto.

Por que em esperanto?

O esperanto é a língua planejada mais falada no planeta. Com mais de 130 anos de existência, conta com alguns milhões de falantes presentes em mais de 115 países. Possui uma rica literatura e música, composta de criações originais na língua e traduções advindas das mais diversas culturas, sendo considerado pela Unesco o instrumento de comunicação internacional mais adequado para uma realidade democrática e igualitária. França, China e Brasil estão dentre os países com maior número de falantes. É considerada uma das línguas com aprendizado relativamente mais fácil, exigindo menor investimento de tempo e dinheiro para alcance de boa fluência. Diversas universidades na Europa, Ásia e EUA estão ligadas a programas e iniciativas de estudo e ensino em esperanto. Mas ainda muito pouco disso é de fato conhecido pelo público, e este concerto pretende ser uma parte da divulgação dessa realidade. Além disso, é uma das missões da Liga Brasileira de Esperanto, que promove o Congresso Brasileiro de Esperanto, divulgar a cultura brasileira por meio desta língua internacional, e acreditamos que com este concerto estaremos levando o melhor de nossa cultura a esta língua.

​Quanto custa?

​O custo deste projeto consiste em R$3.200 de cachê para todos os artistas envolvidos; R$2.900 de logística técnica de luz e som (equipamentos e profissionais); R$1.400 de logística de transporte de instrumentos e viagem, hospedagem e alimentação de artistas; R$1.500 de logística de admnistração e realização (custos de escritório, contabilidade, impostos e taxas). A realização do show prevê chegada e reunião dos músicos com dois dias de antecedência, para três ensaios; passagem de som antes do show, para regulagem da aparelhagem; teste e adaptação do espaço para iluminação profissional de palco. A Liga Brasileira de Esperanto, uma instituição sem fins lucrativos, enviará a todos os doadores documentos e comprovantes de gastos. Todo o excedente arrecadado será revertido em doação de livros a bibliotecas brasileiras, da América Latina ou da África.

Repertório pré-selecionado

1. Blinda fido, tranĉilo akra (Originala titolo: Fé cega, faca amolada), verkis: Milton Nascimento k Ronaldo Bastos, versio: Paulo Nascentes

2. Dara (Originala titolo: Odara), verkis: Caetano Veloso, versio: Flávio Fonseca

3. Gitar’ sub lunlumado (Originala titolo: Viola enluarada), verkis: Marcos Valle k Paulo Sérgio Valle, versio: Leopoldo Knoedt

4. Grava, verkis: Amir Hadziaĥmetoviĉ

5. Jam temp’ está, verkis: Flávio Fonseca k Geraldo Mattos

6. Knabino el Ipanema (Originala titolo: Garota de Ipanema), verkis: Tom Jobim k Vinicius de Moraes, versio: Aaron Köenig

7. Kolortrajno  (Originala titolo: Trem das cores), verkis: Caetano Veloso, versio: Flávio Fonseca

8. Mi amos ĉiam vin (Originala titolo: Eu sei que vou te amar), verkis: Tom Jobim k Vinicius de Moraes, versio: Nelson Pereira de Souza

9. Mi nur sopiras amon (Originala titolo: Eu só quero um xodó), verkis: Dominguinhos k Anastácia, versio: Alejandro Cossavella

10. Mia bon’, mia malbon (Originala titolo: Meu bem, meu mal), verkis: Caetano Veloso, versio: Flávio Fonseca

11. Olda temo (Originala titolo: Velho tema), verkis: Flávio Fonseca k Aglaia Souza, versio: Délio Pereira de Souza

12. Rozo de l’ ventoj (Originala titolo: Rosa dos ventos), verkis: Chico Buarque, versio: Flávio Fonseca

13. Sambo de l’ vojaĝo (Originala titolo: Onde quer que eu vá), verkis: Rubens Holzmann k Flávio Fonseca, versio: Flávio Fonseca

14. Soriro (Originala titolo: Asa delta), verkis: Josué Bueno k Flávio Fonseca, versio: Flávio Fonseca

15. Sorto (Originala titolo: Sina), verkis: Djavan, versio: Flávio Fonseca

16. Unutona sambo (Originala titolo: Samba de uma nota só), verkis: Tom Jobim k Newton Mendonça, versio: Bertilo Wennergren

17. Upa negreto (Originala titolo: Upa neguinho), verkis: Edu Lobo k Gianfrancesco Guarnieri, versio: Flávio Fonseca

18. Verda, verkis: Flávio Fonseca

19. Vi trouzis min (Originala titolo: Você abusou), verkis: Antonio Carlos k Jocafi, versio: Flávio Fonseca k Alejandro Cossavella

 


A hora é agora! Contribua com
Concerto Brazila Kolekto: o Brasil em Esperanto

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Liga Brasileira de Esperanto | BEL@Butiko | 53º Congresso Brasileiro de Esperanto

Conheça quem está à frente desta campanha

Fernando Maia Jr.
  Fernando Maia Jr.
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.