Contribua com o Documentário Vira-Latas

Vídeo – São Paulo, SP
Tiago Ferigoli 3 anos

Precisamos pensar como coletivo

Inovador, chamativo e inteligente, o projeto Vira-latas conta com uma equipe imensa e muito trabalho. Idealizado pelo publicitário Tiago Ferigoli, o projeto cresce a cada dia. De um livro, surgiram site, workshop e até uma campanha de financiamento coletivo para lançar o filme que trará Danilo Gentili e Ronnie Von - entre outras personalidades - para os cinemas.

Compartilhe essa ideia com seus amigos! Precisamos pensar que a responsabilidade social não é vira-lata. Sim, todos são responsáveis por essa mudança de realidade de abandono e descaso com os animais.

http://bit.ly/1liyDIF

Tiago Ferigoli 3 anos

SOZINHO NINGUÉM CONSEGUE NADA. VAMOS JUNTOS!

No fervor de uma discussão, entre um casal de advogados, o marido resolve atear fogo num membro da família, por mera vingança. No Hospital das Clínicas, em São Paulo, supervisionado pelo Dr. Estevão Vadasz, coordenador do projeto autismo, um pioneiro tratamento desponta com índices muito positivos.Seres humanos abandonados pela sociedade encontram um novo significado para a vida no Asilo Ondina Lobo. O ano é 1966, Inglaterra. A Taça do Mundo que havia sido roubada é localizada por um inusitado herói.

Algumas histórias são muito tristes, outras são magníficas. Mas todas são muito especiais e possui um personagem em comum, o melhor amigo do homem.

Essas e muitas outras histórias estão presentes nas ações do projeto social “Vira-latas Os verdadeiros cães de raça” (www.vira-latas.com). Um projeto multimídia voltado para conscientização, educação e filantropia.

O projeto, que hoje inclui um livro homônimo presente em todas as livrarias do país, uma coleção de roupas exclusiva (www.animiweb.com.br), palestras em universidades e eventos e um selo filantrópico exclusivo para novos parceiros, está prestes a lançar mais uma importante etapa do projeto; o lançamento de um filme documentário longa metragem inédito, nos cinemas, através de uma ação de captação de recursos popular (www.kickante.com.br/vl). Indo de encontro com os objetivos do projeto, de aproximar todos os cidadãos d a cruel realidade do abandono e dos maus tratos animal.
Um problema que atinge a todos nós, nas Leis, na Política, na Educação. Afinal, a expressão “vira-lata” não define o cão em si, mas sim a sua condição: aquele que está abandonado e precisa lutar para sobreviver. Condição essa muito parecida com a nossa, seres humanos.

Website oficial: www.vira-latas.com
Etapa atual: www.kickante.com.br/vl
e-mail: contato@vira-latas.com

Tiago Ferigoli 3 anos

É possível com você!

Uma estudante me procurou para fazer uma entrevista para seu trabalho de conclusão de curso que abordará o tema: como as redes sociais contribuíram para maior conscientização em adoção, castração, ajuda para abrigos de animais. E isso me fez pensar que a participação de todos vocês nas redes sociais, funciona como um termômetro para mim e todos os envolvidos nesse projeto, enquanto houver pessoas participando, divulgando, continuaremos com a campanha.

Essa foi uma das perguntas que respondi e quero compartilhar com vocês: A equipe do projeto crê que a rede social ajudou para maior conscientização?

Plenamente. Vou dar o exemplo mais importante. Hoje o projeto “Vira-latas, Os verdadeiros cães de raça” (www.vira-latas.com) encontra-se numa etapa importantíssima - o lançamento do filme documentário longa metragem original, nos cinemas. Para que isso aconteça, estamos captando fundos através da plataforma de crowdfunding, Kickante (www.kickante.com.br/vl) . Utilizamos as redes sociais para divulgar essa captação. Quanto mais pessoas participarem e doarem, mais rápido colocaremos o filme nos cinemas. Posso dizer que a internet desempenha papel fundamental no desenvolvimento desta campanha. Hoje, o projeto Vira-latas é um projeto feito por todos vocês!

Obrigado pela ajuda que todos vocês dão a campanha, por favor, divulguem ela aos seus contatos!

Tiago Ferigoli 3 anos

Companheiros por necessidade

Há mais de dois anos, o publicitário Tiago Ferigoli investe no Projeto Vira-Latas uma ação que tem como objetivo conscientizar sobre problemas relacionados ao abandono e maus tratos aos animais. O filme, conta o diretor, não é feito para agradar aos fãs de cachorro. A ideia, que já deu origem a um livro (lançado pela Ediouro) e a um site, é despertar a atenção de todos - principalmente de quem não tem muito contato com esses animais - para a situação de descaso e de miscigenação. E, quem sabe, pôr fim a preconceitos.

Ferigoli destaca que ao compreender o que é ser vira-lata, é possível aplicar o termo a questões que muitos seres humanos passam no dia a dia. Ou seja, ao tomar consciência do universo em que vivem os animais abandonados, de certa forma, a população também entende a situação de pessoas desamparadas e tem a oportunidade de fazer algo a respeito. Participe dessa ação mandando essa mensagem aos seus amigos!

Tiago Ferigoli 3 anos

Vira-latas = abandono e descaso!

O documentário Vira-latas é mais do que um filme é uma ação social que quer provocar uma mudança de atitudes nas pessoas. O termo "vira-lata" define a situação de descaso a abandono de um cão ou até mesmo uma pessoa que vive nas ruas. Essa realidade já tornou-se algo cotidiano em nossas vidas que muitas vezes nem percebemos mais esses elementos que estão em nossas ruas.

Queremos que você que se importa com isso, faça parte dessa mudança de atitude! Nos ajude a colocar nas salas de cinema um trabalho de mais de 2 anos e a mudar a vida de 20 milhões de vira-latas. Participe de nossa campanha!

Se você quer entender um pouco mais sobre o assunto e o filme, não deixe de ver a entrevista do Tiago Ferigoli, diretor do documentário.

Vem com a gente!