Abas primárias

Documentário Coração que Acolhe

Cinema - São Paulo, SP
kicks
Arrecadados da meta de R$200.000,00
Encerrado!
Campanha flexível

Esta campanha recebeu todos os fundos arrecadados até 03/02/2019.

Recompensas

  • R$10,00

    Adesivo do Documentário
    Adesivo exclusivo do Documentário para todas as doações acima de R$10,00
    Uma pessoa kickou.
    Entrega estimada em 31/03/2019

  • R$100,00

    Camiseta do Documentário
    Uma camiseta preta lisa com o logo do Documentário
    7 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 31/03/2019

  • R$200,00

    Mochila
    Adesivo + Camiseta do Documentário + Mochila
    Uma pessoa kickou.
    Entrega estimada em 31/03/2019

  • R$500,00

    Boneca Artesanal
    Adesivo + Camiseta do Documentário + Mochila + Boneca feita artesanalmente.
    Entrega estimada em 31/03/2019

  • R$700,00

    Caneca do Documentário
    Adesivo + Camiseta do Documentário + Mochila + Boneca feita artesanalmente + Uma caneca lisa branca com o logo do Documentário
    Uma pessoa kickou.
    Restam 49 kicks.
    Entrega estimada em 31/03/2019

  • R$1.000,00

    Cartaz do Documentário
    Adesivo + Camiseta do Documentário + Mochila + Boneca feita artesanalmente + uma caneca lisa branca com o logo do Documentário + O cartaz do Documentário com uma dedicação especial ao colaborador
    Restam 50 kicks.
    Entrega estimada em 31/03/2019

  • R$2.000,00

    Ingresso para a Exibição do Documentário
    Adesivo + Camiseta do Documentário + Mochila + Boneca feita artesanalmente + uma caneca lisa branca com o logo do documentário + Cartaz do Filme + Ingresso para a sessão única e exclusiva do Documentário junto da equipe e convidados
    Uma pessoa kickou.
    Restam 29 kicks.
    Entrega estimada em 31/03/2019

  • R$3.000,00

    Fotolivro do Documentário
    Adesivo + Camiseta do Documentário + Mochila + Boneca feita artesanalmente + uma caneca lisa branca com o logo do documentário + Cartaz do Filme + Ingresso para a sessão única e exclusiva do Documentário junto da equipe e convidados + Um lindo fotolivro contendo 50 páginas de fotos sobre o projeto com comentários e histórias sobre as fotos
    Entrega estimada em 31/03/2019

  • R$5.000,00

    Menção Honrosa
    Adesivo + Camiseta do Documentário + Mochila + Boneca feita artesanalmente + uma caneca lisa branca com o logo do Documentário + Cartaz do Filme + Um lindo fotolivro contendo 50 páginas de fotos sobre o projeto com comentários e histórias sobre as fotos + Seu nome será incluso nos créditos finais do Documentário em uma área exclusiva a apoiadores master.
    Restam 30 kicks.
    Entrega estimada em 31/03/2019

Coração que acolhe é um filme documental que narra a história de um projeto humanitário no Brasil e, tem como objetivo, contar as necessidades de uma crise humanitária extremamente impactante que afeta diretamente nossa nação.

Crises humanitárias comumente caracterizam-se pela privação de alimentação, abrigo, riscos à saúde, à segurança ou ao bem estar de um grande grupo de pessoas, em uma área quase sempre extensa. E a crise que a população Venezuela passa, não afeta apenas seu próprio país, mas sim, o mundo, onde inúmeros refugiados venezuelanos, adoecidos ou com imunidade baixa devido a privação de alimentação e saúde, adentram em outros países na esperança de uma ajuda, apoio e esperança. E a verdade é uma só: uma crise que parece um mero problema interno de um país, possui consequências no mundo inteiro.

Muito se fala hoje de quebrar fronteiras, diversidade, dentre outros, mas vale ressaltar que as fronteiras também não devem existir entre pessoas. Atualmente, nos deparamos com pessoas que encaram os venezuelanos que adentram no país, das mais diversas formas. Alguns os consideram marginais, outros são contra a imigração devido ao aumento da população e disputa por trabalho e sobrevivência, ainda mais em tempos de crise. Mas também há pessoas que enxergam aqueles como simples humanos que hoje precisam de ajuda.

Diante desta crise humanitária tão grave, diversas organizações e pessoas se mobilizam e apoiam nas mais diversas formas. E, este documentário vai contar as muitas histórias de garra, luta, gratidão e compaixão a partir das relações humanas que são construídas entre os refugiados e os voluntários. Histórias incríveis de luta e superação destas famílias até a independência financeira e de moradia.

 

Junho de 2018. A diretora da obra audiovisual, Bruna Bittencourt, foi até Roraima e presenciou a vida daqueles que ali estavam e, muito comovida, inicialmente fez um desabafo. Com o tempo passando, suas inúmeras idas à Roraima e, inquieta com a desumanidade escancarada em nossos olhos, resolveu trazer essa história à tona, para que todos vejam o que ela viu, sintam o que ela sentiu e reflitam: Qual o real significado de humanidade?

    "Passei boa parte da minha semana refletindo e digerindo todas as informações e experiências dessa aventura. Sinceramente, a todos que me perguntam, muitas vezes não sei o que dizer, mas apenas que foi espetacular. Mas quer saber a verdade? Com aperto no peito, tenho que dizer que espetacular não significa que foi fácil, e muito menos bonita. Bonito mesmo foi poder olhar nos olhos de seres humanos incríveis e ver a esperança renascer. Bonito mesmo foi colocar um sorriso no rosto de pessoas que se sentem abandonadas e esquecidas. Bonito mesmo foi aprender o real significado de humanidade, fraternidade e respeito. Mas não tem nada de bonito na dureza da realidade escancarada em nossas caras.” Diz Bruna.

 

“Essa é a realidade em que vive os venezuelanos em Roraima. Ali a vida é dura, machuca, cutuca, te encara e grita. Nos olhos de quem ali estava, sentia-se falta do brilho da esperança. Mas como eu disse, foi espetacular! Uma experiência que todo ser humano deveria vivenciar, e então entender que a coisa mais simples do mundo, e que faz do nosso mundo um lugar melhor: A humanidade dentro de nós. Olhar nos olhos e, com muito pouco, ver aquela luz da esperança brilhar novamente, engrandece os corações e faz tudo valer a pena. E a verdade é uma só... por mais impotente que se sinta, saiba que o que você entende como pouco, para outros é muito. Ali, a dificuldade da vida escancarada na sua cara, suplica ajuda! E se fosse você, seu amigo, seu ente querido ou um mero conhecido?” Completa a diretora.

 

“Eu fiz essa canção pro tempo, pra ver se o tempo me dá um pouco mais de tempo, pra ver se eu te convenço, que a gente é mais que isso.” - Canção pro Tempo, Projota.

“A gente é mais que isso. A vida é muito mais que isso!”

 

 

A importância de falar da história do nosso país é óbvia, e mais ainda quando está presente e afetando nossa sociedade atualmente. A crise humanitária é, talvez, uma das piores crises que são ignoradas pelas massas. Contudo, sua causa e efeito é gravíssima e, hoje em dia, presente em nosso cotidiano brasileiro, vivenciamos uma situação de emergência, em que a vida de um grande número de pessoas se encontra ameaçada. Para evitar uma catástrofe ou pelo menos limitar as suas consequências, para o povo venezuelano e também para o brasileiro, surge a necessidade de ajuda humanitária, que nada mais é do que a solidariedade e fraternidade para com outros povos.

 Durante toda a história do Brasil, nosso país foi de missão pacificadora e não é agora que isso deve mudar, porém o país como um todo precisa se conscientizar da importância da fraternidade e o real significado de gratidão. Desde o século XX, vemos um aumento considerável no número de ocorrências de crises humanitárias e com milhares de vítimas de guerras civis, limpezas étnicas ou genocídios, e por isso, contar a história que até o momento está sendo tampada com a peneira é tão importante. Com o objetivo não apenas de documentar a realidade ali presente, mas também de conscientização, podemos perceber que nós não somos tão diferentes e não estamos distantes da realidade deste povo que hoje nos pede auxílio, afinal, a ajuda não é apenas para os venezuelanos, mas sim para todos os brasileiros também afetados por esta crise, e para o estado de Roraima, que o restante do país esqueceu de sua existência.

 

  

Uma história impactante que está presente nos nossos dias atuais exige imediatismo. Por isso, toda nossa equipe está se preparando e batalhando muito para que seja possível contar uma história de tanta grandeza. Porém, sem o apoio de cada um, nada será possível!

Neste momento, estamos em busca de arrecadação para a produção desta obra que foi iniciada, efetivamente, em novembro. Nosso objetivo, neste momento, é continuar nossa gravação e finaliza-la, para que possamos dar o próximo passo.

Através destes fundos de financiamento, que são fundamentais para continuarmos a filmar, vamos chamar a atenção para uma das maiores e mais sérias crises humanitárias da atualidade. Estes não são fundos para completar o filme, mas ajudarão a avançar no projeto! Leva tempo e uma grande comunidade para fazer um filme que ficará para a história, mas com o apoio de cada um, tudo será possível! Junte-se à luta!


A hora é agora! Contribua com
Documentário Coração que Acolhe

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Documentário Brasil, Um Coração que Acolhe | Dot Films

Conheça quem está à frente desta campanha

Dot Films
  Dot Films
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.