Abas primárias

EDUCANDO PARA A VIDA

ONGs - Breves, PA
kicks
Arrecadados da meta de R$10.000,00
Encerrado!
Campanha flexível

Esta campanha recebeu todos os fundos arrecadados até 14/06/2018.

PROJETO “EDUCANDO PARA A VIDA”

REFORÇO ESCOLAR E ALFABETIZAÇÃO DE CRIANÇAS E MULHERES

NA PERIFERIA DE BREVES – ILHA DO MARAJÓ – PARÁ

 

SITUAÇÃO: O Projeto Educando para a Vida surgiu a partir da constatação de uma realidade que, embora dura e triste, é muito comum no Brasil - particularmente nos rincões do norte e do nordeste do país: o analfabetismo e/ou a dificuldade no aprendizado da leitura/escrita, tanto da parte de crianças quanto de pessoas adultas.

As Irmãs de Notre Dame de Namur, que há mais de 10 anos fixaram residência no bairro Jardim Tropical (periferia de Breves), sentiram-se sensibilizadas quando, a partir da convivência cotidiana com as pessoas sofridas deste bairro e de bairros adjacentes, perceberam crianças e adolescentes que apresentam sérios atrasos no domínio da leitura/escrita, bem como mulheres que chegaram à idade adulta na condição de analfabetas. É nítido o quanto esta limitação interfere na vida de crianças, adolescentes e mulheres adultas: além de serem pessoas provenientes de uma realidade pobre, de escassez/má qualidade de bens e serviços básicos, geralmente apresentam baixa autoestima, são vítimas de bullying nas escolas (adolescentes) e de humilhações (mulheres).

As Irmãs de Notre Dame de Namur tem, por princípio, desenvolver missão em lugares empobrecidos e castigados pelo abandono do poder público, acompanhando pessoas e comunidades afetadas por injustiças e ameaças em seus direitos fundamentais. Diante desta realidade desafiadora, decidimos iniciar, em junho de 2017, um pequeno projeto educativo voltado tanto para alfabetização de crianças e mulheres quanto de reforço para crianças e adolescentes em situação de atraso escolar.

O início deste Projeto contou com recursos captados por intermédio de um Fundo Congregacional de Missão (CMO – CongregationalMission Office) da própria Congregação Religiosa.

No entanto, o referido Projeto corre o risco de ser encerrado em junho de 2018, antes do términco do ano letivo, pela insuficiência dos recursos recebidos.

Considerando que esta é uma parte importante da missão das irmãs de Notre Dame de Namur e, visando a continuidade do Projeto e o benefício alcançado, elabora-se esta via para recolhimento de doações, o que garantirá a continuidade dos trabalhos até o prazo inicialmente previsto, abril de 2019.

 

COMO FUNCIONA: 7 monitoras trabalham com crianças em idade de alfabetização, 1 monitora trabalha com reforço escolar e 1 monitora trabalha com alfabetização de mulheres.

Todas participaram de uma capacitação antes de iniciarem as atividades e receberam materiais didáticos para serem utilizados nas aulas. Elas oferecem 1h30min de aula por semana, e recebem uma gratificação em dinheiro ao final do mês (com exceção de 1 monitora, que é Irmã de ND de Namur e dá aulas gratuitamente).

Ao final das aulas, é oferecida merenda para as crianças, adolescentes e mulheres – gasto este que também é contabilizado no projeto. As turmas variam entre 3 a 8 crianças. A quantidade limitada deve-se ao fato de o projeto ser de pequeno porte e ter a finalidade de dar atenção mais personalizada ao público-alvo.


A hora é agora! Contribua com
EDUCANDO PARA A VIDA

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Sisters of Notre Dame de Namur

Conheça quem está à frente desta campanha

Carla Vasconcelos
  Carla Vasconcelos
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.