Abas primárias

Escola da Amazônia: Prêmio Jovem Conservacionista | Onça-Pintada 2016

ONGs - Piracicaba, SP
kicks
Arrecadados da meta de R$18.000,00
Encerrado!
Campanha flexível

Esta campanha recebeu todos os fundos arrecadados até 25/11/2015.

Recompensas

  • R$15,00

    Certificado Digital
    Contribuindo com R$15 você leva: Certificado Digital.
    25 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 27/12/2015

  • R$30,00

    Música feita pelas alunas
    Contribuindo com R$30 você leva: Certificado Digital + a música feita pelas alunas premiadas em 2015.
    20 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 27/12/2015

  • R$60,00

    Vídeo do vencedor de 2016
    Contribuindo com R$60 você leva: Certificado Digital + a música feita pelas alunas premiadas em 2015 + em primeira mão o vídeo vencedor de 2016.
    11 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 27/12/2015

  • R$100,00

    Chat com os alunos premiados
    Contribuindo com R$100 você leva: Certificado Digital + a música feita pelas alunas premiadas em 2015 + em primeira mão o vídeo vencedor de 2016 + chat de 1 hora com os alunos premiados.
    10 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 27/12/2015

  • R$150,00

    Foto do fotógrafo Gambarini
    Contribuindo com R$150 você leva: Certificado Digital + a música feita pelas alunas premiadas em 2015 + em primeira mão o vídeo vencedor de 2016 + foto do fotógrafo Gambarini, tamanho 40x30.
    6 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 27/12/2015

  • R$200,00

    Seu nome no evento
    Contribuindo com R$200 você leva: Certificado Digital + a música feita pelas alunas premiadas em 2015 + em primeira mão o vídeo vencedor de 2016 + foto do fotógrafo Gambarini, tamanho 40x30 + Seu nome no evento.
    7 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 27/12/2015

  • R$250,00

    20% de Desconto na Pousada Uakari
    Contribuindo com R$250 você leva: Certificado Digital + a música feita pelas alunas premiadas em 2015 + em primeira mão o vídeo vencedor de 2016 + foto do fotógrafo Gambarini, tamanho 40x30 + Seu nome no evento + 20% de desconto na Pousada Uakari (válido para baixa temporada).
    13 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 27/12/2015

Os jovens brasileiros são herdeiros do maior e mais importante patrimônio natural do planeta: nossas florestas e a biodiversidade que elas abrigam. Por isso, nós da Escola da Amazônia criamos o Prêmio Jovem Conservacionista (PJC), que identifica, capacita e incentiva jovens da Amazônia com perfil comunicativo, criativo, crítico, cooperativo e de liderança, a gerar e disseminar, principalmente por meio das novas Tecnologias de Informação e Comunicação, mensagens sobre melhores práticas de uso e conservação das florestas e da biodiversidade brasileiras.

Agora contamos com seu apoio para realizar a próxima edição do Prêmio Jovem Conservacionista, a ser realizada em parceria com Instituto Mamirauá e Instituto Manacá, que vai trazer estes jovens inspiradores para que possam compartilhar em escolas de São Paulo suas experiências sobre o mais emblemático representante da nossa fauna: a onça-pintada!

Basta clicar numa de nossas recompensas ao lado para fazer sua parte nesta causa que poderá ser fundamental para a preservação de nossa riqueza natural. Contribua agora mesmo e participe desta mudança!

Colabore clicando ao lado para fazer parte desta corrente pelo cuidado com a biodiversidade e a educação!

Participar é muito, muito fácil. São dois passos:

  1. Escolha o valor da sua contribuição e sua recompensa ao lado
  2. Escolha a forma de pagamento, boleto ou cartão de crédito (parcele em até 6x com parcela mínima de R$ 25).

Kickante é um site seguro e é um dos maiores sites de crowdfunding do mundo arrecadando fundos para causas nobres no Brasil afora e tirando muito projeto sensacional do papel.

 

O  tema do próximo PJC é a onça-pintada, que é um dos animais mais fascinantes do continente, intensamente estudada em Mamirauá, e que está em risco de extinção na Mata Atlântica, onde a perda e a fragmentação do seu habitat e, acima de tudo, a intolerância daqueles que dividem o espaço com ela são sérias ameaças.  

A equipe vencedora vai conhecer projetos de pesquisa e conservação da onça-pintada e seu habitat no Parque Estadual Carlos Botelho e seu entorno. Em escolas no entorno de Carlos Botelho e em São Paulo, os jovens conservacionistas apresentarão seu vídeo e dividirão suas experiências com os jovens anfitriões como verdadeiros "embaixadores da Amazônia". De volta na Amazônia, vão compartilhar com os colegas as lições aprendidas na viagem.

Desse modo, de jovem para jovem, e deles para os demais membros da comunidade, a mensagem de conservação se dissemina, criando "pontes" entre as duas grandes florestas e entre dois grandes extremos do nosso país, a realidade das escolas públicas da Amazônia e dos colégios particulares da grande São Paulo. Assim os Jovens Conservacionistas contribuem para uma relação melhor entre os brasileiros, suas florestas e seu animal mais icônico, a onça-pintada. 

Além disso, o reconhecimento, o envolvimento e o intercâmbio proporcionados pelo prêmio contribuem para aumentar o interesse pelas questões socioambientais e a auto-estima dos jovens, dos professores e das próprias escolas participantes. Desse modo, o PJC traz benefícios para o ambiente, a educação e, consequentemente, a qualidade de vida dos participantes e da sociedade.

Há 13 anos a Escola da Amazônia dá voz às crianças e aos jovens que querem falar bem da natureza! 

O Prêmio Jovem Conservacionista (PJC) é uma realização da Escola da Amazônia e Instituto Mamirauá que tem como objetivo divulgar e incentivar a adoção de melhores práticas de uso e conservação das florestas brasileiras e sua biodiversidade, com foco na onça-pintada, por meio do envolvimento de jovens estudantes, seus professores e suas escolas, reconhecendo e valorizando o papel desses atores na sustentabilidade da região.

Clique aqui para assistir o vídeo 'Jaguaretê na Fita', de Millena Viana e Adriane Martins, vencedoras da última edição do prêmio.

Agora vamos te contar um pouco mais sobre a próxima premiação:

  • Os candidatos são alunos de ensino médio de escolas públicas dos municípios do entorno da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, no Amazonas. O foco é no município de Tefé, onde fica a sede do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá.
  • O Prêmio Jovem Conservacionais (PJC) vai ser divulgado nas escolas no começo do ano letivo de 2016 pelas Secretarias Municipais de Educação e pelas próprias vencedores da última edição do prêmio.
  • O tema do prêmio será novamente "onça-pintada". A justificativa para isso é a importância ecológica, econômica e sociocultural excepcional que essa espécie ameaçada tem na Amazônia e na Mata Atlântica. 
  • Equipes candidatas - uma dupla de alunos + um professor tutor - deverão enviar uma carta de intenções e um roteiro sugerido de vídeo.
  • Doze equipes serão selecionadas para a oficina de dois dias de duração, na sede do Instituto Mamirauá, onde se aprofundarão no tema da conservação, da comunicação ambiental, da participação social e, especificamente, da produção de vídeos. 
  • Após a oficina, as equipes terão quatro semanas para entregar o vídeo, que deverá ter no máximo 5 minutos de duração.
  • Os segundos colocados ganharão uma visita à Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá com pesquisadores do IDSM, onde terão a chance de ser "pesquisadores por um dia".
  • A equipe vencedora ganhará uma viagem a São Paulo, onde conhecerá projetos de pesquisa e conservação, visitará escolas e dividirá suas experiências com jovens os anfitriões.
  • De volta à Amazônia, a equipe vencedora vai compartilhar com os colegas as  lições aprendidas na viagem, inspirando outros jovens a se tornarem Jovens Conservacionistas.  

Com o seu apoio, vamos trazer um pouco da Amazônia para salas de aula em São Paulo!

A Escola da Amazônia foi criada em 2002 sob a premissa de que “se os recursos naturais das nossas florestas vão ser usados de modo a proporcionar qualidade de vida às pessoas e proteção à biodiversidade, ou se vão continuar sendo desperdiçados em queimadas e desmatamento, vai depender dos valores, conhecimentos e habilidades adquiridos hoje por nossos jovens.” Nos 10 anos seguintes, a Escola da Amazônia ofereceu a jovens brasileiros, principalmente os alunos dos melhores colégios de São Paulo - futuros grandes tomadores de decisão - uma oportunidade excepcional de conhecer de perto a realidade da região por meio dos nossos Workshops de Conservação e Desenvolvimento. 

Em 2013, com apoio do Programa Empreendedores da Conservação (ECONS), pudemos finalmente fazer também o caminho inverso: trazer jovens da Amazônia para compartilhar com outros jovens brasileiros - como embaixadores da Amazônia - o que sabem sobre a floresta

Em 2014, estabelecemos a colaboração do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, líder em pesquisa e desenvolvimento sustentável na Amazônia, e o PJC passou a ter como foco a onça-pintada, espécie ameaçada que mais desperta a atenção de crianças, jovens e adultos, na cidade e no campo, em todas as regiões do Brasil. 

Em 2015, fizemos o Prêmio Jovem Conservacionista – Mamirauá | Onça-Pintada, que selecionou jovens de Tefé e ofereceu como prêmio uma viagem de estudos ao Pantanal. As vencedoras foram Adriane Martins e Millena Viana, que com a supervisão da Professora Enmilany Vasconcelos, desenvolveram atividades de educação ambiental em uma escola local e compuseram a música Jaguaretê na Fita, que faz parte da trilha sonora do vídeo que produziram.  

Clique ao lado para que jovens embaixadores da Amazônia possam compartilhar seus conhecimentos e inspirar outros jovens!


A hora é agora! Contribua com
Escola da Amazônia: Prêmio Jovem Conservacionista | Onça-Pintada 2016

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Twitter | Escola da Amazônia | Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá | Instituto Manacá

Conheça quem está à frente desta campanha

Silvio Marchini
  Silvio Marchini
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.