Abas primárias

Eu Protejo o Tatu-bola

ONGs - Fortaleza, CE
kicks
Arrecadados da meta de R$100.000,00
Campanha flexível

Esta campanha irá receber todas contribuições em 13/08/2019.

Recompensas

Colabore com nosso projeto e peça os seus amigos para contribuírem também, divulge nossa campanha use a tag #EuProtejoOTatuBola.

Você conhece o Tatu-bola? Ele ficou muito conhecido como mascote da Copa do Mundo de 2014. Seu nome científico é Tolypeutes tricinctus e é encontrado, especificamente, na Caatinga e em algumas áreas de Cerrado do país. É o menor entre as 11 espécies de tatus que são encontradas no Brasil e a única endêmica do país. Entretanto, é uma das espécies menos conhecidas e com poucos estudos científicos sobre a sua distribuição atual, histórica, ecológica e reprodução. Seu nome, infelizmente, consta na Lista Oficial da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção na categoria “em perigo”, a apenas dois passos da extinção.

Com o objetivo de contribuir para a redução do risco de desaparecimento do Tatu-bola na natureza, nós, da Associação Caatinga, contamos com o seu apoio para que possamos ir cada vez mais além.

 

Trabalhamos em prol da proteção do Tatu-bola desde 2013 e a sua ajuda contribuirá para que possamos continuar nesse empenho. O seu apoio ajudará em ações que irão gerar conhecimento atualizado sobre a ecologia e distribuição da espécie, promover conservação do Tatu-bola através da criação de reservas ambientais, tornar o tatuzinho e os seus ambientes naturais mais conhecidos, reduzir o risco de desertificação e os efeitos do aquecimento global, contribuir para a segurança hídrica e sensibilizar a sociedade através de ações de educação ambiental.

Para que todas estas ações sejam realizadas, vamos precisar construir o Centro de Pesquisa e Conservação do Tatu-bola – CPCTB. Esse centro ajudará nas atividades de pesquisa para a Conservação do tatu e funcionará na Reserva Natural Serra das Almas (RNSA), localizada na divisa do Ceará com Piauí, uma relevante área de Caatinga.

 

O Centro dará suporte a uma equipe de trabalho multidisciplinar e estará aberto para cientistas, pesquisadores e pessoas comprometidas com a conservação da espécie e da Caatinga e terá como ações estudos de inventário, resgate e monitoramento do Tatu-bola (Tolypeutes tricinctus), assim como de outras espécies que ocorrem neste bioma.

A estruturação do centro consiste em uma sala de trabalho para técnicos e pesquisadores, equipar laboratórios, construir uma área de trabalho e planejamento, complementar aos alojamentos do CPCTB uma sala de reuniões/conferências e dois banheiros. Com esta estruturação poderemos realizar avaliações clínicas detalhadas dos animais como biometria, sexagem, estimativa de idade, coleta de sangue para análise genética, amostras de fezes e avaliação do estado de saúde geral do animal (presença de ferimentos, cicatrizes, fraturas, etc), assim como os devidos tratamentos.

As atividades realizadas para a execução desta meta serão as seguintes:

  • Instalar infraestrutura e equipamentos do Centro na Reserva Natural Serra das Almas;
  • Criar um banco de amostra biológica (sangue, sêmen, material genético etc), que será alvo de pesquisas acadêmicas;
  • Capacitar de estudantes e pesquisadores nacionais e internacionais na área de conservação de fauna e flora;
  • Criar parcerias entre cursos de graduação e pós-graduação em manejo de fauna e conservação;
  • Publicar de trabalhos científicos de âmbito nacional e internacional;
  • Implantar recintos onde serão mantidos exemplares de Tatu-bola para reprodução assistida e pesquisa monitorada.

Além da implantação do CPCTB a sua ajuda, ao mesmo tempo, contribuirá para a ampliação das seguintes ações: Identificação de áreas prioritárias para criação de Unidades de Conservação nas regiões de estudo com base nos atributos naturais e ocorrência do tatu-bola; Elaboração de Proposta de criação de Unidade de Conservação pública e Apoio à criação de novas Reservas Particulares no Bioma Caatinga.

 

Assegurar o cuidado com essas espécies é garantir um retorno ainda maior por parte da natureza para o nosso bem-estar, nos fornecendo água, clima ameno e uma vida com menos degradação. Com a sua doação além de ajudar o tatuzinho em sua luta pela sobrevivência, você contribui também com a proteção da Reserva Natural Serra das Almas, maior RPPN do Ceará com aproximadamente 6.200 hectares de Caatinga preservada; combate aos efeitos do aquecimento global a partir da manutenção e florestas e esforço de ampliação do número de unidades de conservação e disseminação de tecnologias sociais de convivência com o semiárido e de geração de renda.

A fragilidade da espécie e seu visível desaparecimento de certas regiões de distribuição original torna clara a necessidade de medidas que possam garantir a sua conservação. Caatinga e Cerrado representam ecossistemas ricos em diversidade de plantas e animais e com altas taxas de endemismo (fauna e flora que só ocorrem lá).

 

Desta forma, a proteção dessas áreas naturais e sua biodiversidade surgem como estratégia promissora e necessária para a manutenção e equilíbrio do meio ambiente.

Com sua colaboração, clicando ao lado, vamos continuar a proteger não só o Tatu-bola, mas todas as espécies existentes da Caatinga.

A hora é agora! Contribua com
Eu Protejo o Tatu-bola

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Instagram | Site | Youtube

Conheça quem está à frente desta campanha

Associação Caatinga
  Associação Caatinga
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.