Abas primárias

Expedição Serra da Capivara

Causas -
kicks
Arrecadados da meta de R$5.000,00
Encerrado!
Campanha flexível

Esta campanha recebeu todos os fundos arrecadados até 14/08/2016.

Recompensas

  • R$20,00

    Obrigada!
    Vamos agradecer você pessoalmente na nossa página!
    6 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 27/07/2016

  • R$50,00

    Tamo junto!
    Agradecimento na página + Certificado digital + Seu nome no vídeo de divulgação da Expedição
    8 pessoas kickaram.
    Restam 12 kicks.
    Entrega estimada em 30/08/2016

  • R$100,00

    Parceiro!
    Cerâmica da cooperativa local + Agradecimento na página + Seu nome no vídeo final da Expedição
    5 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 16/08/2016

  • R$150,00

    Partiu!
    Cerâmica da cooperativa local + Adesivo + Agradecimento na página + Seu nome no vídeo final da Expedição
    6 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 16/08/2016

  • R$500,00

    Uau!
    Um kit de 4 peças de cerâmica da cooperativa local
    2 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 16/08/2016

Surgimos como um grupo de estudantes de São Paulo mobilizados para apoiar o Parque Nacional da Serra da Capivara, no sudeste do Piauí, que passa por uma complicada crise financeira.

A situação do parque reflete da na população do entorno, que depende do movimento turístico e dos empregos por ele gerados. De 270 funcionários o parque conta hoje com menos de 40. Das 28 guaritas de fiscalização apenas seis ainda funcionam, e só há um carro à disposição para a movimentação dos funcionários. O governo não atende as necessidades do parque e da população local. Além disso, uma grave seca afeta a região há dois anos. As mulheres da comunidade Novo Zabelê, por exemplo, estão sem sua principal fonte de renda, as frutas, desde 2014! 

Inspirados nos grupos SOS Serra da Capivara e Somos Todos Capivaras, hoje parceiros, criamos uma página no facebook. O crescimento exponencial resultou na criação de uma rede nacional de apoio ao parque e à população do entorno. Atualmente, contamos com profissionais, instituições e empresas parceiras de todo o Brasil que nos ajudam voluntariamente. Com essa rede, pretendemos estruturar um projeto de apoio permanente à região.

Nosso objetivo é atuar em conjunto com todos os agentes envolvidos dentro e fora do parque, desenhando os projetos de forma colaborativa. Nosso carro chefe serão os estudantes da região, especialmente da Universidade do Vale do São Francisco, do Instituto Federal do Piauí e da Universidade Estadual do Piauí. É importante ressaltar que já estamos trabalhando diretamente com a Fundação do Homem Ameriacano (FUMDHAM) e o ICMBio, entidades responsáveis pela administração do parque, e com as associações de guias.

Para iniciar esse projeto de longo prazo, duas equipes de campo viajam nesse mês de Julho para São Raimundo Nonato, cidade-sede do parque. A primeira equipe, entre os dias 11/07 e 21/07, fará um trabalho de reconhecimento de duas comunidades vizinhas do parque: Sitio do Mocó e Novo Zabelê. Através de atividades dinâmicas queremos conhecer as comunidades e seus desejos, para futuramente atendê-los. A segunda equipe fará um estudo de potencial turítico da região, analisando e catalagando todos os pontos turísticos, hospedagens, restaurantes, etc. 

Com o material produzido durante a expedição, poderemos trabalhar no desenvolvimento de ações desenhadas sob medida para a população e as instituições locais. Temos também outras duas equipes de base. A equipe de comunicação ficará responsável pela formulação de uma campanha publicitária para a região e na criação de um site institucional do parque. A equipe econômica e jurídica buscará leis que possam beneficiar a região e trabalhará na criação de um fundo de doações (endowment fund) para o parque. 

Somos majoritariamente estudantes, com tempo energia e cheios de paixão! Uma de nossas organizadoras viajou no fim de junho de São Paulo para São Raimundo Nonato para organizar todos os detalhes da Expedição. A Fundação do Homem Americano irá nos fornecer hospedagem durante os 20 dias de trabalho sem custo nenhum. A nossa equipe local, que aumenta a cada dia, nos ajudará com o transporte interno (cidade-sede para as comunidades ao redor e para o parque) e a realização das atividades. Os voluntários viajantes estão arcando com todos os custos de passagem de avião e ônibus por conta própria!

Reduzimos ao máximo todos os nossos custos e contamos com o financiamento coletivo para pagar o combustível e a alimentação de nossos voluntários viajantes e locais durante os 20 dias de trabalho. Todos os gastos serão computados e apresentados para quem quiser (vamos guardar as notas fiscais, inclusive)! 

Acreditamos na criação coletiva e na economia colaborativa. Estão todos convidados a participar dessa aventura com a gente! Mesmo que você não possa contribuir financeiramente, estaremos esperando suas ideias <3

Venha fazer parte da nossa rede!!!! Não esquece de curtir, acompanhar e compartilhar nossa página no facebook: https://www.facebook.com/expedicaoserradacapivara/

 

 

 

 

 


A hora é agora! Contribua com
Expedição Serra da Capivara

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook

Conheça quem está à frente desta campanha

Maria Vitória Ramos
  Maria Vitória Ramos
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.