Abas primárias

Histórias de Oiapoque

Artes - Brasília, DF
kicks
Arrecadados da meta de R$70.000,00
Encerrado!
Campanha flexível

Esta campanha recebeu todos os fundos arrecadados até 17/01/2017.

Recompensas

  • R$500,00

    2 livros autografados + Pen drive com fotos exclusivas + Livro digital
    Agradecimento por email incluindo links para baixar a versão online do livro "Histórias de Oiapoque" (com 20 capítulos) + 2 livros "Histórias de Oiapoque" autografados pela equipe + Pen drive com fotografias inéditas do Oiapoque em alta resolução. Frete não incluso. pagamento em até 3 vezes.
    7 pessoas kickaram.
    Restam 93 kicks.
    Entrega estimada em 01/12/2017

  • R$30,00

    Agradecimento nas redes sociais
    Um agradecimento da equipe nas mídias sociais, em um cartão digital com seu nome. O cartão será incluído no nosso álbum de fotos “Amigos do Projeto Histórias de Oiapoque” na página da iniciativa no Facebook (https://www.facebook.com/Histórias-de-Oiapoque-915093711923508/)
    2 pessoas kickaram.
    Restam 98 kicks.
    Entrega estimada em 17/01/2017

  • R$50,00

    Agradecimento por e-mail + livro digital
    Email de agradecimento da Equipe do Projeto incluindo links para baixar a versão online do livro "Histórias de Oiapoque" (com 20 capítulos).
    11 pessoas kickaram.
    Restam 139 kicks.
    Entrega estimada em 01/12/2017

  • R$150,00

    Agradecimento por email + Livro autografado
    Agradecimento por email + Livro "Histórias de Oiapoque" (20 capítulos) autografado pela equipe. Frete do livro não incluso.
    12 pessoas kickaram.
    Restam 88 kicks.
    Entrega estimada em 01/12/2017

  • R$200,00

    Agradecimento por email + Livro autografado + Livro Digital + 2 Fotografias impressas
    Agradecimento por email incluindo links para baixar a versão online do livro "Histórias de Oiapoque" (com 20 capítulos) + Livro "Histórias de Oiapoque" autografado pela equipe + 2 fotografias do Oiapoque impressas. Frete não incluso.
    6 pessoas kickaram.
    Restam 94 kicks.
    Entrega estimada em 01/12/2017

  • R$1.000,00

    Agradecimento por email + 3 Livros autografados + Livro Digital + Pen drive com fotos da exposição
    Agradecimento por email incluindo links para baixar a versão online do livro "Histórias de Oiapoque" (com 20 capítulos) + Livro "Histórias de Oiapoque" autografado pela equipe + Pen drive com as fotografias da Exposição. Frete não incluso. Pagamento em até 3 vezes.
    Uma pessoa kickou.
    Entrega estimada em 01/12/2017

  • R$5.000,00

    Patrocinador - Sua marca no projeto
    Seja patrocinador do projeto "Histórias de Oiapoque". Sua marca será exposta tanto nos materiais impressos (livro) como online (website e livro digital). Seu logo aparecerá como parceiro no site www.historiasdeoiapoque.com.br. A Equipe agradecerá publicamente o apoio durante as exposições + 10 livros autografados. Pagamento em até 5 vezes.
    Restam 25 kicks.
    Entrega estimada em 01/12/2017

  • R$10.000,00

    Patrocinador Gold + 15 Livros + Quadro Exclusivo
    Como patrocinador Gold do projeto, sua marca/nome será exposto nos materiais impressos e digitais (website e livro digital). Seu logo/nome aparecerá como parceiro no site www.historiasdeoiapoque.com.br + Agradecimento por email com links para baixar a versão online do livro + 15 Livros "Histórias de Oiapoque" autografados pela equipe + Pen drive com fotografias da Exposição + 1 foto que integra a Exposição, em alta resolução, emoldurada. Frete não incluso. Pagamento em até 6 vezes.
    Restam 25 kicks.
    Entrega estimada em 01/12/2017

Oiapoque. Localizado no extremo norte do Brasil, o município brasileiro é separado do território francês por apenas um rio. É uma terra em que a exuberância da floresta amazônica está aliada a episódios históricos fascinantes. Pelo rio Oiapoque navegaram o explorador espanhol Vicente Pinzón e o marechal Rondon em sua famosa expedição pela Amazônia. Na região, os presos políticos deportados durante o governo de Arthur Bernardes conviveram com franceses, brasileiros, grupos indígenas e famílias de Samaracás, descendentes de escravos que mantêm preservadas várias tradições africanas. Juntos, enfrentaram a natureza selvagem, as doenças tropicais e toda sorte de adversidades a fim de construir o sonho do Eldorado amazônico. 

O objetivo do projeto "Histórias de Oiapoque" é mostrar – por intermédio de um website, de um livro e de uma exposição fotográfica - a saga histórica e a rica diversidade cultural da fronteira Brasil-Guiana Francesa. Um segundo objetivo é dar apoio a ações de cidadania e solidariedade no município (confira no segundo texto, abaixo).

A riqueza e complexidade dessa região ainda não foram exploradas adequadamente em fotografias e textos jornalísticos. Permanece desconhecida da maioria dos brasileiros. Na própria cidade de Oiapoque e vizinhança, a memória lentamente se apaga: já estão idosos os moradores que testemunharam as primeiras décadas do município e as grandes transformações que ele sofreu. É o caso do chefe da aldeia indígena Galibi, Geraldo Lod (foto), 97 anos.

O projeto pretende coletar informações - mediante entrevistas, registros em áudio, fotografias e vídeos, e pesquisas de fontes e imagens - sobre a ocupação da região, sua história e a integração das populações de origem tão diversificada. 

Nas cidades de Oiapoque, Clevelândia do Norte, Saint-Georges de l’Oyapock, bem como nos povoados e aldeias circunvizinhas serão resgatadas histórias de pioneiros, costumes, lendas e hábitos alimentares tradicionais. A exposição fotográfica – que será oferecida ao Museu Kuahí dos Povos Indígenas do Oiapoque e inscrita em editais de institutos culturais e museus de diversas cidades brasileiras – vai retratar a beleza da floresta amazônica, do rio Oiapoque e da população local.

O público vai conhecer o incrível diálogo entre as culturas, revelados pelos hábitos cotidianos, rituais funerários, tradições alimentares e expressões bilíngues específicas da região. Por meio de histórias se pode conhecer a alma de uma comunidade e reverenciar um passado de grandes lutas e intensa coragem. Infelizmente, a região do Oiapoque não tem sido alvo de iniciativas que lhe traduzam o espírito coletivo. Apresentar estes aspectos originais ao público contribui, simultaneamente, para o enriquecimento cultural do Brasil e para fortalecer a identidade local.

Com o livro, a exposição e o site, o público terá uma ideia exata do panorama social, cultural e estético de uma região ainda bastante desconhecida. Revelar esta riqueza oculta é o nosso desafio.

Projeto inclui ações de cidadania e solidariedade em uma terra esquecida

O projeto "Histórias de Oiapoque" tem fortes aspectos sociais e culturais: por um lado, a preservação do patrimônio imaterial; por outro, a valorização e a divulgação de conhecimentos sobre uma região ao mesmo tempo tão perto e tão distante da França e do Brasil. 

Nosso projeto também tenciona apontar - em uma área do site denominada "Jornalismo" - os principais problemas sociais e ambientais que o município enfrenta. E eles são graves. O Oiapoque é um município pobre, que ainda guarda sequelas do garimpo desenfreado que trouxe um aumento desmedido da população, como crescimento da violência urbana e do consumo de drogas, poluição e assoreamento do rio Oiapoque. Bastante abandonado pelo Poder Público, enfrenta a pesca predatória e sem fiscalização, além do lixo e do esgoto da cidade sendo despejados no rio. Por outro lado, a ponte que liga o Brasil ao território francês ainda não foi inaugurada, dados aos atrasos nas obras do lado brasileiro.

Além de denunciar essas mazelas, o projeto pretende engajar-se em uma série de iniciativas voltadas para beneficiar a população. São elas:

  • Participar da restauração da biblioteca da Escola Joaquim Caetano da Silva e do projeto (idealizado por estudantes e professores) de pintar o estabelecimento.
  • Sendo um website, o acesso ao conteúdo é fácil e amplo, caracterizando a democratização e a instantaneidade da informação.
  • Doação de 300 exemplares da primeira edição do livro às escolas públicas do Oiapoque. 
  • Aderir às iniciativas locais que promovem mutirões para retirar lixo que polui o rio e a área da belíssima cachoeira Grande Roche.
  • Promover oficinas gratuitas de "Programação de Computadores" e "Literatura & Redação" a estudantes do ensino médio das escolas públicas do Oiapoque.
  • Promover workshops nas escolas de ensino fundamental sobre preservação ambiental em ações como Coleta Seletiva de Lixo e Reciclagem.

Todas as nossas ações serão devidamente registradas e divulgadas no site a ser construído (www.historiasdeoiapoque.com.br) e no perfil do projeto no Facebook (https://www.facebook.com/Hist%C3%B3rias-de-Oiapoque-915093711923508/)

 

 

Equipe: quem somos, o que fazemos e onde estamos

  • Sonia Zaghetto (Textos). Jornalista brasileira (www.soniazaghetto.com), com segunda formação em Letras/Literatura. Brasília-DF
  • Alexandre Zaghetto (Website). Engenheiro brasileiro. Professor da Universidade de Brasília. Brasília-DF
  • Manoel Neto (Fotografias). Engenheiro brasileiro. Professor da Universidade Federal do Pará. Belém-PA
  • Ney Guarany Pennafort (Guia e consultor) - Ex-integrante da Força Aérea Brasileira e do projeto Radam, que mapeou a Amazônia.
  • Pierre-Etienne Jay (Fotografias). Fotógrafo e tradutor francês. (http://www.pejayphoto.com/). Sófia (Bulgária)
  • Rosa Renau Ferrer (Logística/prestação de contas). Administradora franco-brasileira. Cayenne - Guiana Francesa.

 


A hora é agora! Contribua com
Histórias de Oiapoque

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Flickr | Conheça uma das histórias do Oiapoque

Conheça quem está à frente desta campanha

Sonia Zaghetto
  Sonia Zaghetto
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.