Abas primárias

Publicação do livro “Somos todos bipolares”

Livros
kicks
Arrecadados da meta de R$15.000,00
Campanha flexível

Esta campanha irá receber todas contribuições em 21/12/2019.

Recompensas

 

 

Quem sou eu?

Olá, sou a Natt Naville, sou jornalista, de Jundiaí, interior de São Paulo e bipolar que detesta rotina. Sempre amei escrever e me lembro de colecionar diários desde dos 12 anos de idade, onde ia contando as minhas aventuras. Fui diagnosticada como portadora do transtorno bipolar aos 22 anos após um surto psicótico durante umas férias na Bahia. De lá pra cá, muitas coisas aconteceram e, então, comecei a coletar informações, memórias e experiências da minha vida ao longo desses anos, que se tornaram um livro intenso, cheio de descobertas e surpresas.

Hoje depois de muito trabalho, reflexão e criação, sou muito feliz em dizer que o livro está lindo e finalizado, esperando para ter finalmente uma chance de publicação.

“Somos todos bipolares” é uma narrativa real cheia de altos e baixos, que se encaixa com certeza na vida de muitas pessoas. É um livro sensível, engraçado, inteligente, meu projeto de vida, um sonho que quero muito realizar. Quem me conhece sabe o quanto me dediquei e o quanto as histórias contadas no livro, me ajudaram e me ajudam a ser uma pessoa melhor a cada dia, e a conviver com a bipolaridade de um maneira mais tranquila.

Sinopse

Passagens compradas, mala arrumada. Chegou o dia. Tudo planejado para o ano-novo que mudou a minha vida. Aliás, “mudou” é pouco: na verdade virou minha vida de cabeça para baixo. Mas depois trouxe luz, mais maturidade e muitas histórias. Essa é a minha vida. Ou algumas partes dela. A narrativa de uma pessoa real, sem máscaras, sem roteiros definidos, com meus altos e baixos, com meus anjos e demônios. 

A bipolaridade que descobri aos 22 anos não é uma desculpa para as escolhas que faço, para as palavras que digo ou que permeiam as minhas atitudes. Mas foi por ela que pude me conhecer e me assumir melhor em todas as áreas da vida. De certa maneira, esse distúrbio me fez ficar mais forte. Eu amo a vida, amo viver, e acho que por ser tão intensa pareço caminhar carregando o universo sobre os ombros, como se fosse um par de asas.

Somos todos bipolares, por quê?

Carl Jung, psquiatra e psicoterapeuta suíço percebeu que o ser humano é possuidor de uma estrutura bipolar: um eu se opõe ao outro eu como dois polos opostos, em interminável luta interior. Um é consciente, vigilante; o outro, inconsciente, adormecido, desperta acionado por seu oposto. Um se encontra na razão; o outro, na emoção. Ou vice-versa

Ir de um extremo ao outro sem muito notar. Dentro da minha vida e com as minhas experiências, entendo que esta seja uma boa definição da bipolaridade. Digo isso porque já perdi as contas de mudanças bruscas e repentinas de humor, que começam com algo interno, que fica pulsando, o coração se acelera, a mente não acompanha o corpo e, de um momento para o outro, tudo está diferente, às vezes em cores ou, muitas vezes, na escuridão. 

Ir do céu ao inferno e do fundo do poço à superfície é para poucos. Desgasta, parece que você volta cem casinhas no jogo da vida. Deixa a gente imprevisível. Eu sou imprevisível. Meu coração não cabe em mim, de tão gigante que é, mas tem que ser dominado por todas as outras energias que dominam meu ser. Hoje, já na Era Balzaquiana, continuo lutando para ser uma pessoa melhor. Ser uma mulher mais dona de mim é a meta. Mas quando preciso surtar e me vejo tão pequenina, tenho que buscar lá no fundo o impulso para voltar ao eixo. Sou minha, antes de ser de qualquer outra pessoa.

Viver em uma eterna montanha russa não é tão divertido quanto pode parecer.  Espero que este livro seja útil a pessoas bipolares, como eu, ou amigos e familiares de pessoas com transtorno bipolar, e que precisam entender o que é isso. 

Me ajude a tornar esse sonho realidade para que o livro possa chegar até as pessoas que passam por isso e para que você possa ajudar quem ama. Na minha primeira obra literária, conto as minhas histórias vividas, as aventuras, angústias e escolhas de de vida. Um livro cheio de emoções. Surpreenda-se! 

Gostou da Sinopse? Então, que tal garantir seu exemplar autografado e entregue na sua casa? Contribua com a campanha. Escolha ao lado uma recompensa. 

Agora está na hora da próxima etapa. Bora me ajudar? Escolha uma das recompensas ao lado, o método de pagamento, ajude também a divulgar por favor para eu conseguir publicar o meu primeiro livro.

O valor arrecadado cobrirá os gatos de revisão ortográfica, projeto gráfico, diagramação e capa, divulgação, impressão do livro e e-book, número de ISBN e ficha catalográfica, pagamento da taxa de 10% a Kickante, lançamento e envio pelos correios.

Agradecimentos especiais: A toda à minha família e amigos. Ao Gustavo Barbosa, que sempre acreditou no livro, obrigada pela primeira crítica literária, revisão e suporte. Aos ilustradores e amigos: Julia Montanarini, Lucas Aguiar e Raquel Palis.

Um super obrigada a você por me apoiar nesse sonho.  

Siga também o livro no instagram!

Instagram Somos todos bipolares.


A hora é agora! Contribua com
Publicação do livro “Somos todos bipolares”

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook

Conheça quem está à frente desta campanha

Natt Naville
  Natt Naville
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.