Abas primárias

Quase Enfermeira

Educação - Bom Repouso, MG
kicks
Arrecadados da meta de R$3.000,00
Encerrado!
Campanha flexível

Esta campanha recebeu todos os fundos arrecadados até 05/08/2016.

Em 2012, ela teve um grave problema de coluna, escapou por pouco de uma cirurgia mas gastou muito tempo e dinheiro em remédios corticóides e no tratamento da coluna.

Ficou mais de 2 meses sem andar, onde perdeu o semestre e a turma com quem fazia faculdade.

Seus pais precisaram vender um terreno e ainda pegar dinheiro emprestado com parentes para bancar as dívidas por conta do tratamento.

O pai dela tem 63 anos trabalha pegando batata na roça, acorda às 3 da manhã e volta às 5 da tarde só com uma marmita fria de almoço. A aposentadoria para trabalhador rural é aos 60 anos, mas ele ainda não conseguiu aposentar pois trabalhou por 11 meses com carteira assinada quando mais novo.

A mãe dela também já deveria ter aposentado, mas a advogada já informou que a aposentadoria dela só sai quando a do marido sair.

Eu, namorado dela, tento ajuda-la em tudo, estou a 2 anos e meio morando junto com ela: inicialmente num apartamento alugado em São Paulo - SP e de 1 ano e meio pra cá, em Bom Repouso - MG.

Por conta de todos os problemas que ela teve, meus pais resolveram não apoiar nossa união, e até atrapalharam com a faculdade, com o aluguel, com humilhação e mais outras coisas, por isso não tenho como contar com nenhum apoio por parte deles. Da mesma maneira não apoiaram o namoro do meu irmão com uma moça que teve câncer. Trata-se de algo que sou contra: largar a pessoa com o problema dela e levar a minha vida pro outro lado.

Ao contrário: estou com ela para o que der e vier e luto dia após dia para tentar ser uma ajuda ao invés de um peso, uma vez que estamos morando na casa dos pais dela.

Na falta de poder ajudar tanto quanto deveria financeiramente, ajudo ela o máximo que posso nos estudos, e ela tem se destacado na faculdade, todos os professores gostam dela.

Ela é muito esforçada, muito boa, ama o que faz nos estágios, adora cuidar de idosos, ela merece se formar Enfermeira Padrão, e, depois de todos os problemas que a atrasaram, está quase lá: o próximo semestre já é o último.

O problema é que não estamos conseguindo pagar todas as mensalidades e isso pode atrasar os estudos dela.

Com todos os contratempos e dificuldades, ela acabou perdendo a chance de manter o FIES.

Cada mensalidade é aproximadamente 1500 e, na última renovação de matrícula o irmão dela conseguiu salvar emprestando um dinheiro que ele tinha guardado.

Consegui agora um emprego melhor, isso vai ajudar nas mensalidades deste último semestre mas não é o suficiente para quitar o atrasado.

Estamos correndo atrás para conseguir arranjar o dinheiro para esta última renovação, e seria muito importante se esta campanha puder arrecadar ao menos 2 parcelas para ajudar.

Desde já agradecemos de coração!


A hora é agora! Contribua com
Quase Enfermeira


Conheça quem está à frente desta campanha

Daniel FR
  Daniel FR
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.