Abas primárias

Urgente: Reconstrução Escola Eduardo Galeano

Educação - Campo do Meio, MG
kicks
Arrecadados da meta de R$100.000,00
Campanha flexível

Esta campanha irá receber todas contribuições em 01/12/2020.

No dia 12 de agosto, tomamos conhecimento da ação criminosa de reintegração de posse durante a pandemia de terras que estavam sendo cultivadas, e vimos por meio das mídias e das redes sociais fotos, vídeos, áudios, links com notícias que nos faziam sentir que precisaríamos fazer alguma coisa que fosse além de uma Nota de Repúdio.

No dia 13, ao ver fotos, vídeos, áudios, links com notícias da Escola Eduardo Galeano sendo destruída por um trator, surgiu e se alastrou a certeza de que o que precisávamos fazer era uma ação coletiva concreta para a Reconstrução Física da Escola e na intensificação de uma campanha pelo não fechamento de nenhuma escola do/no Campo.

 

Nesse sentido, a escola estar no campo, além de um direito,  é a garantia de um espaço fundamentador  de debates, de aprofundamentos e de construção coletiva. A presença da escola é um reconhecimento desta comunidade. Assim como outras políticas públicas devem estar.

A realidade que temos hoje é de fechamento de 40 mil escolas do campo nos últimos anos. De 100 escolas que fecharam, uma abriu. E quando o Acampamento Campo Grande tinha aberto uma escola, o Estado a tratora. Não fecha, não suspende, não inviabiliza = DESTROI. 

Precisamos do seu apoio para reconstruir juntos!

Construir escolas no campo não dá visibilidade, não dá retorno de popularidade aos prefeitos e governadores. Mas não se trata de destruir o prédio da escola e nós sabemos disso. A intencionalidade é destruir a perspectiva de qualquer presente para as, crianças, os adolescentes e os jovens permanecerem no campo.

A intencionalidade é destruir a cultura do campo. O jovem fica no campo até quando tem escola, no momento que não tem mais esse direito básico, que é a educação, ele tem que se deslocar ou parar de estudar. A escola tem que estar próxima do estudante não só no currículo, mas fisicamente também. O convívio e a construção do conhecimento tem que se dar junto à sua comunidade.

Educação é direito constitucional.

Sem o reconhecimento da Educação como uma das ferramentas mais potentes para emancipar nossas crianças e adolescentes, nossos jovens, adultos e idosos que já foram impedidos de usufruir de seu direito à escolarização, estamos fadados a fracassar como sociedade.Avaliamos que a resistência é nosso chão neste momento para barrar este projeto de morte, este projeto de aprofundamento da desigualdade, este Projeto de fechamento de escola do campo, de fechamento de escola de EJA.

Avaliamos que o que nos une é nos levantar, é ir atrás, é construir, é não desistir, é reconstruir! Enfim, é esperançar.

Avaliamos que o que nos energiza é focar na reconstrução da Escola Eduardo Galeano e na intensificação de uma campanha pelo não fechamento de nenhuma escola do/no Campo.

 

Coletivo de Sindicatos, Entidades, Escolas, Movimentos Sociais da Educação em Minas Gerais.  


A hora é agora! Contribua com
Urgente: Reconstrução Escola Eduardo Galeano


Conheça quem está à frente desta campanha

Escola Eduardo Galeano
  Escola Eduardo Galeano
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.