Abas primárias

ABUSOS INFANTIS = MORTE DA ALMA

Ativismo - Mata de São João, BA
kicks
Arrecadados da meta de R$100.000,00
Encerrado!
Tudo ou nada

Esta campanha recebeu todos os fundos arrecadados até 22/07/2018.

Recompensas

  • R$30,00

    Livro Os Abismos de Marie - E-BOOK
    ROMANCE, OS ABISMOS DE MARIE, VENDIDO EM VÁRIOS IDIOMAS E PAÍSES PELO AMAZON E SEUS PARCEIROS COMO SARAIVA E AMERICANAS. TAMBÉM PELO CLUBE DOS AUTORES, BASEADO EM FATOS REAIS, QUE INSPIRARAM ESTA CAMPANHA.
    Uma pessoa kickou.
    Entrega estimada em 22/07/2018

  • R$20,00

    VIVÊNCIAS = E-BOOK
    LIVRO DE CRÔNICAS COM TEMAS DIVERSOS - MUITO BOM. MEU E DE OUTROS AUTORES. UMA COLETÂNEA MARAVILHOSA - E-BOOK
    Uma pessoa kickou.
    Entrega estimada em 22/07/2018

  • R$100,00

    Livro Impresso - Uma unidade - Os Abismos de Marie -
    Romance baseado em fatos reais que inspirou esta campanha. Já ganhou 12 selos de qualidade a venda no Amazon.com e parceiros, Clube dos Autores em vários idiomas e países.
    Entrega estimada em 22/07/2018

Nasci no interior de Minas Gerais, vale do Rio Doce. Hoje, aos 61 anos, conhecida no meio politico  e de grandes entidades baianas como uma jornalista de credibilidade e ganhadora de vários prêmios, alguns publicados em diário oficial do estado. Somente aos sessenta anos, após me aposentar, tive coragem de escrever um livro contando a origem daquela mulher linda e vencedora na profissão e na vida familiar. O meu Livro Os Abismos de Marie, vendidos pelo amazon e seus parceiros no mundo todo e pelo clube do livro, impresso e E-book conta a verdade. Nascida em 1957, fui abandonada pela minha mãe aos cuidados de um pai alcoolatra e pedófilo. Fui abusada dos 3 aos 10 anos de idade e depois jogada nas ruas, quando ele foi preso por abusar de outra criança. a mim ninguém perguntou nada. Tive que criar um personagem ficticio sobre mim mesma para sobreviver as dores passadas e as que iria ainda passar. Isso acontece todos os dias, todos os instantes no mundo inteiro. Quero criar uma ONG e iniciar fazendo palestras e alertando sobre o mal que causa na alma destas crianças este ato perverso e, quem sabe, poder ajudar muitas a lidar com a dor. Ou até mesmo evitar o ato. 

TEXTO EM HOMENAGEM ÀQUELA MENININHA

Menininha do olhar tão triste e querendo que a vida a levasse para aquela mãe  tão  bela, que vinha e que ia, e só  prometia te levar na próxima visita e  isso nunca acontecia.  Você ficava ali calada, porque você não  conseguia gritar todo seu desconsolo e dor. Ficava estática, num topor do desalento vendo o trem partir e sua mãe mais uma vez partia. Voce ficava ali por horas, mesmo depois do trem sumir de raio de visão. Sentada ali NAQUELE banco de madeira da estação ferroviaria, sua solidão e dor a fazia querer pular na frente do proximo trem e nunca mais chorar.Menininha que não  sabia sorrir, se você soubesse todos os caminhos e possibilidades que a vida poderia te oferecer... Se você soubesse que era especial, você teria fugido das anestesias das dores da alma e teria sentido a vida, o vento, o sol.Se você soubesse menininha que na vida existia amor, que Deus te ajudaria, você teria aprendido a sorrir ainda criança. Poderia ter sido uma jovem feliz e livre de todas as dores do mundo. Se você soubesse o tanto de amor que brotaria de seu coração tão  sensível. Você teria evitado tantos abismos. Que pena menininha entorpecida de dor, que você só  descobriu o amor e a beleza da vida na maturidade. Mas que bom menininha do olhar tão triste que você viveu o suficiente para amar e ser amada. Neste eterno criar e recriar a vida que só  os anjos podem ensinar,  voce menininha  cresceu em amor e solidariedade, transformando suas dores em rastros de luz com a multidão  de anjos que Deus te deu pelos caminhos tortuosos da vida. Um dia ainda aprenderei a olhar para você com seus cabelinhos loiros, olhinhos azuis e não  irei chorar mais por tudo que você passou. Porque eu aprendi a amar e perdoar, mas não  aprendi a não  chorar por você.  Consegui criar do nada,  a mulher, a mãe  e avó  que me tornei, mas não  consigo te resgatar e te tirar do seu abismo, me libertando e te libertando de toda a sua dor.Se tanto aprendi, se tanto amei e amo, na vida que Deus me deu, porque só você  ainda é  esta  dor infinita e intensa que teima em sangrar, todas as vezes que a vejo. Consigo ve-la fora de mim. Sentir toda sua dor e doi muito não  conseguir te ajudar. Ter que viver contigo colada na minha alma, sem poder te salvar, porque não posso fazer o tempo voltar e te resgatar.  Olhar este teu olhar gritando de dor e ver sua alma escorrer por seus lindos e assustados olhos, que do céu  só  tinham a cor, pois dos seus olhos  escorria o inferno de todas as dores do mundo. Por enquanto  só  posso desejar que nenhuma criança  tenha a alma tão  dilacerada quanto a tua e ser grata aos ceus por você não ser uma criatura cruel e insensível. Quem sabe um dia, na eternidade eu consiga juntar a mulher amorosa e solidária, que me tornei, com aquela menininha e possa, enfim, acalenta-la com todas as suas boas decisões  tomadas para não  permitir que quatro outras crianças, atravessassem todos os infernos que você atravessou. Hoje me acalenta a alma saber que você venceu todas as dores e se tornou esta linda flor do pântano.Desejo muito que um dia exista um mundo só  de amor, respeito e carinho. Onde nenhum ser inocente sofra tantos horrores. 

 

 


A hora é agora! Contribua com
ABUSOS INFANTIS = MORTE DA ALMA


Conheça quem está à frente desta campanha

Carla Alves
  Carla Alves
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.