Abas primárias

Vamos preservar o Pantanal e sua biodiversidade

Meio ambiente - Corumbá, MS
kicks
Arrecadados da meta de R$55.000,00
Encerrado!
Campanha flexível

Esta campanha recebeu todos os fundos arrecadados até 10/02/2017.

Recompensas

  • R$15,00

    3 hectares + Foto digital
    Você adota 3 hectares de Pantanal e recebe 1 foto digital para download de uma onça do pantanal com agradecimento personalizado
    4 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 20/02/2017

  • R$30,00

    6 hectares + foto + cartão + nome na fanpage
    Você adota 6 hectares de Pantanal e recebe 1 foto digital para download de uma onça do pantanal com agradecimento personalizado + Cartão postal do pantanal em seu nome + seu nome em nossa fanpage como apoiador
    3 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 20/02/2017

  • R$50,00

    10 hectares + foto + cartão + vídeo + nome na fanpage
    Você adota 10 hectares de Pantanal e recebe 1 foto digital para download de uma onça do pantanal com agradecimento personalizado + Cartão postal do pantanal em seu nome + Vídeo de agradecimento + seu nome em nossa fanpage como apoiador
    Uma pessoa kickou.
    Entrega estimada em 20/02/2017

  • R$70,00

    14 hectares + foto + cartão + nome na fanpage + adesivo
    Você adota 14 hectares de Pantanal e recebe 1 foto digital para download de uma onça do pantanal com agradecimento personalizado + Cartão postal do pantanal em seu nome + Vídeo de agradecimento + seu nome em nossa fanpage como apoiador + adesivo do projeto
    3 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 20/02/2017

  • R$120,00

    24 hectares + foto + cartão + nome na fanpage + adesivo e Boné
    Você adota 24 hectares de Pantanal e recebe 1 foto digital para download de uma onça do pantanal com agradecimento personalizado + Cartão postal do pantanal em seu nome + Vídeo de agradecimento + seu nome em nossa fanpage como apoiador + adesivo e boné do projeto
    3 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 20/02/2017

  • R$300,00

    60 hectares + foto + cartão + nome na fanpage + adesivo, Boné e camiseta + escultura
    Você adota 60 hectares de Pantanal e recebe 1 foto digital para download de uma onça do pantanal com agradecimento personalizado + Cartão postal do pantanal em seu nome + Vídeo de agradecimento + seu nome em nossa fanpage como apoiador + adesivo, boné e camiseta do projeto + escultura de artista local (pantaneiro)
    3 pessoas kickaram.
    Entrega estimada em 20/02/2017

  • R$3.000,00

    600 hectares + foto + cartão + nome na fanpage + Boné e camiseta + escultura + visita e ida a campo 1 pessoa
    Você adota 600 hectares de Pantanal e recebe 1 foto digital para download de uma onça do pantanal com agradecimento personalizado + Cartão postal do pantanal em seu nome + Vídeo de agradecimento + seu nome em nossa fanpage como apoiador + boné e camiseta do projeto + escultura de artista local (pantaneiro) + visita ao projeto e ida a campo acompanhando a equipe (custos de passagens, estadias, locomoção e alimentação por conta do doador).
    Entrega estimada em 20/02/2017

  • R$5.500,00

    600 hectares + foto + cartão + 2 nomes na fanpage + 2 Bonés e camisetas + 2 esculturas + ida a campo 2 pessoas
    Você adota 1.100 hectares de Pantanal e recebe 1 foto digital para download de uma onça do pantanal com agradecimento personalizado + Cartão postal do pantanal em seu nome + Vídeo de agradecimento + seu nome e de quem você escolher em nossa fanpage como apoiador + 2 bonés e 2 camisetas do projeto + 2 esculturas de artistas locais (pantaneiro) + visita ao projeto e ida a campo acompanhando a equipe para duas pessoas (custos de passagens, estadias, locomoção e alimentação por conta do doador).
    Entrega estimada em 20/02/2017

O avanço da degradação no Pantanal é bem mais rápido do que imaginamos. Em pouco tempo, as mudanças no ambiente, causadas pela ação humana, podem extinguir populações inteiras de espécies que tem no pantanal seu refugio. Se não fizermos nada agora, estas espécies poderão ser extintas ou não serão conhecidas em seu habitat pelas próximas gerações.

Com apenas R$ 15, você adota 3 hectares de terra, recebe uma linda foto e salva os felinos da destruição de seus lares!

Para continuarmos com nossos projetos de preservação do Pantanal e sua biodiversidade, nós, do Instituto Homem Pantaneiro, precisamos adquirir, urgentemente, novas câmeras trap e rádios colares para o monitoramento das espécies que ocorrem em nossas áreas. Ainda, precisamos de apoio para manutenção, instalação, combustível e demais investimentos. Para que essa meta seja alcaçada, estamos nesse Kickante de muito amor para ajudar a nossa biodiversidade e os animais que necessitam dela e de seus lares! 

Contribua e adote uma área do Pantanal! Clique ao lado e escolha o valor e tamanho de sua proteção! >>>>>>

*a adoção das áreas é simbólica.

Não deixe para depois... o meio ambiente não tem mais tempo... Clique ao lado e escolha sua recompensa!!! >>>>>>

Em uma sequência de iniciativas que tinham como objetivo ampliar as áreas protegidas no bioma Pantanal e em especial, no entorno do Parque Nacional do Pantanal Matogrossense, foram adquiridas áreas adjacentes ao parque que formam um corredor ecológico. Nasce assim, a Rede de Proteção e Conservação da Serra do Amolar (RPCSA), em 2008. Desde então, o IHP atua como gestor da RPCSA e como articulador político-institucional junto aos poderes municipal, estadual e federal buscando a conservação e manutenção das áreas do bioma pantanal através de três frentes principais: 

1.Conservação, através da gestão das ações da RPCSA, monitoramento ambiental, fiscalização e comunicação referentes às áreas pertencentes à RPCSA. Ainda, realiza atividades de prevenção e combate à incêndio, além de outras ações socioeducativas. 

2.Diálogos Ambientais, através da Plataforma GeoPantanal e o Projeto Cabeceiras do Pantanal, da constituição de parcerias e acordos, participação em eventos e visitas direcionadas. 

3.Memorial Homem Pantaneiro, através da revitalização o prédio histórico na cidade de Corumbá (MS), constituição do acervo histórico cultural pantaneiro, resgate de tradições e expressões culturais, além de eventos culturais diversos.

A consolidação de um grande corredor com a adição da área do parque, áreas de entorno e áreas pertencentes à RPCSA é de extrema necessidade para a interligação entre diferentes populações, das espécies que vivem no bioma pantaneiro. A ampliação das áreas conservadas é importante para aumentar o fluxo gênico entre as populações e assim garantir a proteção da biodiversidade  e manutenção das espécies, especialmente espécies como a Onça pintada (Panthera onca), Onça parda (Puma concolor), Anta brasileira (Tapirus terrestris), Queixada (Tayassu pecari), Mutum de penacho (Crax fasciolata), entre outras, consideradas ameaçadas de extinção, de acordo com a lista vermelha da IUCN. 

A Rede de Proteção e Conservação da Serra do Amolar (RPCSA) tem como objetivo garantir a segurança da biodiversidade existente no Pantanal. Entretanto, a degradação do ecossistema pela ação humana, principalmente do agronegócio, dificulta a visibilidade dos projetos de conservação no Pantanal. Em resumo, as áreas da RPCSA funcionam como um guarda-chuva, protegendo o território e garantindo a manutenção da biodiversidade que vivem no Pantanal.

Nosso trabalho com a RPCSA é baseado na oportunidade de integrar uma rede de conservação para construir um legado relevante para a sustentabilidade regional, nacional e global, baseado na conservação da biodiversidade em sua totalidade.

Espécies ameaçadas:

Onça pintada (Panthera onca), Onça parda (Puma concolor), Anta brasileira (Tapirus terrestris), Queixada (Tayassu pecari), Mutum de penacho (Crax fasciolata), Tatu canastra (Priodontes maximus), entre outros. 

Mesma com as inúmeras iniciativas importantes do governo e da iniciativa privada, hoje são raras ações integradas entre esses grupos, o que certamente dificulta as ações de conservação da biodiversidade e coloca em risco o bioma Pantanal devido ao grande número de ameaças existentes. 

A conservação do meio ambiente pode melhorar outros aspectos da vida humana que nem todos conhecem. Além do potencial de proteção de espécies ameaçadas, a RPCSA quer garantir a descoberta de novas espécies e seu potencial como geradoras de serviços, por exemplo, remédios e toda a tecnologia associada às pesquisas científicas que podem surgir no Pantanal. Caso as áreas não sejam conservadas, essa biodiversidade será extinta antes que possamos entender seus segredos.

Precisamos garantir que as próximas gerações tenham acesso aos serviços ambientais que o Pantanal nos fornece. Ao invés de investir em projetos de conservação em uma área, a RPCSA abrange o Bioma Pantanal e sua biodiversidade na totalidade, sendo suas áreas mundialmente reconhecidas como Áreas de Extrema Importância para Conservação.

Fundado em 2002, o Instituto Homem Pantaneiro (IHP) é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que atua na conservação e preservação do bioma Pantanal e da cultura local. Dentre as atividades desenvolvidas pelo IHP destacam-se gestão de áreas protegidas, desenvolvimento de pesquisas e promoção de diálogo entre os atores com interesse na área. Tem sede em Corumbá (Mato Grosso do Sul, Brasil), município localizado no Pantanal sul-matogrossense. Nos últimos anos, a ONG contou com o apoio de diversas entidades, como por exemplo, a Vale do Rio Doce. Dentre as atividades do IHP, algumas merecem destaque: 

• Ações socioeducativas: apoiadas pelo Instituto Acaia Pantanal, incluindo a manutenção da Escola Jatobazinho, fruto de parceria publico-privada com a Prefeitura de Corumbá. O IHP também dá suporte social para cerca de 70 famílias que vivem no entorno das áreas da RPCSA desenvolvendo, inclusive, atividades visando o desenvolvimento socioeconômico local com bases sustentáveis. 

• Ações de capacitação e treinamento e de pesquisa científica: em 2016 foi assinado um Termo de Cooperação entre o IHP e a Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. O acordo prevê a realização de pesquisas científicas nas áreas da RPCSA e a realização de cursos de capacitação. 

• Ações de Fiscalização e Prevenção e Combate à Incêndios Florestais ocorrem em toda a região do pantanal sul-matogrossense através de convênios firmados entre IHP e Policia Militar Ambiental de MS e o IBAMA/programa PrevFogo.

Dentre os projetos desenvolvidos pelo IHP, está o monitoramento da biodiversidade. O intuito do monitoramento é lançar um olhar não somente e puramente biológico sobre a biodiversidade, mas buscar compreender a complexa relação entre os aspectos ecológicos e sociais que determinam o ritmo, a conservação e o modo de vida local. Para tal, precisamos de ferramentas para monitorar tanto a biodiversidade, quanto a sociedade inserida nas áreas da RPCSA. Armadilhas fotográficas e radio-colares para monitorar felinos e outros animais, materiais de consumo como gasolina, diesel e comida para as incursões de campo, tornam esta atividade muito custosa.

Por isso, precisamos da sua ajuda. Contribua e adote uma área do Pantanal!


A hora é agora! Contribua com
Vamos preservar o Pantanal e sua biodiversidade

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Site IHP | YouTube

Conheça quem está à frente desta campanha

Homem Pantaneiro
  Homem Pantaneiro
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.