Abas primárias

Versão para Inglês de uma Jornada para o Mundo

Livros - Rio de Janeiro, RJ

PLEASE NOTE! The campaign text is in both Portuguese and English! 

"CHEGARÁ O TEMPO EM QUE MUITOS ESPÍRITOS DOS POVOS VERMELHOS RETORNARÃO EM OUTROS CORPOS PARA TRANSMITIR OS CONHECIMENTOS SAGRADOS E LUTAR EM DEFESA DA MÃE TERRA."

Profecia Lakota-Sioux

1) Breve cronologia histórica para melhor compreensão do contexto da Campanha:

Era apenas um garotinho quando o universo espiritual indígena o chamou. Nasceu em terras "Kari Okas", no seio de uma família de classe média, mas já se imaginava filho de índios... Imaginação infantil? Todos diziam que sim! O menino cresceu e, estranhamente, prosseguiu seu caminho em direção às matas. Por quê tal interesse? Ninguém sabia responder, nem ele mesmo. Surge, então, o indigenista.

Na FUNAI (Fundação Nacional do Índio), Luiz Filipe desenvolveu diversas atividades junto aos índígenas, dentre as quais, demarcação de terras, retirada de invasores, valorização da cultura, atenção à saúde e várias outras. No Mato Grosso, em um de seus longos trabalhos, morou com os Xavante, povo que o adotou e o batizou com o nome de Tsiipré, que significa Pássaro Vermelho.

Em 28 de agosto de 1988, acompanhado por um amigo ativista da causa ambiental e de uma bióloga, Tsiipré percorreu, de canoa, os 557 quilômetros do Rio das Mortes, no seu trecho entre Nova Xavantina e a desembocadura no Rio Araguaia, e de lá, por mais 18 quilômetros, alcançando a pequena cidade de São Félix do Araguaia. Tal iniciativa, denominada "Projeto Mortes que te quero Vivo" contou com o reconhecimento e o apoio da Universidade Federal de Mato Grosso, da Fundação Nacional Pró-Memória e da Associação Mato-grossense de Ecologia.

Através de um registro fotográfico e de entrevistas com os ribeirinhos, eles obtiveram um diagnóstico da área percorrida e, posteriormente, elaboraram um detalhado relatório, incluindo a sugestão de uma APA (Área de Proteção Ambiental) em um trecho do rio, criteriosamente escolhido.

A partir desse trabalho, a vida do indigenista Luiz Filipe Tsiipré passou por uma profunda e radical transformação, coincidindo com o premonitório sonho que sua então esposa, a antropóloga Vera Lopes havia tido no início do relacionamento, cinco anos antes...

De indigenista para terapeuta oriental, Tsiipré aterrissa no Arizona e em Dakota do Sul. O "chamado" que recebera ainda criança fora, finalmente, esclarecido! Uma longa jornada no tempo o levou de encontro ao seu passado ancestral: um chefe índio da Grande Nação Lakota-Sioux, do subgrupo Minneconjou, chamado Si Tanka, ou Alce Malhado, mais conhecido por Big Foot - morto em 29 de dezembro de 1890, no massacre de Wuonded Knee, em Dakota do Sul.

Sua vida transforma-se em um livro - prefaciado por Leonardo Boff e com notas de orelha do jornalista ambiental e escritor André Trigueiro - publicado pelo Grupo Editorial Record, através do selo Nova Era.

Em UMA JORNADA NO TEMPO - Das Visões ao Cachimbo Sagrado, Tsiipré conseguiu reunir todas as lembranças, emoções e questionamentos a respeito do seu vínculo com o universo indígena que o acompanha desde os quatro anos de idade... Ele nos faz  refletir que oacaso não existe, e que por trás de todas as coisas estão as influências do plano espiritual que se afinam com os nossos pensamentos, sentimentos e atitudes.

A obra, que levou seis anos para ser concluída, foi escrita totalmente à mão, numa clareira de mata entre o Morro da Urca e o Pão de Açúcar. O texto romanceado, sensibiliza o leitor quanto a importância de estarmos atentos para conseguirmos ouvir, compreender e, então, seguir as nossas intuições, nossa voz interior.

"(...) Trata-se de uma autobiografia singular. Os fatos narrados são fatos, mas funcionam como mitos. Todo mito revela a verdade oculta dos fatos, o seu propósito escondido. (...)"

Leonardo Boff

"(...) Tsiipré é portador de uma vivência que atravessa os tempos, as encarnações, as culturas, para chegar até nós como elo entre os dois planos da vida. (...)"

André Trigueiro

_____ X ____

Salve, queridas amigas, queridos amigos, setor empresarial e aos demais que acessarem a presente Campanha/Kickante: 

VERSÃO PARA O INGLÊS DE UMA JORNADA PARA O MUNDO!!

Quem me conhece pessoalmente, ou através de minha autobiografia, bem sabe que o meu grande sonho é conseguir empreender o Projeto Ribeirinhos no Círculo da Vida, na região do médio Araguaia, no Estado de Mato Grosso.

Trata-se de uma proposta voltada à valorização do ser humano, de suas culturas, do meio ambiente e do autoconhecimento, utilizando-se da sabedoria milenar do Oriente, seja por meio da meditação, dos exercícios chineses para a saúde, do Shiatsu e da Acupuntura, junto aos ribeirinhos tradicionais e aos povos indígenas daquela região.

Para termos uma ideia do que vem ocorrendo naquelas paragens, os Karajá, exímios canoeiros, nadadores e, outrora, senhores absolutos e imemoriais no vale do Araguaia, há anos vêem apresentando um elevado índice de suicídio entre adolescentes e jovens, fruto de um processo histórico de desagregação sóciocultural, motivado por diversos fatores, mas sobretudo pela falta de apoio e perspectivas.

Na intenção de conseguir recursos financeiros para implantar o Projeto Ribeirinhos no Círculo da Vida, encaminhei, inicialmente, a estruturação da proposta e sua descrição orçamentária à uma conhecida agência financiadora internacional, porém não obtendo o necessário e almejado apoio.

Apesar da negativa, jamais pensei em desistir desse grande sonho que venho alimentando, tendo, inclusive, há alguns anos e durante 40 dias, apresentado, in loco, a proposta do Projeto aos ribeirinhos e indígenas que se dispuseram a participar com grande interesse e aprovação da mesma! 

É foi assim, sonhando, meditando e refletindo, que intuí e decidi mudar a estratégia, entrando em contato com a Kickante, uma conceituada agência paulistana de crowdfunding (financiamentos coletivos), e como ela própria se define: "Uma realizadora de sonhos!"

Neste caso, em particular, não se trata de levantarmos  recursos para desenvolver o Projeto Ribeirinhos no Círculo da Vida, pois que seria um valor muito elevado e pouco provável de se conseguir numa campanha dessa natureza. A proposta consiste em arrecadarmos a importância de R$20.000,00 (VINTE MIL REAIS) no prazo de dois a três meses, tanto no Brasil, quanto no exterior, pelo sistema Pay Pal.

A referida quantia será destinada ao pagamento de uma tradutora profissional, a senhora Carolyn, que fará a versão de minha autobiografia para o Inglês, considerando-se que boa parte da história se passou nos Estados Unidos, principalmente no Arizona e em Dakota do Sul. 

Sob outra perspectiva, os temas pontuais, atemporais, relevantes e diversificados que o livro aborda, dentre eles o indigenismo, as culturas indígenas, fatos históricos, o meio ambiente, a medicina oriental, meditação, autoconhecimento, espiritualidade, reencarnação, ufologia, aventura, romance e valores humanos, necessitam ganhar o mundo!

Estamos esperançosos e confiantes de que a partir dessa campanha conseguiremos atingir a meta estabelecida para que a Jornada, definitivamente, possa estar disponível no formato E-book, com muitas ilustrações fotográficas e veiculada na língua inglesa pela Amazon!

Concluída essa etapa, seguramente o Universo dirá SIM e as sincronicidades ocorrerão, assim como ocorreram na singular história do Projeto Guarani de Bracuí, considerado por muitos uma utopia, mas que se tornou vitorioso e foi contado, na íntegra, nos capítulos 4: O indigenista e a utopia, e 5: A utopia transformada, em UMA JORNADA NO TEMPO - Das Visões ao Cachimbo Sagrado.

3) Critérios de recompensas e brindes aos doadores: 

- As doações para esta campanha são a partir de R$10,00 (DEZ REAIS)

- Doadores a partir de R$100,00 (CEM REAIS) receberão um email de agradecimento do autor, juntamente com texto da Jornada.

- Os dez primeiros doadores de cada mês, a partir R$150,00 (CENTO E CINQUENTA REAIS) e exclusivamente da Cidade do Rio de Janeiro, receberão do autor uma sessão completa de Shiatsu em domicílio. 

4) Complementações fotográficas com legendas sequenciais e alusivas ao texto inicial e cronológico sobre o autor.

Prezadas e prezados colaboradores da presente campanha!! Despeço-me aqui, mas na certeza de poder contar com o apoio de vocês para que a meta descrita seja alcançada!!

Por outro lado, que a Jornada, quando vertida para o Inglês, definitivamente possa abrir as portas do mundo à uma causa maior: a implementação do Projeto Ribeirinhos no Círculo da Vida, no Médio Araguaia.

Eu sempre acreditei e continuo acreditando!!

Juntos somos mais, somos fortes, e TODOS somos UM!!!

Conforme dizem os Lakota-Sioux:

SALVE!! POR TODAS AS NOSSAS RELAÇÕES!

Com toda a minha Gratidão, 

Tsiipré Figueiredo

 

FOTOS NO FlickR

https://www.flickr.com/photos/99630414@N07/albums/72157698665789651

 

TRANSLATION OF JOURNEY INTO ENGLISH FOR OVERSEAS LAUNCH

"A very real, fascinating and surprising story, which needs to captivate the world for this noble cause that life deserves!" 

Tsiipré Figueiredo

"THE TIME WILL COME IN WHICH MANY OF THE SPIRITS OF THE RED PEOPLE WILL COME BACK IN DIFFERENT BODIES TO TRANSMIT THE SACRED WISDOM AND FIGHT TO DEFEND MOTHER EARTH."

Lakota-Sioux prophecy

1) Brief background to put the campaign into context:

He was just a boy when he received a calling from the universe of indigenous spirits. Born in Rio de Janeiro, the land of the "Kari Okas", to a middle class family, he saw himself as a child of Native Americans. Was this down to childhood imagination? That’s what everybody said! The young boy grew up and continued on his unique path towards the jungle. Where did this curiosity come from? Nobody knew – not even him. And so the indigenist was born.

At Brazil’s National Indian Foundation (FUNAI), Luiz Filipe became involved in a range of activities involving indigenous people, including demarcation of the land, the removal of invaders, promotion of traditional culture and tending to health issues. One of his long projects in the state of Mato Grosso involved him living alongside the Xavante people, who adopted him and baptised him Tsiipré, meaning Red Bird.

On August 28, 1988, accompanied by an environmental activist friend and a biologist, Tsiipré travelled 557 kilometres down the River of the Dead, from Nova Xavantina to where it meets the Araguaia River, and then for another 18 kilometres, eventually arriving at the small town of São Félix do Araguaia. This journey, which he named the Dead I Wish Were Alive Project was recognised and supported by the Federal University of Mato Grosso, the National Pro-Memory Foundation and the Mato-Grosso State Ecological Association.

Through photographic records and interviews with riverine communities, they determined the characteristics of the areas through which they travelled and went on to prepare a detailed report, which recommended the creation of an Environmental Protection Area (EPA) along a carefully selected stretch of the river.

As a result of this project, the life of indigenist Luiz Filipe Tsiipré underwent profound and radical transformation, coinciding with a premonition that had come to his then wife, the anthropologist Vera Lopes, in a dream five years before at the beginning of their relationship...

The indigenist turned his trade to oriental therapies, and Tsiipré arrives in Arizona and South Dakota. The "calling" he had sensed when he was still a child was finally becoming a reality! A long journey through time leads him to meet his ancestral past: an Indian chief from the Minneconjou subdivision of the Great Lakota-Sioux Nation called Si Tanka, or Spotted Elk, and better known as Big Foot, dies on December 29, 1890, during the Wounded Knee Massacre in South Dakota.

This story was transformed into a book – with a preface written by Leonardo Boff and a blurb by the environmental journalist and writer André Trigueiro – published by the Editorial Record Group under the Nova Era label.

In A Journey Through Time – From Visions to the Sacred Pipe, Tsiipré manages to bring together all of his memories, emotions and doubts regarding the connection he has had with the Indigenous world since his was four years old. He reflects on the idea that there is no such thing as chance, and that behind everything is the influence of the spiritual plane in tune with our own thoughts, feelings and attitudes.

The book, which took six years to finish, was handwritten from start to finish in a clearing in the forest between Morro da Urca and Sugarloaf Mountain. Its fanciful prose calls the reader’s attention to the importance of living mindfully so that we can hear, understand and follow our intuition and our inner voice.

"(...) This is a unique autobiography. The narrative contains facts, but these work like myths. Every myth reveals a hidden truth behind the facts, their hidden purpose (...)"

Leonardo Boff

"(...) Tsiipré has been through an experience spanning ages, incarnations and cultures, arriving where we are today as a link between the two planes of life (...)"

André Trigueiro

___ X ___

Greetings dear friends, businesses and to everyone else accessing this Kickante Campaign: TRANSLATION OF JOURNEY INTO ENGLISH FOR OVERSEAS LAUNCH!!

Those who know me personally or through my autobiography know that my biggest dream is to be able to launch my Circle of Life Riverine Project in the Médio Araguaia region in the Brazilian state of Mato Grosso.

This is a proposal in the name of humanity and its cultures, the environment and self-knowledge. It brings the wisdom of the East dating back millennia, whether through meditation, traditional Chinese health-promoting exercise, shiatsu or acupuncture, to the region’s traditional riverine communities and indigenous people.

To give an idea of what has been happening in these regions, the Karajá – skilled canoeists, swimmers, and once the absolute and immemorial rulers of the Araguaia Valley – are witnessing high rates of suicide among their adolescents and young adults as a result of long-standing sociocultural breakdown brought about by a range of factors, but mainly due to a lack of support or prospects.

In order to raise funds for my Circle of Life Riverine Project, I initially submitted details of the structure of this proposal and its costs to a well-known international funding agency. Unfortunately I did not manage to gain the necessary support.

Despite this setback, at no point did I consider giving up on this dream I have been nurturing, and a few years ago I spent 40 days in the field presenting my proposal for the project to the riverine and indigenous people of the region, who approved and keenly offered to participate! 

And so it was that by dreaming, meditating and reflecting, I listened to my intuition and decided to change my strategy. I contacted Kickante, a highly respected crowd funding agency in São Paulo that defines itself as "Making dreams come true!"

The intention is not to raise funds in order to develop the Circle of Life Riverine Project, as this would involve a very high amount and the chances of successfully running a campaign of such a size are rather low. My proposal is to raise the sum of R$20,000.00 (TWENTY THOUSAND REALS) within two or three months, both in Brazil and abroad, via the Pay Pal system.

This money will be used to pay a professional translator, Carolyn Hoggarth, to provide a translation of my autobiography into English, considering that much of the story takes place in the United States – in Arizona and South Dakota. 

From another perspective, the various important specific and timeless themes that the book addresses, which include indigenism, indigenous cultures, historical facts, the environment, oriental medicine, meditation, self-understanding, spirituality, reincarnation, ufology, adventure, romance and human values, need to captivate the world!

We are hopeful and confident that we will manage to reach the target set for this campaign so that the English translation – filled with the book’s illustrative photographs – can finally be made available as an e-book on Amazon!

Once this stage has been concluded, the Universe will surely say YES and synchronicity will come into play, in the same way as it did for the Guarani de Bracuí Project, considered by many to be a utopia but which was successful. This story of this is told in full in Chapter 4: The Indigenist and Utopia, and Chapter 5: Utopia Transformed, in A Journey through Time – From Visions to the Sacred Pipe.

3) Criteria for donor rewards and gifts: 

- Donations for the campaign start from R$10.00 (TEN REALS)

- Donors of R$100.00 (ONE HUNDRED REALS) and above will receive an email of thanks from the author alongside an extract from the book.

- The first 10 donors each month of R$150.00 (ONE HUNDRED AND FIFTY REALS) and above in the city of Rio de Janeiro will be entitled to a complete session of Shiatsu provided by the author in their home. 

4) Photographs with complementary captions referring to the original text and the author.

To all the collaborators of this campaign!! I must now bid you farewell, but in the certainty that I can count on your help to be able to reach our target!!

Once Journey is translated into English, may it finally be able to pave the way for a greater cause: the implementation of the Circle of Life Riverine Project in the Médio Araguaia region.

I have always believed in this and I continue to do so!!

Together we are greater, stronger, and WE are all ONE!!!

As the Lakota-Sioux say:

HAIL!! TO ALL OF OUR RELATIONSHIPS!

With all of my gratitude, 

Tsiipré Figueiredo

 

How to contribute from abroad?


A hora é agora! Contribua com
Versão para Inglês de uma Jornada para o Mundo

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Blog Tsiipré

Conheça quem está à frente desta campanha

Luiz Filipe Tsiipré Figueiredo
  Luiz Filipe Tsiipré Figueiredo
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.