Abas primárias

Ação emergencial "Parque dos Falcões"

Animais - Itabaiana, SE
kicks
Arrecadados da meta de R$60.000,00
Encerrado!
Campanha flexível

Esta campanha recebeu todos os fundos arrecadados até 26/05/2020.

 

Sabemos que o momento é de muito cuidado por conta da epidemeia e avanço do Covid-19 e vamos precisar, mais do que nunca de vocês!

O instituto Parque dos Falcões é uma entidade sem fins lucrativos e toda sua renda, vem na maioria das vezes por arrecadação de tarifa para visitação do parque.

Em 2017  parque dos falcões foi invadido por criminosos e na ocasião, infelizmente espancaram os sócios, José Percílio e Alexandre Correia.

Vale apena lembrar que foi divulgado em toda imprensa na época, chocando a sociedade por conta de tamanha crueldade ao assassinar uma ave de rapina dentro do parque.

 Quando tudo parecia ser retomado novamente, turismo, visitas de colégios, biólogos, veterinários, grupos para cursos de manejo, eis que recebemos o decreto de quarantena e isolamento geral.  

Agora por consequência o turismo está paralisado, sem visitas no instituto, temos uma estrutura com mais de 300 Aves e precisamos de todo apoio nesse momento!

Para manter uma estrutura como a do parque dos falcões onde temos funcionários, guias, serviços de veterinários, remédios, alimentação, transporte, manutenção entre outros, não é uma tarefa fácil e sem essa renda, fica ainda pior para todos. O parque dos falcões é um dos poucos com autorização do Ibama para promover a proteção, tratamento e reprodução de animais em extinção.

Vale apena lembrar que o trabalho de José Percílio é reconhecido em todo país e no exterior.

 

HISTÓRIA

A aproximadamente 45 Km de Aracaju, localizado aos pés da Serra de Itabaina-SE, o Parque dos Falcões foi construído através do trabalho e esforço de dois sonhadores, José Percílio e Alexandre Correia.

 

Alexandre tornou-se "cúmplice" de Percílio no ano de 1999, mas a história do Instituto começou ainda na infância do fundador. Aos 7 anos, Percílio ganhou um ovo de Carcará (Caracara plancus) e depois de 28 dias sendo chocado por uma galinha, nasceu Tito, seu primeiro grande amigo. Hoje, Tito tem 35 anos e o Instituto cuida de mais de 300 aves, entre gaviões, falcões, corujas, socós-boi, pombos, etc.

 

Já conhecido por muitos turistas, estudantes, biólogos, e pesquisadores brasileiros e estrangeiros, o Instituto é um dos poucos locais do país com autorização do IBAMA para a criação dessas aves em cativeiro. Com o objetivo de proteger as espécies de aves de rapina que habitam o céu brasileiro, o Parque dos Falcões tornou-se uma referência mundial no manejo, reprodução e reabilitação desses animais, acumulando um grande conhecimento sobre o seu comportamento.

 

 

Atenção!

Essa campanha foi autorizada para compartilhamento pelo Parque dos Falcões.

O idealizador da campanha, Gilmar Cardoso dos Santos, segue a frente de toda mobilização com a intenção de colaborar de forma mais ampla, beneficiando tão e somente  instituto Parque dos Falcões.

Em caso de dúvidas, seguem os contatos dos administradores do Parque dos Falcões.

Tel.: (79) 99962-8396 / 99885-2522 / 99945-9020   Percílio/Alexandre    [email protected]  /  [email protected]

 

 

 

 


A hora é agora! Contribua com
Ação emergencial "Parque dos Falcões"

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Parque dos Falcões | Instagram | A historia do Parque dos Falcões

Conheça quem está à frente desta campanha

Gilmar Santos
  Gilmar Santos
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.