Abas primárias

Casa do Zezinho: educação em primeiro lugar!

ONGs - São Paulo, SP
kicks
Arrecadados da meta de R$20.000,00
ONG Amiga
Campanha flexível

Esta campanha irá receber todas contribuições em 26/07/2017.

Recompensas

Certa vez, eu encontrei uma menina de dez anos que se prostituía em São Paulo.  

- Quanto você ganha por transa?, perguntei

- R$ 10...

- Só?

- Por quê, Tia Dag, você nunca pensou em ser puta?

Tive que ser rápida na resposta e fui bem direta:

- Olha, nunca pensei, mas, se eu tivesse que ser puta, seria em Brasília. Lá você ganha R$ 3.000 por transa, mas tem que falar pelo menos duas línguas e ter um corpo supersarado. Você, no Parque Santo Antônio, morre daqui a dois ou três anos com doenças venéreas ou vai engravidar...

Após alguns dias, a menina voltou a falar comigo, afirmando que queria ser prostituta em Brasília. Eu, então, sugeri que ela parasse de transar imediatamente e se preparasse na ONG, estudando e fazendo esportes.

Hoje ela é dentista.

No início deste ano, ficamos desesperados por ter que cancelar o atendimento a 600 crianças do nosso lar devido crise e à falta de patrocínio. Colabore agora para educar mais jovens!

Nossos jovens podem perder todo o apoio que prestamos, contribua agora para mudar esta situação! → → → 

  

  

  

  

  

Eu ainda fico indignada como a falta de oportunidade para os jovens da comunidade nos afeta, a Casa do Zezinho é a chance que muitos jovens possuem para se tornar uma pessoa melhor. No início deste ano, fomos obrigados o atendimento a 600 crianças do nosso lar devido crise e à falta de patrocínio. Colaborando, continuarmos a educar os jovens e darmos a eles a oportunidade de um futuro melhor.

Clique ao lado para levar mais educação para as crianças da Casa do Zezinho → → →

Tia Dag - presidente da Casa do Zezinho

''Vou te contar uma coisa, eu sei e conheço muito sobre a maldade. Mas também sei e conheço o que um ser pode fazer pelo outro. Eu conheço a solidariedade, eu conheço o perdão e a compaixão como ninguém.''

Para entender como a Casa do Zezinho funciona é preciso conhecer quem é a pessoa que está por traz de tudo isso. Dagmar Rivieri é psicopedagoga, mãe, avó e uma brava mulher que "pensa duzentos anos a frente de nosso tempo". Carinhosamente chamada de Tia Dag, deu origem à Casa do Zezinho nos anos 70, em sua experiência voltada para crianças com traumas circunstanciais. Recebia filhas de refugiados políticos de zonas de conflito e de ditaduras na América Latina em bairros da zona sul da cidade de São Paulo. Expunha estas crianças àquelas que viviam um trauma permanente: o da miséria resultante dos 500 anos de exclusão social e que viviam em lugares até então pouco falados, como a Favela do Fede, no Morro da Lua, zona Sul de São Paulo. Entendemos que tudo começou com esse trabalho de confrontamento.

Garota criada com conforto em São Paulo, pedagoga por formação, discípula de Paulo Freire e já àquela altura com larga experiência esse atender crianças e jovens esse situações extremas, Dagmar, com o apoio do marido, o artista plástico Saulo Garroux, transformou sua ideia em uma das mais bem-sucedidas experiências de educação e amor da sua vida.

Vaidade para ela é a busca por educação. Ao contrário do ordinário, Dagmar deposita seu olhar no outro, e não no espelho. Paulo Freire (1921-1997) foi o mais célebre educador brasileiro, com atuação e reconhecimento internacionais. Conhecido principalmente pelo método de alfabetização de adultos que leva seu nome, ele desenvolveu use pensamento pedagógico assumidamente político. Para ele, o objetivo maior da educação é conscientizar o aluno. Isso significa, em relação às parcelas desfavorecidas da sociedade, levá-las a entender sua situação de oprimidas e agir em favor da própria libertação.


A hora é agora! Contribua com
Casa do Zezinho: educação em primeiro lugar!

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Twitter | Youtube | Flickr | Site

Conheça quem está à frente desta campanha

Casa do Zezinho
  Casa do Zezinho
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.