Abas primárias

Mosqueteiras da República em Porto Alegre!

Esportes - São Paulo, SP
kicks
Arrecadados da meta de R$6.550,00
Encerrado!
Campanha flexível

Esta campanha recebeu todos os fundos arrecadados até 18/03/2020.

Sua contribuição permitirá que levemos a um torneio nacional (valendo ranking e classificação para seleção brasileira) seis atletas do Projeto Mosqueteiros da República acompanhadas de duas mães.

Essa campanha visa custear despesas aéreas de São Paulo a Porto Alegre no dia 16 de abril com retorno de Porto Alegre a São Paulo no dia 19, despesas de transporte de ida e volta aos aeroportos, alimentação durante o período de viagem e hotel ao lado no Grêmio Náutico União, local de realização da competição.

O Torneio Internacional Mario Queiroz será realizado entre os dias 17 e 19 de abril de 2020 na cidade de Porto Alegre, onde disputarão as provas de sabre feminino 11 e 13 anos, valendo pontos importantes para o ranking e para que possam ter a oportunidade de buscar vaga na seleção infantil que representará o Brasil no Campeonato Sul-Americano na Colômbia (julho/2020) e no Campeonato Pan-Americanos na Costa Rica (Agosto/2020).

As atletas contempladas são Julia Improta (e sua mãe), Kemilly Araújo, Livia Santana, Julia Pagnan, Laís Tosta (e sua mãe) e Yasmin Oliveira.

MAIS SOBRE AS ATLETAS

As atletas treinam na Academia Paulista de Esgrima com o Professor Rodrigo Baldin e conheceram a esgrima na Escola Estadual Alfredo Paulino, onde o Professor de Educação Física Eduardo Simões usou a criatividade para incentivar a atividade física de seus alunos:incentivou seus alunos de duas salas do quarto ano do ensino fundamental a criarem as próprias espadas de papel, coletes com caixas de papelão e alguns óculos de piscina e esqui. 

Mesmo sem experiência na esgrima, o professor iniciou um trabalho genial e colocou as crianças agora motivadas pela novidade a se mexerem no esporte novo. Apareceu na TV, despertou interesse de esgrimistas e a Academia Paulista de Esgrima foi lá ver o que acontecia. Durante esse processo, veio a primeira medalha de ouro para o Brasil em campeonato mundial (Nathalie, pela espada feminina). Esse professor conseguiu, sem que fosse esse seu objetivo, criar uma legião de fãs da Nathalie e rapidamente ele tinha algo em torno de sessenta novos esgrimistas assíduos no treino semanal.

A sequência desse trabalho veio com naturalidade. Passamos a acompanhar as primeiras aulas, passamos exercícios em grupo, aplicamos aulas individuais. Em poucos meses, pedimos ao professor que selecionasse cinco atletas para que integrassem a Academia Paulista de Esgrima, onde poderiam treinar gratuitamente graças ao projeto Mosqueteiros da Associação Brasileira de Esgrimistas.

Cinco meninas foram selecionadas e passaram a treinar duas vezes na semana, sem faltas e com empenho de dar orgulho. Em meio ano, participaram de uma prova amistosa da própria Associação Brasileira de Esgrimistas e uma delas conquistou uma medalha de bronze. 

Mas não é o resultado que realmente importa. O desenvolvimento dessas crianças ao longo desse processo, que passa pelo comprometimento com o treino, pelos laços de amizade que criaram, pelo engajamento da família de cada uma depois de serem surpreendidas com as filhas esgrimistas.


A hora é agora! Contribua com
Mosqueteiras da República em Porto Alegre!

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Professor usa esgrima para incentivar atividade física | Campeã Mundial de Esgrima visita crianças na Escola Estadual | Associação Brasileira de Esgrimistas

Conheça quem está à frente desta campanha

Rodrigo Baldin
  Rodrigo Baldin
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.