Abas primárias

Royale 20 anos

ONGs - Santa Maria, RS
kicks
Arrecadados da meta de R$16.500,00
Campanha flexível

Esta campanha irá receber todas contribuições em 13/10/2018.

A Royale Escola de Dança e Integração Social está completando 20 anos neste 2018. E queremos registrar esse momento tão significativo deixando ele eternizado.

Para isso, estamos preparando uma edição muito especial de uma revista comemorativa, que vai marcar as duas décadas de vida da nossa escola.

Ainda pra eternizar este momento, queremos dar mais vida à fachada da casa da nossa escola. Queremos fazer isso aproveitando a arte e o talento da artista visual Marcela Bautusta Nuñez, que vai renovar a nossa casa.

E é claro que tem mais: estamos preparando um lindo espetáculo comemorativo, que já tem data marcada. Vai ser no dia 11 de agosto, no Theatro Treze de Maio. Tudo isso para celebrar os 20 anos de dança, inclusão social, cultural e organizacional, de um projeto que já mudou a vida de quase 3 mil crianças e adolescentes.

Mas, para que tudo isso possa acontecer, nós contamos com o apoio, o abraço e o carinho de quem acredita no nosso projeto, na nossa ideia e na arte das nossas crianças.

Este financiamento coletivo buscar dar cor e vida às nossas atividades comemorativas: precisamos da ajuda de vocês para podermos cobrir os custos do espetáculo, da pintura da nossa fachada e também das impressões da nossa revista comemorativa.

 

Você pode ajudar e fazer parte de uma história construída com muita dedicação e amor.

Vamos contribuir?

 

Mais sobre a Royale

Em 1996, ainda como escola privada, a Royale fez uma oficina gratuita de ballet clássico para crianças pobres de uma escola da rede municipal de ensino de Santa Maria. Esse trabalho foi muito bem recebido na comunidade e teve extrema dedicação por parte das crianças. A partir disso, a Royale Academia de Ballet resolveu ampliá-lo. Em 1997, apresentou para a prefeitura de Santa Maria um projeto que propunha abrir 40 vagas para crianças de escolas municipais da cidade. A experiência mudou totalmente o curso da finalidade da Royale. Com a ajuda de professores universitários e pessoas que acreditaram na ideia, nasceu, em 6 de junho de 1998, a Royale Escola de Dança e Integração Social, uma entidade sem fins lucrativos. A finalidade passou a não ser mais só ensinar o ballet clássico, mas também tornar a arte e a educação agentes motivadores no desenvolvimento de potencialidades e na inclusão social, cultural e educacional de crianças, adolescentes, jovens, portadores de necessidades educativas especiais e suas famílias expostas a situações de vulnerabilidade.

Hoje a Royale conta com parcerias e convênios que financiam suas ações: Oficina Dança cidadã, Royale Companhia de Dança, Oficina de Apoio Pedagógico, Oficina de Artes Visuais e Apoio Psicológico.

A escola atende 180 crianças, adolescentes e jovens da periferia de Santa Maria, oriundos principalmente de escolas de rede municipal, que frequentam a ONG em turno inverso ao das aulas regulares.

 

Principais resultados apresentados pela Royale em 19 anos de ações:

 

  • Inexistência de evasão escolar

  • Inexistência de alunas com problemas de drogadição, prostituição e gravidez na adolescência

  • Continuidade de estudos no Ensino Médio

  • Dezoito alunas no Ensino Superior

  • Treze alunas formadas no Ensino Superior e com inserções no mercado de trabalho e cursos de pós-graduação

  • Crescente convite para apresentações da Royale

 

Prêmios recebidos pela Royale:

 

 

1998: Prêmio Souza Cruz Comunidade Unida, realizada pela Empresa Souza Cruz e Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho.

2002: Classificou-se como uma das 30 finalistas, sendo a única representante da Região Sul do Brasil, no Concurso Cidadão 21-Arte, desenvolvido pela EMBRATEL e Instituto Ayrton Senna.

2003: O Prêmio Itaú-Unicef, desenvolvido pela Fundação Itaú Social e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância, considerou o Projeto da Royale, entre 1.834 projetos de todo o país, um dos 30 melhores projetos do Brasil.

2004: O Projeto desenvolvido pela Royale foi um dos 73 projetos selecionados para apoio técnico-financeiro, entre mais de 6.000 projetos de todo o Brasil, pelo Programa Desenvolvimento e Cidadania Petrobras.

2004: O Projeto da Royale foi aprovado pelo Ministério da Educação, através de Programa desenvolvido pelo FNDE. 2005: O Programa Bovespa Social, desenvolvido pela Bolsa de Valores de São Paulo, selecionou o projeto da Royale para integrar seu Programa.

2005: O Projeto da Royale foi selecionado para participar do Programa Portal Social, desenvolvido pela Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho e Instituto Nestor de Paula.

2007: O Projeto da Royale classificou-se como finalista regional no Prêmio Itaú-Unicef.

2008: O Projeto desenvolvido pela Royale foi aprovado no Programa Criança Esperança, realizado pela Rede Globo e UNESCO.

2010: O Projeto da Royale foi selecionado para participar do Programa Educação e Cultura para o Desenvolvimento – Rede Parceria Social, desenvolvido pela Secretaria de Justiça e Desenvolvimento Social do Estado do RS e Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho.

2011: O Projeto da Royale foi selecionado no Edital de Incentivo a Projetos Sociais do SESI – RS.

2012: A Royale aprovou seu Projeto na Lei Federal de Incentivo a Cultura, do Ministério da Cultura, que está sendo financiado pelo Banco do Estado do RS (Banrisul).

2013: O Projeto Dança: Movimentos para a Cidadania, da Royale, foi selecionado para apoio técnico-financeiro pelo Programa Petrobras Desenvolvimento e Cidadania.

2014: O Projeto Dança: Movimentos para a Cidadania, da Royale, foi selecionado como Ponto de Cultura do Rio Grande do Sul.

2016: O Projeto Dança: Movimentos para a Cidadania, da Royale, foi selecionado pela Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria.

2017: O Projeto Dança: Movimentos para a Cidadania, da Royale, foi selecionado pela Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Deste modo, o desenvolvido de ações artísticas e educativas para crianças, adolescentes, jovens e famílias das periferias da cidade de Santa Maria - RS diminui cada vez mais a distância entre o sonho e a realidade, entre a desigualdade e a cidadania, garantindo-lhes o desenvolvimento pleno e cidadão. Seja sócio da Royale e contribua com uma ação que vai além de um projeto, é uma atitude cidadã que beneficia mais de 180 crianças, adolescentes e jovens anualmente.


A hora é agora! Contribua com
Royale 20 anos

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook

Conheça quem está à frente desta campanha

Royale Escola de Dança e Integração Social
  Royale Escola de Dança e Integração Social
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.