Ajude-me a pagar tudo
Ajude-me
São João da Boa Vista - SP
CrowdfundingCaridade e FilantropiaFinanciamento Coletivo
R$ 0,00 da meta de R$ 10.000,00
0%

Olá, estou fazendo essa campanha para me ajudar a resolver alguns problemas financeiros na minha vida.

No momento estou desempregado, estou procurando emprego mando meu currículo para todos os lugares e não consigo nada, alguns dizem que meu currículo é muito bom para trabalhar na empresa e outros que falta experiencia em certas áreas para que eu posso trabalhar com eles. Deixarei meu currículo como uma foto para vocês não acharem que estou mentindo

Hello, I'm doing this campaign to help me solve some financial problems in my life.

At the moment I'm unemployed, I'm looking for a job, I send my resume everywhere and I can't get anything, some say my resume is too good to work in the company and others say they lack experience in certain areas so I can't work with them. I'll leave my resume as a photo so you don't think I'm lying

É muito fácil participar.

Finalize em segundos!

Mais de 2 milhões de brasileiros

Pagamento seguro

Parcele em até 12X

Não pensem por favor que eu não quero trabalhar, eu comecei a trabalhar com 11 anos como garçom de festas, com 16 consegui meu primeiro emprego registrado, fiquei até os 18 quando comecei a fazer faculdade e o serviço decidiu me desligar pois não tinha como eu estudar e trabalhar ao mesmo tempo, nessa época eu consegui bolsa integral para faculdade graças ao programa estadual, ou seja, faculdade garantida, consegui um estágio na prefeitura e então conseguia manejar as contas de casa, terminando a faculdade mudei de cidade para tentar conseguir um emprego melhor morando com uma conhecida da minha família, foi então que eu fui diagnosticado com depressão com índole suicida, síndrome de pânico, ansiedade etc. Até ai "tudo bem" alias trabalhava, pagava um aluguel para essa amiga da família, e tínhamos uma relação tipo mãe e filho, até quando eu me assumi gay, depois desse dia minha vida foi virando de cabeça para baixo, fui expulso dessa casa, trouxe apenas o que coube dentro do carro (roupas, eletrônicos, jogos, etc.) deixando minha cama de solteiro, meu guarda roupa, outras roupas que ficaram lavando, voltei com o cartão de credito estourado pois ela usava ele para comprar coisas para ela (joias, manicure, etc.) e para casa, tinha emprestado mais ou menos uns 1500 reais para poder resolver uns problemas com a casa que ela tinha, conclusão. voltei de mãos abanando.

Fiquei trancado no meu quarto durante 1 semana morando com minha irmã onde eu nem banho tomava, minha irmã que me obrigava a comer (tinha perdido 20kl)

Isso é um pouco do que eu passei durante esse tempinho não quero estender muito mais para não ficar enorme esse texto. Estou tentando todo dia procurar um emprego, já fui demitido de alguns por ter tido crise no serviço, demitido de outro pela minha orientação sexual, e assim segue minha vida, ainda moro com minha irmã porém não tem como nós pagarmos todas as contas, fiz bicos de servente de pedreiro nesse ano o que deu uma aliviada porem ainda falta dinheiro para podermos quitar todas as nossas dividas

No momento estou fazendo um curso técnico para buscar um estágio remunerado para que eu possa estar pagando todas as dividas porém também está difícil de achar, não perdi as esperanças vou achar ainda um lugar para trabalhar e poder ajudar outras pessoas que passam pela mesma situação que eu tenho passado,

Please don't think that I don't want to work, I started working at 11 as a party waiter, at 16 I got my first registered job, I stayed until I was 18 when I started college and the service decided to let me go because there was no way I could study and work at the same time, at that time I got a full scholarship to college thanks to the state program, that is, guaranteed college, I got an internship at the city hall and then managed to manage the household bills, finishing college I moved to another city to try to get a better job, I was living with an friend of my family, it was then that I was diagnosed with suicidal depression, panic disorder, anxiety, etc. Until then "all right" by the way I worked, paid rent for this family friend, and we had a mother and son relationship, until when I came out as gay, after that day my life was turning upside down, I was kicked out of this house , I brought only what fit inside the car (clothes, electronics, games, etc.) leaving my single bed, my wardrobe, other clothes that were washing, I came back with my credit card maxed out because she used it to buy things for her (jewelry, manicure, etc.) and for home, I had borrowed around 1500 reais to solve some problems with the house she had, conclusion. I came back empty-handed.

 

I was locked in my room for 1 week living with my sister where I didn't even take a shower, my sister who forced me to eat afterall (I had lost 20kl)

 

This is a little of what I went through during this little time, I don't want to extend it much further so that this text doesn't get huge. I'm trying every day to look for a job, I've been fired from some for having had a crisis at work, fired from another for my sexual orientation, and that's how my life goes, I still live with my sister but there's no way for us to pay all the bills, I did bricklayer jobs this year which gave me a relief but we still lack money to pay off all our debts

 

At the moment I'm taking a technical course to look for a paid internship so that I can be paying all the debts but it's also hard to find, I didn't lose hope I'll still find a place to work and be able to help other people who go through the same situation as I have passed,

Irei pagar tudo o que está pendente de minhas dividas e tentarei investir em um computador para que eu possa estar me aperfeiçoando na área de programação (no momento uso o do meu namorado, porém vou praticamente 1 vez por mês na casa dele, ficando difícil eu aperfeiçoar nessa parte)

I will pay everything that is pending on my debts and I will try to invest in a computer so that I can improve myself in the programming area (at the moment I use my boyfriend's, but I go to his house practically once a month, making it difficult for me to improve on this part)

Contribua com o que puder porque no financiamento
coletivo 20 reais de cada pessoa faz uma grande diferença!

Fale com a Kickante

A mais completa plataforma de
Crowdfunding do Brasil

R$ 0,00
da meta de R$ 10.000,000%
Ajude-me
São João da Boa Vista - SP
CrowdfundingCaridade e FilantropiaFinanciamento Coletivo
Campanha lançada em 16/04/2022

Campanha Flexível

+ 2 milhões

de brasileiros participando na Kickante

Mais de 300 milhões de reais

Contribuídos para projetos variados

+ 100 mil projetos

São milhões de brasileiros impactados!

Painel Transparente

Veja o status real de toda contribuição.