Desenvolvimento de Reator Nuclear
Atonuclear
Chopinzinho - PR
CrowdfundingEmpreendedorismo e Pequenos NegóciosCiência
R$ 0,00
Campanha sem meta financeira.

Antes de começar a explicar os detalhes dessa campanha, aviso que é de imprescindível importância que todos os interessados possam assistir aos vídeos destacados nesse site para que todas as informações sejam absorvidas sem complicações de entendimento. Nos vídeos, eu, o autor, explico melhor os meandros referentes ao projeto e à campanha em si.     

Essa campanha é importante porque abrange um imenso leque de oportunidades para pessoas de diversas classes e de diferentes aspectos cultural e profissional, pois oferece uma possibilidade de sociedade coletiva de acesso a um projeto que tem forte potencial de crescimento e de desempenho estratégico, haja vista que estamos tratando aqui de uma fonte energética exequivelmente explorável. Como sabemos, energia elétrica será sempre um bom investimento e com propriedades de gerar muitas receitas para todos os seus colaboradores e sócios participantes. Também dessa mesma forma, esse projeto tem o objetivo de fomentar o desenvolvimento científico envolvido nas pesquisas de extração de energia nuclear presente nos átomos, o que é igualmente importante para o crescimento científico e seus estudos.

É muito fácil participar.

Finalize em segundos!

Mais de 2 milhões de brasileiros

Pagamento seguro

Parcele em até 12X

Então, falando da campanha, a mesma é pautada em um novo método de reação nuclear que denominei de coesão nuclear, por se diferenciar da fusão nuclear no que tange ao comportamento ionizado das partículas envolvidas no sistema. Portanto, por simples dedução posso concluir que os mecanismos que atingem o funcionamento desse reator experimental, são provenientes de uma gama de pesquisas realizadas por mim ao longo de muitos meses, posso dizer de anos aplicados a essa questão.

Por esses e outros fatores, é que resolvi manter confidenciais os detalhes técnicos envolvidos no desenvolvimento da constituição dessa máquina, bem como alguns elementos e composições desenvolvidas para essa finalidade. Portanto, é correto afirmar que para manter o registro de Patente Industrial desse projeto RECN-DN, eu optei em desmembrar o registro de proteção industrial em duas partes:

  1. Pedido de patente industrial da máquina e seus elementos constituintes de fabricação, em que há um registro normal da máquina, sem maiores complicações, como de praxe se procede nesses casos.
  2. Pedido de NDA, ou seja, um Termo de Confidencialidade, conforme é conhecido no jargão dos profissionais que atuam na defesa de direitos e propriedades intelectuais. Esse NDA serve para garantir a lisura na comercialização da fórmula de produção dos agentes combustíveis do reator. Isto é, o reator só promove as reações estabelecidas no processo se os elementos e seus agentes envolvidos nessas reações forem, de fato, preparados corretamente. Do contrário, isso não acontecerá.

Então, colocando de forma mais direta, a patente irá registrar e assegurar que o autor e os sócios participantes da campanha Atonuclear, sejam os beneficiários legais da sua industrialização e comercialização. No caso de haver a venda do projeto para um empresário interessado, por exemplo, os sócios participantes irão receber sua parte no montante comercializado. E, no caso de existir um interesse coletivo de fomentar uma industrialização terceirizada na produção e comercialização do reator RECN-DN, então os sócios participantes também serão beneficiados mediante pagamento de royalties, quais serão definidos ao longo da negociação.

Para que todo esse possível cenário possa ocorrer sem complicações, é que se fará presente o NDA, ou seja, o Termo de Confidencialidade sobre a “receita”, a fórmula industrial dos agentes combustíveis usados no processo do reator da Atonuclear. Porque sabe-se que, todo processo que envolve reator, seja esse químico ou nuclear, tem atrelado consigo uma receita de funcionamento, de elementos e suas características de atuação nas reações de ignição.

Mediante esse Termo, o NDA, nós estaremos legalmente assistidos pelos direitos de proteção à propriedade industrial, o que garantirá a licitude dos contratos estabelecidos por todos os envolvidos. Esse NDA, ao contrário da Patente Industrial, ele não será exposto, ou seja, não será público. Então, somente as pessoas autorizadas poderão ter acesso a essas informações sigilosas. É assim que as indústrias e seus grandes segredos são garantidos pelos órgãos competentes. Se não existisse esse dispositivo legal, a Coca-Cola jamais seria a Coca-Cola. E é dessa forma que a nossa fórmula também será protegida.

Agora, falando sobre as partes divididas dos registros legais, as quais serão distribuídas ao sócio participante que se aderir à campanha Atonuclear, afirmo que cada sócio participante estará obtendo, no ato da sua primeira investida, uma cota no valor de 0.000117647 (zero, zero, zero, onze, setenta e seis e quarenta e sete) frações do total da cota principal, e também uma cópia em formato E-book do meu livro intitulado “Reator de Fusão Termonuclear e Reação Nuclear por Densidade Neutrônica – O Projeto”, qual conteúdo ajudará ao sócio interessado a entender mais profundamente os pormenores dos processos atinentes à energia nuclear e sua implicações, incluindo alguns pontos chaves do método que desenvolvi e que culminou nessa campanha.

O valor mínimo de cada participação investida será de R$: 25,00 (vinte e cinco reais), sendo que cada sócio participante pode adquirir quantas participações quiser, podendo assim aumentar a sua proporção de cotas no projeto do reator RECN-DN, anunciado aqui nessa campanha Atonuclear.

Continuando o esclarecimento pautado no vídeo anterior, nesse vídeo irei abordar os tópicos relacionados às metas que almejamos alcançar ao longo da campanha Atonuclear.

Por conveniência de fatores concernentes à fabricação do reator experimental RECN-DN, cuja complexidade exige uma segurança de porte relevante e devido também aos materiais empregados na confecção do aparato científico, bem como suas dimensões e particularidades não tão comumente, por se tratar assim de um objeto de manuseio nuclear, eu optei em dividir essa campanha em três etapas, o que chamaremos de metas. As quais são:

  1. Desenvolver o primeiro estágio do reator RECN-DN. Para essa finalidade, precisaremos de:
  • Construção de salas adequadas para a manufatura dos objetos em questão.
  • Emparelhamento técnico das salas de fabricação, montagem e de realização dos testes autóctones (que são os testes relacionados ao desenvolvimento dos objetos característicos do processo de coesão nuclear).
  • Materiais com ligas especialmente desenvolvidas para o núcleo do reator. Esse núcleo será fabricado a partir de uma liga especial que compõem-se de níquel, magnésio, tungstênio, titânio e outros elementos que não poderei divulgar aqui.
  • Instrumentos de controle, medição e acurácia técnica para mensuração dos dados colhidos nos testes de reação primária. Então, nesse caso, precisaremos de medidores de nêutrons, de detectores de partículas alfa e também de outras radiações mais abrangente. Iremos precisar também de sonda Langmuir e de muitos outros associados à leitura e à coleta dos dados verificáveis do processo.
  • Aquisição de elementos associados ao processo e de uma substancial quantidade de água pesada, para obtenção do isótopo de hidrogênio, o deutério.
  • Como em toda fabricação metal mecânica, haverá a necessidade de uso de materiais expedientes, que são materiais não reutilizáveis, ou seja, que não poderão ser utilizados em outra etapa.

Por objetivo a ser alcançado nessa etapa, posso pôr a leitura de uma relevante surgência de nêutrons, isto é, um grande fluxo de partículas de nêutrons sendo extraído das reações primárias, o que nos garantirá a factibilidade nas pesquisas do projeto e, consequentemente, na sua continuidade, partindo assim para a segunda meta da campanha.

Para essa segunda meta, haveremos de precisar dos seguintes itens:

  • Aquisição de materiais adequados para a fabricação do segundo estágio do projeto reator RECN-DN. Nesse estágio, haverá a necessidade também de uma liga especial para o invólucro de densidade neutrônica. O que, por sinal, é muito semelhante à utilizada nos artefatos de explosão termonuclear.
  • Também, de igual modo ao primeiro estágio, precisaremos de instrumentos específicos para extração de dados e controle de emissão de nêutrons;
  • Importação de câmeras filmadoras especiais para aplicação de observação das reações no interior do invólucro, para assim verificarmos o processo de forma visual e mais ampla.
  • Aquisição de elementos próprios para a composição do fluxo de troca térmica e geração de trítio. Esse trítio é o que irá promover a continuidade das reações de coesão nuclear, quais serão presentes no núcleo do reator.
  • Blindagem de alta densidade e extremamente confiável para garantia da segurança do projeto e seus colaboradores envolvidos. Como o processo expele radiação constate, é necessário que haja uma boa proteção a essas partículas para que não sejam lançadas ao meio externo.
  • Como em toda fabricação metal mecânica, haverá a necessidade de uso de materiais expedientes, que são materiais não reutilizáveis, ou seja, que não poderão ser utilizados em outra etapa.

 

Por objetivo a ser alcançado nessa segunda etapa, irei considerar o confinamento sobre o critério de tempo e quantidade de partículas envolvidas no segundo estágio de reações obtidas no processo, o que nos informará o grau de densidade neutrônica conferida pela máquina. Ao obter essas medições, teremos a certeza de que o terceiro estágio irá ser alcançado sem maiores complicações.

Para essa terceira meta, iremos dispor dos seguintes itens:

  • Obtenção de um Turbogerador, que é um elemento do esquema térmico que realiza o ciclo de transformação da energia cinética (a energia proveniente da movimentação das moléculas da água em estado de vapor) em energia mecânica, em que há a rotação radial de um eixo central que, por sua vez, encontra-se acoplado ao um alternador de energia elétrica, formando, assim, um gerador de energia elétrica alternada.
  • Aquisição de uma central de arrefecimento da água de fluxo térmico e movimentação do Turbogerador, que é uma constituição de mecanismos de bombeamento de água recirculada e fluxo constante de ar atmosférico, quais irão condensar esse vapor extraído das turbinas e torná-lo novamente ao estado físico líquido da água; que, por sua vez, será bombeada novamente para o interior do reator para absorver a energia térmica presente naquele processo e transformar-se assim, novamente, em vapor, dando continuidade ao ciclo fechado desse processo de geração de energia elétrica.
  • Um conjunto de controle e monitoramento das fases produzidas de energia, bem como sua capacidade máxima e qualidade da constância de tensão fornecida. Aqui é para que possamos ter uma qualidade assistida de fornecimento de energia elétrica convencional, para que as normas de distribuição de energia elétrica sejam atendidas sem nenhuma complicação.
  • Ampliamento do sistema de produção da água preparada para uso determinado no processo do reator. Nesse caso, haveremos de melhorar as instalações para maior produtividade da água preparada, ou água composta, conforme denomino aqui.
  • E, por fim, a solicitação do pedido de patente industrial e também do NDA, que é o Termo de Confidencialidade sobre a fórmula elaborada dos combustíveis aplicados ao processo de coesão nuclear e seus excedentes no reator RECN-DN. Essa parte final é para consolidar o projeto e todas as suas características que deverão ser protegidas por meios legais e constituídas pela lei, o que permitirá que o objeto dessa campanha possa ser comercializado e assim comemorado por todos nós.

Então, para que o sócio participante possa ter uma maior compreensão do que envolve o projeto RECN-DN, e entender melhor as suas configurações, estarei criando, nas próximas produções, outros vídeos em que abordarei assuntos pertinentes aos processos de reações nucleares em si. Começarei delineando alguns pontos do conceito de energia, o que é energia, ou como consideramos a sua denominação física e como a mesma é aplicada ao nosso dia a dia. São assuntos que podem ser discutidos utilizando-se da literatura convencional e que também podem ser encontrados em muitas outras fontes. No entanto, eu irei abordá-los de uma forma mais singela e menos metódica, o que poderá contribuir para o melhor entendimento do público que só queira uma breve explicação sobre tais fatos.

Em 2018 comecei a construir, no terreno que abrange a parte posterior à casa em que moro com minha família, um conjunto de alvenaria com laboratório e oficina para dar procedimento às pesquisas experimentais que urgiam em se fazer presentes no contexto dos estudos e conclusões a que cheguei ao longo de anos de dedicação e entendimento dos conceitos científicos diversos, leis, descrição de fenômenos, modelos teóricos, experimentos consagrados, determinações heurísticas, etc. Importa deixar claro e em bom som o fato verídico de não ser eu um graduado por nenhuma instituição científica, detendo tão somente nível técnico em eletrônica, desenho industrial, refrigeração industrial, manutenção industrial, soldador de processos TIG e PAW (processo a plasma), desenvolvedor de sistemas de automação industrial, explanador de calderaria, desenvolvedor de sistema de mecânica de fluídos, técnico no setor metal-mecânico fabricação de máquinas para indústria alimentícia, principalmente no ramo de lácteo. Entretanto, considero-me um entusiasta das ciências, principalmente as que ousam interpretar os fenômenos e suas causas existentes pelo universo afora; verdadeiramente sou um apaixonado por descobertas e, como tal, sou motivado a elaborar experiências que possam, de alguma forma, promover o avanço tecnológico da humanidade. Já empreguei quantias absurdas do meu trabalho convencional em experiências de diversas combinações, na ânsia de testar certos conceitos e de iniciar novas conclusões científicas, haja vista que as maiores contribuições às ciências como um todo, vieram de experimentos curiosos que culminaram em grandes descobertas. Como exemplificação, posso citar Galileu Galilei, um experimentalista nato que levantou sugestões práticas em torno da “força inercial” que resultaram nas idéias de Isaac Newton, um gigante sem precedentes das ciências que tornou as questões de Galileu verossímeis e possíveis de serem formuladas para uso aplicado em diversas áreas da engenharia. Isaac Newton explorou ao máximo questões concernentes a fenômenos físicos controversos, sendo o pioneiro da Mecânica Quântica ao estudar os efeitos e causas da natureza da luz, muito antes dos fundadores dessa mecânica estabelecerem suas bases. É mundialmente conhecido por sua maior contribuição à Física, quando elaborou as premissas da força que rege todo o universo e tem conseqüências diretas na Terra, a gravidade. No entanto, suas experiências abrangiam ramos diversos das ciências e era um defensor inflexível, assim como Galileu, dos ditames de que ciência não se faz apenas com estudos pré-estabelecidos, mas, sobretudo com experiências, pesquisas e repetidos testes de acertos e erros, o que resultará de conclusões que formularão conceitos firmes e robustos que poderão ser replicados por qualquer pessoa e em qualquer face da Terra. Ainda compartilhando desses exemplos, posso citar Michael Faraday, cujo legado nos proporcionou conhecimentos avançados do eletromagnetismo e da eletroquímica, sendo considerado por muitos acadêmicos como o experimentalista que mais influenciou gerações, malgrado o fato de não saber trabalhar com ferramentas matemáticas e dispor de formação que lhe promovesse o sucesso. Assim como também fora Thomas Edison, Faraday obteve êxito no que fazia porque o fazia com paixão à causa e por não aceitar o fracasso por desistência. Inúmeros são os personagens que podem participar desse contexto de exemplificações, porque ciência é feita com compartilhamentos de ações executadas por vontades de investigar o saber e não por apenas aceitar determinado saber. Penso que primeiramente, devamos saber o que já existe e o que já fora determinado, logo perguntar o por quê que é assim e se realmente é assim que deve ser e ponto final.

Para resumir o que talvez eu seja, posso expressar uma famosa frase de Thomas Edison, qual foi a mais adequada ao resumo de seu enorme sucesso que diz: “Um autêntico inventor se faz com um por cento de inspiração e noventa e nove de transpiração”. Em outras palavras, tem que suar muito para conseguir resultados relevantes, seja em que área for, e é isso que eu tenho feito ao longo de toda a minha trajetória.

Contribua com o que puder porque no financiamento
coletivo 20 reais de cada pessoa faz uma grande diferença!

Fale com a Kickante

A mais completa plataforma de
Crowdfunding do Brasil

R$ 0,00
Campanha sem meta financeira.
Atonuclear
Chopinzinho - PR
CrowdfundingEmpreendedorismo e Pequenos NegóciosCiência
Campanha lançada em 29/04/2022

Campanha Flexível

+ 2 milhões

de brasileiros participando na Kickante

Mais de 300 milhões de reais

Contribuídos para projetos variados

+ 100 mil projetos

São milhões de brasileiros impactados!

Painel Transparente

Veja o status real de toda contribuição.