version: 240705-7bf660a8
Projeto Detetives da Comida: o que comemos e por que comemos o que comemos?
Beatriz Sinelli Laham
São Paulo - SP
Financiamento ColetivoEducaçãoMeio ambiente
R$ 3.230,00 da meta de R$ 39.000,00
0%
Projeto Detetives da Comida: o que comemos e por que comemos o que comemos?

Projeto Detetives da Comida: o que comemos e por que comemos o que comemos?

A plataforma mais premiada do Brasil

Construímos conexões entre saberes e pessoas para propor soluções baseadas em educação. Educação Alimentar e Nutricional na transformação social! Vem com a gente?

Você sabia que alimentação e meio ambiente caminham lado a lado? Nos últimos anos, o Brasil voltou para o Mapa da Fome, com cerca de 33 milhões de brasileiros sem ter o que comer. A crise climática pode piorar essa situação: recentemente, uma pesquisa apontou que 12% das pessoas em situação de insegurança alimentar na África tiveram sua segurança alimentar afetada justamente por eventos climáticos extremos. Nossa alimentação não só é afetada pelo clima, mas também o afeta, uma vez que os Sistemas Alimentares (compostos por todas as etapas desde o plantio até o descarte do alimento) emitem grandes quantidades de gases do efeito estufa, seja na produção, no processamento, no transporte ou no manejo dos resíduos.

O projeto “Detetives da Comida: O que comemos e por que comemos o que comemos?” objetiva fortalecer a difusão do conhecimento científico para escolas públicas, sob a ampla temática da segurança e soberania alimentar. Especificamente, o projeto visa promover a alfabetização ambiental de jovens entre 11 e 14 anos, com foco tanto em conteúdos quanto em práticas científicas e ações de transformação social. Diante disso, a educação alimentar e nutricional, juntamente com a sustentabilidade dos sistemas alimentares, são os principais temas desse projeto transdisciplinar. Suas ações envolvem formar professores; educar estudantes; e monitorar e comunicar a situação da segurança alimentar no território escolar às instâncias de tomada de decisão responsáveis, contribuindo para o combate à fome no território.

É muito fácil participar.

Finalize em segundos!

Mais de 2 milhões de brasileiros

Pagamento seguro

Parcele em até 12X

O projeto se desenvolve ao redor do livreto didático homônimo, cujas ilustrações estão disponíveis aqui na campanha. O livreto conta com 4 seções que guiarão o estudante numa investigação sobre a alimentação, relacionando-a com fatores ambientais, culturais, históricos e geográficos. Ao realizar entrevistas com pessoas próximas, os jovens protagonizarão um monitoramento participativo da Segurança Alimentar e Nutricional em seu território. A partir da leitura de textos e da discussão coletiva, compreenderão os fatores determinantes do cenário que eles próprios diagnosticaram. Ao final da atividade, o estudante será capaz de responder às perguntas de investigação: o que comemos e por que comemos o que comemos?

Assim, as atividades do projeto incluem: o desenvolvimento do material didático para estudantes e de um material complementar para professores, de forma a auxiliar na aplicação da atividade; um curso de formação continuada para professores, abordando os temas presentes no livreto, como Saúde Planetária, Segurança e Sobernia Alimentar e Nutricional, Ciência Cidadã e Mudanças Climáticas; e a articulação entre representantes da administração pública, acadêmicos e jovens, para a apresentação dos resultados da investigação em uma introdução à comunicação científica, análoga a uma conferência científica.
O valor arrecadado será destinado para os seguintes fins:
  • diagramação dos materiais para professores e estudantes;
  • revisão dos materiais para professores e estudantes;
  • hora técnica dos profissionais envolvidos;
  • impressão dos materiais;
  • distribuição dos materiais para as escolas participantes da formação.
Após o final da campanha, a prestação de contas será feita pelas redes da Extensão Natural (IG: @extensao.natural)
A iniciativa partiu do Clube Brasileiro de Saúde Planetária (CBSP), fundado em 2021. O CBSP tem como missão fomentar o protagonismo dos jovens, capacitando-os com ações que partem das premissas da Saúde Planetária. O Clube já desenvolveu diversas atividades online, contando com lives no canal Clube Saúde Planetária e episódios no Pocast Saúde Planetária. No ano passado, iniciamos o projeto Detetives da Comida, desenvolvendo um material para professores e outro para alunos. Este ano, ministramos um curso de formação de professores pela Universidade de São Paulo e apresentamos o projeto no 1º Festival de Cultura Alimentar e Participação Popular de São Paulo, promovido pelos órgãos públicos municipais de Segurança Alimentar (COMUSAN, CAISAN, CRESAN e COSAN ).

Atualmente, nossa equipe é composta por 4 profissionais de diferentes áreas que trabalham com a saúde planetária: uma nutricionista, duas biólogas e um professor, com uma experiência profissional média superior a 10 anos. Entre as experiências profissionais da equipe estão: atuação como professores em escolas; atuação como monitores de educação ambiental; pesquisa em educação climática, ciência cidadã, nutrição e hortas escolares; palestras em escolas públicas e privadas; articulação com a Câmara Municipal de São Paulo e Conselhos Municipais da cidade; atuação como embaixadores do Programa de Embaixadores da Saúde Planetária do IEA-USP e da Planetary Health Alliance; mentoria júnior do Programa Embaixadores da Saúde Planetária do IEA-USP; formação continuada de professores; e educação ao ar livre.

Parcerias. O curso de formação de professores foi realizado em parceria com a Faculdade de Saúde Pública da USP (FSP-USP). Os apoiadores do projeto como um todo são: o projeto de divulgação científica Extensão Natural; o Grupo de Estudos em Saúde Planetária do Instituto de Estudos Avançados da USP; os Clubes Brasileiro e Sudeste de Saúde Planetária; a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da USP; e pesquisadores individuais com foco em nutrição (na FSP-USP) e em ciência cidadã, na Universidade Federal do ABC (UFABC).

Fale com a Kickante

A mais completa plataforma de
Crowdfunding do Brasil

R$ 3.230,00
da meta de R$ 39.000,000%

Encerrado!

Beatriz Sinelli Laham

São Paulo - SP

Financiamento Coletivo

Educação

Meio ambiente

Campanha encerrada em 07/03/2023

Campanha Flexível

Destaque

Lucas Toguchi Costa

1º Kick

R$ 120,00

Ana Stock

Maior Kick

Thomas Gervásio Coelho

+ Recente

R$ 30,00

+ 2 milhões

de brasileiros participando na Kickante

Meta: 1 bilhão para o Brasil.

Faça parte do movimento Kickante.

+ 100 mil projetos

São milhões de brasileiros impactados!

Painel Transparente

Veja o status real de toda contribuição.