version: 240523-f66262bf
LiteRaízes 2018
LiteRaízes 2018
-
Vaquinha Online
R$ 890,00 da meta de R$ 20.000,00
0%
LiteRaízes 2018

LiteRaízes 2018

A plataforma mais premiada do Brasil

Apresentação do Projeto

Nas periferias das grandes e pequenas cidades existem inúmeros artistas independentes, inúmeras vozes que são silenciadas pela falta de políticas públicas culturais. Da mesma forma, esses artistas não tem acesso à outros movimentos artísticos, ou oportunidades de troca.

O LiteRaízes 2018 pretende trazer para a mesa de conversa os SLAMs de poesia, os movimentos de incentivo à Literatura, o movimento de Hqs e Zines, a reflexão sobre a escritora Carolina Maria de Jesus, celebrar os 40 anos dos Cadernos Negros e propor, de maneira direta e prática, medidas concretas a serem tomadas em relação às leis 10639/11645. O evento atingirá além do público em geral, professores e alunos das redes municipal e estadual de ensino.

O legado do LiteRaízes 2018 se firmará no acompanhamento sistemático da proposta de implementação da lei 10639/11645 mediante encontros mensais e fóruns, grupos de leitura com a presença de escritores independentes e renomados, apresentações de artistas da região, exposições de arte, constituição de acervo cultural e lançamento de uma revista documental sobre o evento.

A Casa de Cultura Raízes oferece um espaço independente para a promoção artística da cidade e para debates e reflexões acerca das questões de igualdade racial e violência, sobretudo da mulher e infantil. A cultura é importante para o povo porque lhe confere identidade, valores e história.

LiteRaízes 2018 – Programação

 

Dia 9/11 (19h) – Abertura Oficial do LiteRaízes 2018

 

Homenagem ao Escritor Sacolinha e a Professora Heloíza Santana

Intervenções Artísticas : Bruna Oliveira

 

Dia 10/11 (19h) – Mesa Literária Poesia - “Slam, o Grito da Poesia”

com Daniel Lobo, Maria Preta, Thata Alves e Fernaum da Selva

Intervenções Artísticas: Slam Sujeira, Maria Preta, Francis Gomes

 

Dia 11/11 (14h) – Mesa Especial Lei 10639/11645 “Quem sabe faz na hora não espera acontecer”

Com Heloíza Santana, Fabi Menassi, Claudinei Roberto da Silva

Intervenções Artísticas: Bruna Santos, Danny Thavares, Raphael Carnevalli

 

Dia 14/11 (19h) – Mesa Literária Agora - “Escritor, um artista solidário”

com Alessandro Buzo,  Alba Atróz e Escobar Franelas

Intervenções Artísticas: Jhony Uriel, Onézio Freitas

 

Dia 18/11 (14h) – Mesa Literária Leia Mulheres - “Quarto de Despejo: antes e depois de Carolina”

com Sirlene Barbosa, Tula Pilar e Escritor Sacolinha

Intervenções Artísticas: Monólogo “Quarto de Despejo”, com Tula Pilar, Bruna Oliveira

 

Dia 23/11 (19h) – Mesa Literária de HQ - “Uma nova literatura ou uma nova arte?”

Com João Pinheiro, Thina Curtis, Onézio Cruz e Walter Limonada

Intervenções Artisticas: Plena Solúvel,

 

Dia 25/11 (15h) – Mesa Literária Afro - “40 anos de Cadernos Negros: Penso, logo, resisto!”

com Escritor Sacolinha, Cosme Nascimento, Esmeralda Ribeiro e Márcio Barbosa.

Intervenções Artísticas: Tay

 

 

Justificativa

 

Ferraz de Vasconcelos é uma das cidades mais pobres da Região Metropolitana de São Paulo, com alto índice de criminalidade e com poucas opções de emprego, cultura e lazer. A cidade não possui teatro, cinema, universidade e o único parque municipal está em situação precária. Em 2017, a prefeitura municipal extinguiu a Secretaria de Cultura.

A Casa de Cultura Raízes, localizada na periferia de Ferraz de Vasconcelos, é um dos poucos redutos de resistência cultural da cidade, e talvez o único espaço cultural sem apoio financeiro público ou privado, resistindo graças à parcerias pontuais e eventos de arrecadação, como a já tradicional Feijoada das Baianas, realizada em meados de maio.

Com uma forte identidade afro, a Casa de Cultura Raízes celebra anualmente o mês da Consciência Negra (novembro) e, em 2017, surgiu a proposta de um evento literário, o LiteRaízes, como uma forma de unir gerações através da atemporalidade da literatura. A Literatura, além de ser um convite à reflexão, é uma das melhores ferramentas artísticas para a perpetuação histórica da identidade de um povo, pois não somente manifesta-se como linguagem mas também através de si possibilita o entendimento e o aprofundamento das outras linguagens que compoem o fazer artístico. E, ao contemplar outros fazeres artísticos dentro de um evento a princípio literário, promove-se também o diálogo entre as manifestações artísticas, potencializando o desenvolvimento, o aprimoramento e a criatividade.

Neste ano de 2018, a Casa de Cultura Raízes anseia realizar o II LiteRaízes, sob a coordenação de Wellington Maurício da Silva, o “Tato”, continuando o processo de transformação, absorvendo as experiências e trocas do LiteRaízes 2017, como preparação para um novo passo na resistência, promoção e valorização cultural da comunidade, da cidade e da região. O LiteRaízes 2017 contou com a participação de nomes como Rudinei Borges, Escritor Sacolinha, Cosme Nascimento, Alba Atróz, entre outros.

O LiteRaízes 2018 será composto de cinco mesas literárias de discussão e uma mesa especial de encerramento, cada qual com um tema específico: Mesa Literária “Agora”, com o tema “Escritor, um Artista Solidário”; Mesa Literária “Afro” com o tema “Cadernos Negros 40 anos: Penso, logo Resisto”; Mesa Literária “Leia Mulheres”, com o tema “Quarto de Despejo: Antes e Depois de Carolina”; Mesa Literária “Hqs”, com o tema “Uma nova literatura ou uma nova arte?”; Mesa Literária “Poesia” com o tema “Slam, o grito da poesia” e a Mesa Especial de Encerramento do LiteRaízes, com o tema “Desafios para avançar na lei 10639 – propostas concretas”. 

Como todo evento desenvolvido na Casa de Cultura Raízes, o LiteRaízes é aberto à comunidade, tendo esta como principal e desejado público. As mesas literárias, em forma de roda de conversa, são compostas por autores, professores e membros da sociedade que tenham alguma relação com a temática principal, proporcionando a troca de experiências e a identificação por parte do público. As mesas literárias acontecem em dias específicos e sempre contarão com uma ou mais intervenções artísticas, de linguagens variadas. Embora seja um evento dentro da celebração da Consciência Negra, o debate não necessariamente deve se restringir à temática racial, mas esta servirá como ponto de partida das discussões, assim como o debate deve evitar a abordagem puramente acadêmica e técnica. O debate deve ser inspirador do público.

O valor arrecadado destina-se prioritariamente para ajuda de custo dos mediadores convidados para as mesas temáticas e dos artistas. Pretendemos também documentar o evento e produzir um fanzine, tiragem de 500 exemplares, a princípio. O restante para custos operacionais e divulgação.

 

R$ 20,00

Kit com 5 marca-páginas

Segunda contribuição. Uma em cada fase. Espero que estes recursos que a torcida vascaína está investindo, seja usado com transparência e sirva para atingir o resultado proposto.

É muito fácil participar.

Finalize em segundos!

Mais de 2 milhões de brasileiros

Pagamento seguro

Parcele em até 12X

Fale com a Kickante

A mais completa plataforma de
Crowdfunding do Brasil

R$ 890,00
da meta de R$ 20.000,000%

Encerrado!

LiteRaízes 2018

-

Vaquinha Online

Campanha encerrada em 01/12/2018

Campanha Flexível

Destaque

Anônimo

1º Kick

R$ 10,00

marilandia gurgel flores

Maior Kick

Luis A dos Santos

+ Recente

R$ 20,00

Kit com 5 marca-páginas

Segunda contribuição. Uma em cada fase. Espero que estes recursos que a torcida vascaína está investindo, seja usado com transparência e sirva para atingir o resultado proposto.

R$ 50,00

Fanzine

A transparência no processo é o que pode cativar a torcida. Já fiz minha segunda contribuição e vi o vídeo do início das obras com a análise de solo. Espero que seja divulgado constantemente para que a torcida possa acompanhar, principalmente os que estão distante do RJ assim como eu. Estou feliz que, enfim, os projetos saiam do papel.

R$ 100,00

Livro "Terror Brasilis" de Sidney Leal, autografado

José Pedro da Rocha, Foi uma oportunidade de contribuir com meu Vasco da Gama. Gostaria de também ser sócio, mas desde da época do Eurico Miranda estou tentando mas estou conseguindo.

R$ 100,00

Livro "Reminiscências" do escritor Alba Atróz, autografado

vamos construir nosso CT. Vamos viver novamente momentos de gloria.

R$ 200,00

Placa de Homenagem

José Pedro da Rocha, Boa tarde! Foi muito importante e uma boa oportunidade para contribuir, mesmo que seja pequena quantia. Mas se for possível gostaria de fazer sócio. Estou tentando fazer d desde da época do Eurico Miranda. Começo preencher o cadastro no final aonde tem as letras CVC, fico sem opção.

+ 2 milhões

de brasileiros participando na Kickante

Meta: 1 bilhão para o Brasil.

Faça parte do movimento Kickante.

+ 100 mil projetos

São milhões de brasileiros impactados!

Painel Transparente

Veja o status real de toda contribuição.