version: 240409-014dd99d
PROJETO PARA PATROCÍNIO DA ATLETA FABI KRYSTAL
PROJETO PARA PATROCÍNIO DA ATLETA FABI KRYSTAL
Atleta Krystal Oficial
Novo Hamburgo - RS
Vaquinha OnlineEmpreendedorismo e Pequenos NegóciosEsportes
Captação Privada
PROJETO PARA PATROCÍNIO DA ATLETA FABI KRYSTAL

PROJETO PARA PATROCÍNIO DA ATLETA FABI KRYSTAL

A plataforma mais premiada do Brasil

DA INCLUSÃO

       A autora deste projeto é uma atleta portadora de deficiência visual, a inclusão faz parte do compromisso ético de promover a diversidade, respeitar a diferença e reduzir as desigualdades sociais.

No mundo atual, a inclusão de pessoas com deficiência se tornou um dos temas mais importantes a serem tratados pelas empresas.

         A Convenção 159 da OIT (Organização Internacional do Trabalho), de 1983, define pessoa com deficiência como aquela “cuja possibilidade de conseguir, permanecer e progredir no emprego é substancialmente limitada em decorrência de uma reconhecida desvantagem física ou mental”. A partir dessa referência, a OIT estima que as pessoas com deficiência representam 8% da população economicamente ativa do planeta.

CONCEITO DE DEFICIÊNCIA

        O conceito de pessoa com deficiência abrange um conjunto amplo de características. As deficiências podem ser físicas, sensoriais (da visão ou da audição), ou intelectuais, no caso presente se trata a autora deste projeto de deficiência visual.

É muito fácil participar.

Finalize em segundos!

Mais de 2 milhões de brasileiros

Pagamento seguro

Parcele em até 12X

A EMPRESA ENGAJADA NO PROCESSO DE INCLUSÃO

        A empresa engajada no processo de inclusão pode, antes de tudo contratar, manter e promover pessoas com deficiência em seus quadros, reconhecendo sua potencialidade e dando-lhes condições de desenvolvimento profissional.

         A empresa pode ir além, atuando junto aos seus parceiros, à comunidade e entidades governamentais, contribuindo para mudanças de cultura e comportamento que tornem a própria sociedade mais inclusiva e consequentemente se destacando no mercado como uma empresa que trabalha em prol do desenvolvimento social, atrelando sua marca a este engajamento social.

         Existe um crescimento perceptível da presença de pessoas com deficiência nas ruas e espaços públicos. Ao mesmo tempo em que elas ganham mais autonomia, um maior número de equipamentos urbanos tornam-se acessíveis.

         Existem avanços em termos de acesso à educação e progressos nas comunicações, na tecnologia e na informática, que têm ampliado as condições de participação das pessoas com deficiência no mundo do trabalho e na vida social. Afinal, grande parte dessas pessoas tem limitações que podem ser superadas num ambiente adequado. Além do reconhecimento como cidadãos que têm direitos e de sua crescente inserção no mercado de trabalho, as pessoas com deficiência vêm ganhando espaço também como consumidores. Embora o mercado voltado para eles ainda seja restrito, sua expansão vem se dando em ritmo acelerado.

SUA MARCA COM PRESTÍGIO

         Um dos ganhos mais importantes da empresa é a sua marca ligada a este engajamento de inclusão social. O prestígio que a contratação de pessoas com deficiência traz às empresas está bastante evidente na pesquisa Responsabilidade Social das Empresas – Percepção do Consumidor Brasileiro, realizada anualmente no Brasil, desde 2000, pelo Instituto Ethos, jornal Valor e Indicator. Em 2000, 46% dos entrevistados declararam que a contratação de pessoas com deficiência está em primeiro lugar entre as atitudes que os estimulariam a comprar mais produtos de determinada empresa. Em 2001, essa continuou sendo a atitude mais destacada, com 43% dos consumidores entrevistados repetindo essa mesma resposta. Também há ganhos no ambiente de trabalho.

         A empresa inclusiva reforça o espírito de equipe de seus funcionários, fortalecendo a sinergia em torno dos objetivos comuns e expressando seus valores coletivamente. O ambiente físico adequado atenua as deficiências e torna-se mais agradável para todos. Enfim, esses fatores humanizam mais o ambiente de trabalho.

DA DEFICIÊNCIA VISUAL

         Ao contrário do que muitos pensam, nem sempre a pessoa com deficiência visual precisa de ajuda. Por exemplo, se encontrar alguém que pareça estar em dificuldades, identifique-se, faça-a perceber que você está falando com ela e ofereça seu auxílio. Nunca ajude sem perguntar como fazê-lo. Caso sua ajuda como guia seja aceita, coloque a mão da pessoa no seu cotovelo dobrado. Ela irá acompanhar o movimento do seu corpo enquanto você vai andando. Num corredor estreito, por onde só é possível passar uma pessoa, coloque o seu braço para trás, de modo que a pessoa cega possa continuar seguindo você. É sempre bom avisar, antecipadamente, a existência de degraus, pisos escorregadios, buracos e outros obstáculos durante o trajeto. Ao explicar direções, seja o mais claro e específico possível; de preferência, indique as distâncias em metros (“uns vinte metros à nossa frente”, por exemplo). Quando for afastar-se, avise sempre. Algumas pessoas, sem perceber, falam em tom de voz mais alto quando conversam com pessoas cegas. A menos que ela tenha, também, uma deficiência auditiva que justifique isso, não faz nenhum sentido gritar. Fale em tom de voz normal. Não se deve brincar com um cão-guia, pois ele tem a responsabilidade de guiar o dono que não enxerga e não deve ser distraído dessa função. As pessoas cegas ou com visão subnormal são como você, só que não enxergam. Trate-as com o mesmo respeito e consideração dispensados às demais pessoas. No convívio social ou profissional, não as exclua das atividades normais. Deixe que elas decidam como podem ou querem participar. Fique à vontade para usar palavras como “veja” e “olhe”, pois as pessoas com deficiência visual as empregam com naturalidade.

DO PATROCÍNIO DA ATLETA FABI KRYSTAL

        A autora deste projeto propõe esta parceria para trabalhar divulgando a marca da empresa, levando-a a diversos lugares do Brasil, nas diversas competições que participa.

         Esta parceria pode se dar através de contrato formalizado entre as partes ou através da carteira anotada, uma vez que a garantia de acesso ao trabalho para as pessoas com deficiência é prevista tanto na legislação internacional como na brasileira. No Brasil, a legislação prevê cotas de vagas para pessoas com deficiência.

 

 

CONCLUSÃO

        O presente projeto se dá no intuito de firmar parcerias através de contrato ou CLT.

         Deixo em aberto os detalhes, para que este projeto não fique extenso.        

         Eu, FABIANA KRYSTAL SALGUEIRO CARDOSO, conhecida no mundo esportivo como FABI KRYSTAL, solicito uma reunião, sem compromisso, apenas para nos conhecermos e quem sabe, a partir deste encontro, fecharmos uma parceria, onde terei a honra de propagar o nome de sua empresa a todo o Brasil.

          SEGUEM ABAIXO os links de entrevistas já concedidas ao Globo Esporte da Rede Globo de Televisão bem como das minhas redes sociais.

Desde já agradeço a atenção de Vossas Senhorias.

FABIANA KRYSTAL SALGUEIRO CARDOSO

Participe agora com total segurança
porque na Kickante cada pessoa faz uma grande diferença!

Fale com a Kickante

A mais completa plataforma de
Crowdfunding do Brasil

Captação Privada

Atleta Krystal Oficial

Novo Hamburgo - RS

Vaquinha Online

Empreendedorismo e Pequenos Negócios

Esportes

Campanha lançada em 18/01/2024

Campanha Flexível

Destaque

Daniele Negri Borges

1º Kick

R$ 25,00
0 Kicks
R$ 50,00
0 Kicks
R$ 120,00
0 Kicks
R$ 300,00
0 Kicks

+ 2 milhões

de brasileiros participando na Kickante

Meta: 1 bilhão para o Brasil.

Faça parte do movimento Kickante.

+ 100 mil projetos

São milhões de brasileiros impactados!

Painel Transparente

Veja o status real de toda contribuição.