version: 240409-014dd99d
UNIR A FAMÍLIA DO LAUMAN
UNIR A FAMÍLIA
-
Vaquinha OnlineRefugiados
R$ 870,00 da meta de R$ 15.000,00
0%
UNIR A FAMÍLIA DO LAUMAN

UNIR A FAMÍLIA DO LAUMAN

A plataforma mais premiada do Brasil

Pessoal, este é o Lauman Lorantin. Ele é Haitiano, da capital Porto Príncipe, tem 53 anos de idade e chegou ao Brasil logo após o terremoto de grandes proporções, ocorrido em 12/01/2010, que vitimou 316.000 pessoas (3% da população do Haiti).

Em busca de uma vida melhor, Lauman (Loman) saiu do Haiti, passando por alguns países da América Latina, chegando ao Brasil por Roraima. Foi acolhido pela ONU (Organização das Nações Unidas) que concedeu à ele o Visto Humanitário para permanecer no Brasil de maneira legal.

Em 2013, foi em busca de documentação como carteira de trabaho e CPF, pois, foi empregado por empresa terceirizada que prestava serviços para uma grande construtora do estadao de Goiás. Lauman trabalhava com serviços gerais e permaneceu na empresa por 1 ano e meio.

Ao encerrar suas atividades na empresa, Louman (Loman) vem para São Paulo em busca de um novo emprego. Não conseguindo registro em Carteira, ele passa a trabalhar como Ajudante de um Pedreiro de Perus-SP, ganhando a diária de R$80,00, trabalho que desempenha até o momento.

Ao chegar em São Paulo Lauman passa a morar num grande alojamento para refugiados e imigrantes na Sé. Por conta do aumento dos números de infectados e mortos pela COVID-19 neste local, ele decide se mudar para a periferia de São Paulo, em São Miguel Paulista, onde mora atualmente numa moradia coletiva, pagando R$500,00 de aluguel por mês. Lauman leva 2 horas para chegar até seu trabalho em Perus.

A família do Lauman, esposa e filho, ainda permanecem morando num alojamento da ONU com recursos do trabalho dele no Brasil, aguardando a oportunidade de conseguirem recursos para unir sua família novamente. Vale lembrar que o Haiti é um dos países mais pobres do planeta, com baixo desenvolvimento humano e, atualmente, não há geração de novos empregos, acesso à saúde e até mesmo saneamento básico, pois, o país não se reergueu após o terremoto de 2010.

Durante o período em que Lauman está no Brasil, ele conseguiu juntar o montante de R$8.000,00 (o equivalente para a compra de duas passagens de Porto Príncipe para o Brasil, na época) para trazer sua família para junto dele por duas vezes, sendo a última no ano passado. Porém, por ser uma pessoa humilde, sem muito conhecimento e fluência na língua portuguesa, Lauman foi ROUBADO por pessoas que se comprometeram em comprar as passagens e trazer sua família para o Brasil. Foram 7 anos de trabalho duro em vão.

Lauman chegou em nossas vidas (Márcia e Verônica), através de uma obra realizada na casa da Márcia, onde já trabalhou por mais de uma vez. Sua história, nos despertou a necessidade de fazer alguma coisa. Por isso, montamos esta campanha que tem o intuito de arrecadar R$15.000,00, para comprarmos as passagens de sua esposa e filho e recebê-los no Brasil.

(Esta é a esposa de Lauman)

 

 

 

MÁRCIA KRUMMENAUER

Professora da Rede de Ensino do Estado de São Paulo.

 

VERÔNICA  LYRA

Professora da Rede de Ensino do Estado de São Paulo.

Cantora e eventos.

É muito fácil participar.

Finalize em segundos!

Mais de 2 milhões de brasileiros

Pagamento seguro

Parcele em até 12X

Fale com a Kickante

A mais completa plataforma de
Crowdfunding do Brasil

R$ 870,00
da meta de R$ 15.000,000%

Encerrado!

UNIR A FAMÍLIA

-

Vaquinha Online

Refugiados

Campanha encerrada em 10/07/2021

Campanha Flexível

Destaque

Anônimo

1º Kick

Cleyton Importi da Silva

Maior Kick

Vanessa Cavalcante Barbosa

+ Recente

+ 2 milhões

de brasileiros participando na Kickante

Meta: 1 bilhão para o Brasil.

Faça parte do movimento Kickante.

+ 100 mil projetos

São milhões de brasileiros impactados!

Painel Transparente

Veja o status real de toda contribuição.