Abas primárias

Livro Bob Wolfenson: 50 anos de carreira

Livros - São Paulo, SP
kicks
Arrecadados da meta de R$150.000,00
Campanha flexível

Esta campanha irá receber todas contribuições em 13/07/2021.

Atenção! Esta não é uma campanha de doação, mas uma comemoração de 50 anos de carreira do fotógrafo Bob Wolfenson. 
O livro marca esta trajetória do artista. 

 

 

"A ideia de fazer um livro que comemorasse a passagem dos meus 50 anos de carreira surgiu no final de 2019. Entre muitas idas e vindas, adiamentos, falta de matéria prima e, o pior de tudo, a pandemia, consegui lançá-lo agora em 2021.

Claro que, um livro celebrando uma trajetória tão longa e diversa como a minha foi de difícil organização. O que pôr, o que escolher, como fazer, qual o formato? Enfim, todas estas questões foram crescendo e se apresentando ao tempo da própria edição." 

EDIÇÃO LIMITADA

E, decidi por fazer uma publicação com um formato distinto de um livro tradicional de capa dura com folhas costuradas. A publicação, (melhor chamar assim) contém folhas soltas, mas encadeadas e vem envolvida em uma caixa que acaba sendo a capa dela.

TENHA UM REGISTRO HISTÓRICO INÉDITO EM PRIMEIRA MÃO. COMPRE AO LADO! =>

 

O conteúdo é retrospectivo, mas não cronológico e obviamente não dá conta de toda minha produção. É uma releitura de alguns trabalhos meus, misturados e pensados agora de uma outra forma.

Vai desde imagens evocativas de minhas passagens pelo Bom Retiro, bairro onde nasci e cresci em São Paulo, passando pelos retratos (faceta do meu trabalho mais conhecida), fotos de moda, nus, imagens de perambulações pelas cidades mundo afora e finalmente pelas fotografias atingidas pela trágica inundação sofrida em meu estúdio em fevereiro de 2020.

O LIVRO DE UM DOS MAIORES FOTÓGRAFOS DO BRASIL E DO MUNDO NA SUA CASA.

A edição é independente, toda custeada e viabilizada por mim.

FAÇA PARTE DESTA HISTÓRIA. 

 

                            BOB WOLFENSON

Bob Wolfenson nasceu em 1954, em São Paulo, onde vive e trabalha. Do início de sua carreira, aos dezesseis anos de idade, até os dias de hoje, Wolfenson tem trabalhado com diversos gêneros da fotografia. Uma das referências nacionais como retratista, fotógrafo de nus e de moda, Wolfenson transita entre seus projetos artísticos, o contexto editorial e a publicidade .

Suas exposições de maior destaque aconteceram em influentes instituições brasileiras, como o Museu de Arte de São Paulo (MASP), Centro Cultural Maria Antonia, Museu de Arte Brasileira (MAB-FAAP), Espaço Cultural Porto Seguro, Centro de Cultura Judaic, SESC/ Bom Retiro, assim como na Galeria Millan -que o representa desde 2004. Muitas de suas obras fazem parte do acervo de museus e galerias, tais como Itaú Cultural, MAM-SP, MASP, Museu de Arte Contemporânea de São Paulo (MAC), Museu da Fotografia da Cidade de Curitiba, Zacheta National Gallery of Art (Varsóvia), além de diversas coleções particulares.

Trabalhou e trabalha para publicações como: Folha de São Paulo, Veja, Vogue, Elle, Playboy, Harper’s Bazaar, Marie Claire e Rolling Stone. Durante 12 anos foi sócio e editor da revista de arte/moda/comportamento, S/N e publicou livros como “Jardim da Luz” (Editora DBA/Companhia das Letras, 1996), “Moda no Brasil por Brasileiros” (Cosac Naify, 2003), “Antifachada-Encadernação Dourada” (Cosac Naify, 2004), “Cinépolis” (Schoeler Editions, 2009), “Apreensões” (Cosac Naify, 2010), “Belvedere” (Cosac Naify, 2013), “24x36” (Schoeler Editions, 2013), “Bob Wolfenson” (Terra Virgem Edições, 2017), “Retratos”, (ECPS 2018), “Sub/Emerso”( Quarentena Books, 2020) e “Desnorte” ( 2021), além de se apresentar em diversas exposições individuais, como as mostras: “A Caminho Do Mar”, 2007; “Nósoutros”, 2017, na Galeria Millan; ou coletivas como a “Modos de Ver o Brasil“ na Oca-Ibirapuera, um mergulho na coleção do Itaú Cultural, também em 2017.

Em 2018 inaugurou a mostra "Retratos" no Espaço Cultural Porto Seguro em São Paulo, aclamada como uma das melhores mostras fotográficas do ano, com grande repercussão de público e crítica. Em 2020, o Museu da Fotografia de Fortaleza recebe para sua coleção permanente mais de 130 imagens da mostra "Retratos" que estava em exposição em suas instalações. Em 2021 a Revista Elle faz, sua edição de março, totalmente dedicada a ele e por ele.

Bob  segue trabalhando incessantemente em seus projetos pessoais, em publicações brasileiras e internacionais.


A hora é agora! Contribua com
Livro Bob Wolfenson: 50 anos de carreira

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Instagram | Site

Conheça quem está à frente desta campanha

Bob Wolfenson
  Bob Wolfenson
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.