Abas primárias

Memória de Aço - Restauração de Troféus

Esportes - Salvador, BA

O Esporte Clube Bahia  está dando um passo muito importante para a construção do seu museu. Equipe de maior torcida do Nordeste, 47 vezes campeã do estado e bicampeã do Brasil, o Tricolor enxerga esse projeto como parte fundamental do seu processo de democratização e modernização.

Pela primeira vez em seus quase 90 anos de fundação, o clube investirá efetivamente na preservação de sua rica história. Para isso, o Tricolor de Aço também conta com a ajuda de sua imensa e apaixonada torcida na restauração de alguns de seus bens mais valiosos: seus troféus, que nunca foram cuidados adequadamente.

Após orçar com empresas especializadas em restauração de troféus, precisaremos de aproximadamente R$ 100 mil para a recuperação das 14 taças mais importantes da história do Bahia, dentre elas as réplicas do troféu do Torneio Início de 1931 (o primeiro da história do Esquadrão) e da Taça Brasil de 1959 (na foto abaixo nas mãos de Marito, mas hoje exposta no museu do Santos, que foi o primeiro time a consquistá-la por três vezes).

 

Faça parte desta história e deste projeto. Vamos recuperar juntos a memória do nosso clube!

Fundado em 1931, o Esporte Clube Bahia passou no início deste século uma crise financeira e institucional sem precedentes. Desde julho de 2013, porém, o Tricolor vive uma nova realidade. Por meio de uma intervenção jurídica, em função de irregularidades apontadas na gestão vigente até então, um novo ar democrático pôde ser respirado, com renovação do estatuto, eleições diretas para presidente e Conselho Deliberativo proporcional.

Em pouco mais de três anos, de 600 sócios, o Esquadrão passou a ter 16 mil, e apenas em 2018 esse número pulou para 23 mil. O Bahia também reorganizou suas finanças e todo seu processo de governança, conseguindo assim equalizar seus passivos e obter as certidões negativas de débitos federal, estadual e municipal.

Com suas situações administrativa, financeira e estatutária em ordem, o Esporte Clube Bahia, equipe de maior torcida do Nordeste, 47 vezes campeã do estado e bicampeã do Brasil, passou a mirar novos objetivos, não menos importantes, como cuidar de sua rica memória, que se confunde com a história contemporânea da Bahia.

OS TROFÉUS QUE SERÃO RECUPERADOS:

TROFÉUS:

1 – TORNEIO INÍCIO DO BAIANO DE 1931 (réplica).

2 – BAIANO DE 1950 (réplica) – 1º TETRA

3 – BAIANO DE 1962 (réplica) – 1º PENTA

4 – BAIANO DE 1979 (réplica) – O HEPTA

5 – BAIANO DE 1994 (restauração/manutenção).

6 – TAÇA BRASIL DE 1959 I - TAÇA PRESENTEADA POR JK (manutenção).

7 – TAÇA BRASIL DE 1959 II (réplica, original está  no museu do Santos).

8 – BRASILEIRÃO 1988 I - 'TAÇA DAS BOLINHAS' DA CAIXA (manutenção da réplica do clube).

9 – BRASILEIRÃO 1988 II - TAÇA DA CBF (restauração/manutenção).

10 – BRASILEIRÃO 1988 III - TAÇA DO PATROCINADOR 'AÇUCAR UNIÃO' (réplica).

11 – COPA NORDESTE 1948 (manutenção)

12 – COPA NORDESTE 2001  (manutenção)

13 – COPA NORDESTE 2002  (manutenção)

14 - COPA NORDESTE 2017  (manutenção)


A hora é agora! Contribua com
Memória de Aço - Restauração de Troféus

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Twitter | Esporte Clube Bahia

Conheça quem está à frente desta campanha

Museu do Bahia
  Museu do Bahia
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.